2019-04-24T12:16:34-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Na mira de quem tem grana

Para que cidades os milionários estão se mudando?

Estudo mostra que Dubai, Los Angeles, Melbourne, Nova York, Sydney, Miami e São Francisco caíram nas graças dos endinheirados

20 de abril de 2019
6:05 - atualizado às 12:16
Melbourne, na Austrália
Melbourne é uma das cidades que mais atraem milionários no mundo - Imagem: Shutterstock

Ao contrário do que muita gente pensa, as pessoas mais ricas do mundo não querem mais viver no meio dos badalados centros urbanos clássicos, como Londres e Paris. Hoje em dia, o que os endinheirados querem saber é de destinos mais alternativos, sem abrir mão da boa e velha infraestrutura.

Nesta semana mostramos para você um mapa da migração de riqueza, divulgado pela consultoria sul-africana NWWealth. Esse relatório mostrou que Austrália e Estados Unidos lideraram o ranking de nações com maiores índices absolutos de imigrantes milionários em 2018.

Mas para que cidades especificamente esse grupo de pessoas está se mudando?

O mesmo estudo da NW Wealth mostra que Dubai, Los Angeles, Melbourne, Nova York, Sydney, Miami e São Francisco caíram nas graças dos mais ricos e apareceram no topo da lista de lugares com maior fluxo de imigrantes.

Todas essas cidades, de acordo com a pesquisa, receberam mais de 1.000 milionários ao longo do ano passado.

É interessante notar que Estados Unidos e Austrália monopolizam o ranking, confirmando a mesma tendência observada na lista de nações mais atrativas.

No volume, os clássicos mantêm hegemonia

Um dos aspectos que mais chama a atenção nesse ranking é que na lista não aparece o nome de nenhuma cidade europeia.

O velho continente, que já foi palco das pessoas mais ricas do mundo no passado, hoje é considerado um polo de repulsão de milionários.

Apesar de tudo, esses clássicos destinos ainda concentram a maior parte dos endinheirados em termos absolutos. Nova York, Londres e Tóquio estão no topo dessa lista, com larga vantagem para o terceiro colocado, a cidade de Hong Kong.

E o que esperar do futuro?

A NW Wealth também listou algumas cidades que apresentam o maior potencial de atratividade dos milionários nos próximos dez anos.

Nessa análise, Melbourne é vista como o principal foco de atratividade. A concentração das principais companhias australianas, combinada com a infraestrutura industrial e de serviços, poderá tornar a cidade uma das meninas dos olhos dos ultra-ricos.

Déli, na Índia, também aparece como outro potencial destaque de imigração, apoiada em sua rede de serviços e seu papel de protagonismo, ao lado de Mumbai, na economia indiana.

Confira a lista completa desses novos pólos de riquezas.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

BITCOIN 40 GRAUS

O que aconteceu para a criptomoeda da Celsius disparar 50%? Bitcoin (BTC) perde os US$ 24 mil e outros destaques do dia

9 de agosto de 2022 - 14:53

Os dados da economia norte-americana devem movimentar o universo das criptomoedas nas próximas semanas também

O SHOW DA PODEROSA

Não se envolve mais? Anitta deixa o conselho de administração do Nubank (NUBR33) — saiba o motivo da saída e quem entra no lugar

9 de agosto de 2022 - 14:15

A cantora vai completar o mandato no conselho na Assembleia Geral Ordinária de 2022 e depois assume o posto de embaixadora global

Febraban Tech

Bolsonaro pediu para bancos baixarem juros do consignado. E ouviu ‘não’

9 de agosto de 2022 - 14:10

Durante o Febraban Tech, Octavio de Lazari, do Bradesco, disse que conversa com o presidente Bolsonaro foi ‘tranquila’

DESCONFIANÇA

JP Morgan liga sinal de alerta com CVC Brasil (CVCB3) e reduz recomendação para neutro; ações lideram perdas do Ibovespa

9 de agosto de 2022 - 14:08

O banco também reduziu o preço-alvo de CVC Brasil (CVCB3) de R$ 21 para R$ 10; há preocupações com o capital de giro e recuperação da empresa de turismo no pós-pandemia

A BOLSA COMO ELA É

10 mil horas não são suficientes: Entenda os principais erros e acertos da temporada de resultados

9 de agosto de 2022 - 13:00

A safra de resultados atual permite enxergar alguma validade no ambiente. O esmero do analista profissional parece ter algum sentido de ser

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies