Menu
2019-04-24T12:16:42-03:00
Estadão Conteúdo
Habemus acordo?

Secretário do Tesouro dos EUA diz que negociação comercial com China está próxima do fim

Steven Mnuchin afirmou que as duas potências concordaram que o acordo terá “aplicação efetiva de ambos os lados”

14 de abril de 2019
9:56 - atualizado às 12:16
Steven Mnuchin, Estados Unidos
Steven Mnuchin - Imagem: Shutterstock

O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, afirmou que o Estados Unidos e a China continuam fazendo progressos nas negociações comerciais e estão "se aproximando da rodada final das últimas questões".

As declarações foram concedidas, em coletiva de imprensa, no encerramento do encontro do Comitê Financeiro e Monetário Internacional (IMFC, na sigla em inglês) do Fundo Monetário Internacional do (FMI), ocorrido neste sábado, em Washington.

Mnuchin disse que ele e Robert Lighthizer, representante comercial dos EUA, terão duas teleconferências na próxima semana com autoridades chinesas para trabalhar em um conjunto cada vez menor de questões.

"Não quero entrar nos detalhes das negociações, especialmente nas tarifas", disse Mnuchin. Ele acrescentou que as delegações estão "discutindo se são necessárias mais reuniões presenciais".

Segundo Mnuchin, as duas potências concordaram que o acordo terá "aplicação efetiva de ambos os lados, incluindo um gabinete de fiscalização detalhado pelas contrapartes".

"Há certos compromissos que os EUA estão assumindo neste acordo e certos compromissos que a China está assumindo. Espero que a fiscalização funcionasse nos dois lados", acrescentou.

Sobre os compromissos acordados pelos Estados Unidos, o Secretário se limitou a dizer que incluem "certas coisas que fazemos hoje e que estamos reafirmando".

No evento, Mnuchin também discutiu relações comerciais com representantes da Alemanha, Coreia do Sul, México e Suíça.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Oferta de ações

Caixa Seguridade (CXSE3): reservas para o IPO terminam no dia 26; veja os detalhes e se vale a pena investir

Banco público pretende captar até R$ 6,5 bilhões com a venda de parte de suas ações na empresa que reúne suas participações em seguros

Fechando o bolso

Republicanos contrariam Biden e propõem pacote alternativo de US$ 568 bilhões para infraestrutura

O valor defendido pela oposição é muito inferior aos mais de US$ 2 trilhões propostos pelo presidente democrata

Aceno a Biden

Na Cúpula do Clima, Bolsonaro promete zerar emissões de gases de efeito estufa até 2050

No encontro, organizado por Joe Biden, o presidente do Brasil também se comprometeu a zerar o desmatamento ilegal até 2030

Nem o agro se salva

Centro de Tecnologia Canavieira (CTC) engrossa a lista de IPOs adiados em 2021

A empresa, que já havia interrompido a oferta por alguns dias em janeiro, citou a “deterioração” do mercado em seu segundo adiamento

perspectivas

Temporada de balanços 1º tri: quem deve ir bem e quem ainda está mal, segundo o BofA

Empresas começam a divulgar resultados de um período marcado por lockdowns e alta dos preços das commodities; veja o que esperar

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies