Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-06-27T12:10:48-03:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Agenda cheia

PIB americano cresce 3,1% ao ano no 1º tri, como previsto; dia tem agenda econômica cheia nos EUA

Índice inflacionário PCE tem leve alta em relação à estimativa anterior; dia também tem dados de auxílio-desemprego e vendas pendentes de imóveis

27 de junho de 2019
12:01 - atualizado às 12:10
Departamento de comércio dos EUA
Departamento de comércio dos EUA - Imagem: shutterstock

O dia está repleto de dados importantes da economia americana, que podem mexer com os mercados lá fora. Agora pela manhã o Escritório de Análise Econômica do Departamento de Comércio dos Estados Unidos divulgou que o Produto Interno Bruto (PIB) do país cresceu à taxa anualizada de 3,1% no primeiro trimestre de 2019, confirmando as expectativas do mercado e a segunda estimativa. Trata-se da terceira e última leitura do indicador. No quarto trimestre de 2018, o PIB americano cresceu 2,2%.

O índice de preços de gastos com consumo (PCE, na sigla em inglês) foi de 0,5% no primeiro trimestre, contra 1,5% no quarto trimestre de 2018. Em relação à segunda estimativa, que foi de 0,4%, o PCE apresentou leve alta nesta terceira leitura.

Excluindo-se alimentos e preços de energia, o PCE foi de 1,2% no primeiro trimestre, contra 1,8% no quarto trimestre do ano passado.

O PCE é considerado a medida preferida de inflação do Federal Reserve (Fed, o banco central americano).

Confira aqui o relatório com os resultados do PIB americano.

Pedidos de auxílio-desemprego sobem acima das previsões

Outro dado divulgado nesta quinta nos EUA foi o dos pedidos iniciais de auxílio-desemprego. Segundo o Departamento de Trabalho do país, houve alta de 10 mil pedidos na semana encerrada em 22 de junho, passando para um total de 227 mil, após ajustes sazonais. O resultado veio acima das previsões de analistas ouvidos pelo Wall Street Journal, que projetavam cerca de 219 mil no total.

A média móvel das quatro semanas encerradas em 22 de junho, calculada para reduzir a volatilidade do indicador, foi de 221.250 pedidos, uma alta de 2.250 em relação à média revisada da semana anterior (219 mil).

O Departamento de Trabalho dos EUA também revisou de 216 mil para 217 mil o número total de pedidos de auxílio-desemprego até a semana anterior, encerrada em 15 de junho. O percentual de trabalhadores recebendo seguro-desemprego neste período se manteve em 1,2%, com ajuste sazonal, o que representa 1,688 milhão de pessoas, uma alta de 22 mil em relação à semana anterior.

Confira aqui o relatório de emprego dos EUA.

Vendas pendentes de imóveis também ficam acima do esperado

As vendas pendentes de imóveis nos Estados Unidos, indicador importante da atividade imobiliária, subiram 1,1% em maio ante abril, para o índice de 105,4 pontos, segundo pesquisa divulgada hoje pela Associação Nacional de Corretoras (NAR, na sigla em inglês). O resultado ficou acima da projeção de alta de 1,0% dos analistas ouvidos pelo Wall Street Journal.

Em comparação a maio do ano passado, o indicador caiu 0,7%, marcando o 17º mês seguido de quedas anuais.

Veja o relatório completo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Podcast Mesa Pra Quatro

De corretor de investimentos a árbitro e comentarista de futebol: conheça a trajetória de Arnaldo Cézar Coelho

O ex-árbitro e ex-comentarista de futebol é o convidado do podcast Mesa Pra Quatro. Ele conta como sua mãe influenciou a investir em imóveis e fala sobre a sua trajetória no mercado financeiro, um lado que poucos conhecem – confira agora

nome limpo na praça

Boa Vista (BOAS3): Itaú BBA inicia cobertura com ‘compra’ e potencial de alta de 27%

Preço-alvo para 2022 foi estabelecido em R$ 15,50, apoiado na tese de crescimento da companhia e do mercado de serviço de informações de crédito

de olho na inovação

Bitcoin é ineficiente como moeda e bom apenas para especulação, diz ‘Papa’ do valuation

Damodaran disse que a importância que tem sido dada ao bitcoin é desproporcional em relação ao seu papel na economia e minimizou a adoção da criptomoeda por El Salvador

entrevista

Para economista-chefe do Santander Brasil, flexibilização do teto de gastos já é uma realidade

É preciso entender a dinâmica do momento para não entrar em escaladas “otimistas” ou “pessimistas”, diz Ana Paula Vescovi

pós-fusão

Ações da Hering (HGTX3) deixam de ser negociadas na B3 a partir desta segunda (20)

Transferência de papéis faz parte do acordo de fusão entre as companhias; Soma comprou a Hering em abril

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies