Menu
2019-04-26T14:26:52-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
O bolo cresce

PIB dos EUA surpreende e cresce 3,2% no 1º trimestre de 2019

País também teve um aumento nos gastos de governos estaduais e locais e por maiores investimentos em estoques privados. 

26 de abril de 2019
10:10 - atualizado às 14:26
Donald Trump
O presidente dos EUA, Donald Trump - Imagem: Shutterstock

Enquanto a economia brasileira patina, o Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA cresceu à taxa anualizada de 3,2% no primeiro trimestre de 2019, informou nesta sexta-feira, 26, o Departamento de Comércio do país.

O desempenho é melhor que esperavam os economistas e veio no embalo do avanço das exportações, de 3,7%, por maiores investimentos em estoques privados e um aumento nos gastos de governos estaduais e locais.

Os gastos de consumidores, que respondem por dois terços do PIB, cresceram a uma taxa anualizada de 1,2% no primeiro trimestre, perdendo força em relação ao ganho de 2,5% observado no quarto trimestre. Já os gastos de empresas com software, pesquisa e desenvolvimento aumentaram 2,7% no primeiro trimestre.

Na quinta-feira, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou estar "muito orgulhoso" do cenário na economia dos Estados Unidos. Segundo ele, o mercado de trabalho é "o melhor que já tivemos" e nenhuma outra economia pelo mundo é comparável à americana, neste momento.

Corte de juros

Apesar do forte desempenho da economia americana, o diretor do Conselho Econômico Nacional da Casa Branca, Larry Kudlow, disse hoje que o Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) deveria cortar juros.

Em entrevista à emissora CNBC, Kudlow ressaltou que a taxa de inflação dos EUA tem desacelerado cada vez mais, o que pode abrir o caminho para o Fed reduzir juros nos próximos meses.

Kudlow também comentou que a economia forte dos EUA permite que Washington seja "muito agressivo" nas negociações comerciais com a China, que serão retomadas na próxima semana, em Pequim. Ele disse estar "cautelosamente otimista" em relação à possibilidade de os EUA fecharem um acordo comercial com os chineses.

Ainda na entrevista, Kudlow disse que as políticas do governo do presidente Trump estão reconstruindo a economia, que vem ganhando - e não perdendo - ímpeto.

*Com informações de agências internacionais e Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

discurso do presidente

Na ONU, Bolsonaro diz que incêndios são usados em campanha internacional

Ele afirmou que o apoio de instituições internacionais a esta suposta campanha é explicado pela riqueza dos biomas brasileiros

fatia de 37,5%

Data para follow on da BR Distribuidora ainda não foi definida, diz Petrobras

Venda das ações foi aprovada pelo Conselho de Administração da Petrobras em 26 de agosto. Efetivação depende de diversos fatores, inclusive as condições de mercado

reajuste

Petrobras aumenta preço da gasolina em 4%

Os preços do óleo diesel para consumo automotivo e marítimo foram mantidos. O reajuste passa a valer amanhã

ações sobem 65% em 2020

3ª maior alta do Ibovespa em 2020, Marfrig tem rating elevado de BB- para BB pela Fitch

Fitch elevou o rating da companhia de BB- para BB com melhora do perfil financeiro e de negócios. Ações da Marfrig apenas têm menor alta percentual que as de Weg e Magalu no Ibovespa no ano

SOB NOVA DIREÇÃO

Bolsonaro nomeia André Brandão como presidente do Banco do Brasil

Nomeação foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements