Menu
2019-08-25T16:25:22-03:00
avanços no diálogo

G-7: EUA e Japão fecham acordo; Japão vai comprar excedente de milho americano

No entanto, segundo Trump, tarifas de automóveis dos EUA, que as autoridades japonesas queriam ver reduzidas, permanecerão onde estão

25 de agosto de 2019
16:25
Donald Trump
Imagem: Shutterstock

O presidente americano, Donald Trump, disse que os Estados Unidos e o Japão chegaram a um acordo comercial que, "em princípio", abriria caminho para mais exportações agrícolas norte-americanas para o Japão, ao mesmo tempo em que abandonaria a ameaça de aumento de tarifas norte-americanas sobre carros japoneses.

"Estamos trabalhando em um acordo com o Japão há muito tempo", disse Trump em um evento improvisado na cúpula do G7, onde se juntou pela segunda vez com o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe. Trump disse que, como parte do acordo, o Japão concordou em comprar uma parcela significativa do excedente de milho dos EUA.

As tarifas de automóveis dos EUA, que as autoridades japonesas queriam ver reduzidas, permanecerão onde estão, disse Trump. No entanto, o representante comercial dos EUA, Robert Lighthizer, disse que outras tarifas dos EUA seriam retiradas. Trump disse esperar que os líderes assinem o acordo no próximo mês, na ocasião da Assembleia Geral das Nações Unidas.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Abe disse que ainda há "algum esforço remanescente que precisa ser feito no nível de trabalho", mas que os dois lados chegaram a um consenso sobre as questões centrais do comércio agrícola e industrial. O primeiro-ministro disse que o setor privado do Japão compraria milho dos EUA por causa de problemas com pesticidas. "O setor privado japonês ouve o setor público japonês", brincou Trump. "É um pouco diferente."

Trump retirou os EUA da não ratificada Trans-Pacific Partnership de 12 nações, que incluiu o Japão, em seu primeiro dia de trabalho no escritório em 2017. Um TPP revisado entrou em vigor no ano passado sem os EUA, e agora os agricultores americanos estão reclamando que os países membros - incluindo Austrália, Canadá e Nova Zelândia - e a União Europeia têm maior acesso aos mercados japoneses de carne bovina, suína e laticínios, há muito protegidos.

Os agricultores americanos também estão sofrendo com a queda nas vendas para a China, que cortou as compras agrícolas dos EUA em retaliação às tarifas de Trump sobre mais de US $ 250 bilhões em importações chinesas. O ministro da Revitalização Econômica do Japão, Toshimitsu Motegi, disse em Washington, no início desta semana, que as negociações entre o Japão e os EUA estavam em seus estágios finais.

Uma opção que os negociadores estavam buscando é fechar um acordo que não precisaria de ratificação no Congresso, de acordo com pessoas familiarizadas com as negociações. Ainda não está claro se o acordo anunciado no domingo precisaria passar pelo Congresso. Fonte: Dow Jones Newswires.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

DE OLHO NA BOEING

FAA diz a áreas americanas que 737 MAX talvez possa retornar antes do meio do ano

De acordo com fontes ouvidas pela Reuters, Dickson teria dito ainda que a previsão da Boeing e que espera que o retorno das aeronaves ocorra apenas no meio do ano é “muito conservadora”

RELAÇÕES INTERNACIONAIS

Bolsonaro diz que pode transferir embaixada em Israel para Jerusalém em 2021

O presidente disse que tem conversado com líderes árabes sobre o assunto e que, até o momento, não houve nenhuma oposição à proposta

AGRICULTURA

Na Índia, Tereza Cristina diz que agricultura brasileira não é vilã

A ministra admite que existe de fato uma preocupação grande com mudanças climáticas ao redor do mundo e que “ninguém tem pretensão de negar isso”, mas ressalta que os agricultores são os principais interessados no clima e em ter chuvas com regularidade

INDÚSTRIA

Indústria com mais tecnologia tem o menor peso na exportação em 24 anos

De acordo com o economista do Iedi, Rafael Cagnin, a queda nas exportações desses produtos, que somaram US$ 40,2 bilhões no ano passado, coloca a engrenagem do crescimento do País para girar no sentido oposto

O IMPACTO DO VÍRUS

Como o coronavírus pode impactar a economia chinesa

“Agora, crescem as preocupações de que as proibições de viagens em vigor começarão a ter um grande impacto na economia, com alguns falando em queda de um ponto percentual ou mais para o PIB chinês no primeiro trimestre de 2020”, escreveu Edward Moya, analista de mercado sênior da Oanda

REFORMAS

Reformas tributária e administrativa podem ir juntas ao Congresso

Em sua fala, o presidente reafirmou a necessidade de reduzir os impostos e destacou que Estados e municípios têm autonomia e independência para alterar alguns impostos. “Não culpe só a mim”

MAIS CASOS CONFIRMADOS

Novo coronavírus já infectou mais de 2 mil pessoas ao redor do mundo

Também há casos confirmados da doença nos Estados Unidos, Tailândia, Japão, Coreia do Sul, Vietnã, Cingapura, Malásia, Nepal, França e Austrália

MAIS DESINVESTIMENTOS?

Oi contrata Bank of America para acelerar venda de telefonia móvel, diz jornal

De acordo com o jornal O Globo, a companhia espera obter R$ 15 bilhões com o negócio

PENSATA DE DOMINGO

Nunca é tarde para entrar na bolsa. Será?

Hoje quero falar sobre a visão que eu e o Rodolfo compartilhamos para o ano de 2020. E, claro, o que você deve fazer com seus investimentos para chegar à aposentadoria precoce.

CORONAVÍRUS

Xi Jinping alerta para a ‘grave situação’ criada pela disseminação ‘acelerada’ do novo coronavírus

Até agora, as autoridades disseram que a doença já infectou mais de 1.300 pessoas e matou 41. Mas a Comissão Nacional de Saúde anunciou que 237 pacientes estão em condições graves

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements