Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-04-26T14:26:52-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
O bolo cresce

PIB dos EUA surpreende e cresce 3,2% no 1º trimestre de 2019

País também teve um aumento nos gastos de governos estaduais e locais e por maiores investimentos em estoques privados. 

26 de abril de 2019
10:10 - atualizado às 14:26
Donald Trump
O presidente dos EUA, Donald Trump - Imagem: Shutterstock

Enquanto a economia brasileira patina, o Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA cresceu à taxa anualizada de 3,2% no primeiro trimestre de 2019, informou nesta sexta-feira, 26, o Departamento de Comércio do país.

O desempenho é melhor que esperavam os economistas e veio no embalo do avanço das exportações, de 3,7%, por maiores investimentos em estoques privados e um aumento nos gastos de governos estaduais e locais.

Os gastos de consumidores, que respondem por dois terços do PIB, cresceram a uma taxa anualizada de 1,2% no primeiro trimestre, perdendo força em relação ao ganho de 2,5% observado no quarto trimestre. Já os gastos de empresas com software, pesquisa e desenvolvimento aumentaram 2,7% no primeiro trimestre.

Na quinta-feira, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou estar "muito orgulhoso" do cenário na economia dos Estados Unidos. Segundo ele, o mercado de trabalho é "o melhor que já tivemos" e nenhuma outra economia pelo mundo é comparável à americana, neste momento.

Corte de juros

Apesar do forte desempenho da economia americana, o diretor do Conselho Econômico Nacional da Casa Branca, Larry Kudlow, disse hoje que o Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) deveria cortar juros.

Em entrevista à emissora CNBC, Kudlow ressaltou que a taxa de inflação dos EUA tem desacelerado cada vez mais, o que pode abrir o caminho para o Fed reduzir juros nos próximos meses.

Kudlow também comentou que a economia forte dos EUA permite que Washington seja "muito agressivo" nas negociações comerciais com a China, que serão retomadas na próxima semana, em Pequim. Ele disse estar "cautelosamente otimista" em relação à possibilidade de os EUA fecharem um acordo comercial com os chineses.

Ainda na entrevista, Kudlow disse que as políticas do governo do presidente Trump estão reconstruindo a economia, que vem ganhando - e não perdendo - ímpeto.

*Com informações de agências internacionais e Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Alta da Selic, bons números da Weg, IPO do Nubank e dividendos da Gerdau: veja o que marcou o mercado hoje

Há cerca de um mês, o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, afirmou que a autoridade não mudaria o “plano de voo” a cada novo dado da economia brasileira. Mas, veja só, a realidade obrigou a instituição a recalcular a rota: há pouco, o Copom elevou a Selic em 1,50 ponto percentual, ao […]

Referência em SP

Na corrida do setor de saúde, Rede D’Or (RDOR3) garante fôlego com a compra do Hospital Santa Isabel

O ativo está avaliado em R$ 280 milhões. Porém, conforme explica a empresa, seu endividamento líquido será deduzido na conta final da transação

Ser conservador compensa

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 7,75%

Agora até a poupança ganha da inflação projetada. Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras de renda fixa agora que o Banco Central elevou a Selic mais uma vez

MUDANÇA NOS JUROS

COMPARATIVO: Veja o que mudou no novo comunicado do Copom sobre a Selic

Veja o que ficou igual e o que mudou no comunicado do Copom a respeito da Selic; a taxa básica de juros foi elevada ao patamar de 7,75% ao ano

CRYPTO NEWS

Sobrevivendo aos altos e baixos do bitcoin: veja sete ensinamentos para os ciclos de criptomoedas

Manter a saúde mental e financeira é um desafio para os investidores do mundo cripto, especialmente em meio ao bull market atual

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies