Menu
2019-03-20T12:20:15-03:00
Estadão Conteúdo
joint venture

Vice da Embraer, John Slattery é indicado para presidir empresa com Boeing

Indicação ainda está sujeita à nomeação formal pelo conselho de administração da joint venture, o que deve ocorrer após a conclusão da transação e a aprovação junto ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e outras autoridades reguladoras

20 de março de 2019
12:20
Embraer e Boeing
Embraer e Boeing - Imagem: Andrei Moraes/Seu Dinheiro

O presidente e CEO da Embraer Aviação Comercial e vice-presidente executivo da Embraer S.A John Slattery foi indicado nesta quarta-feira, 20, pela Boeing presidente e CEO da joint venture da aviação comercial e serviços relacionados da Boeing e Embraer.

Em comunicado pela manhã, a companhia norte-americana apresentou os três líderes de sua estratégia global. Slattery se reportará a Marc Allen, nomeado vice-presidente sênior da Boeing e presidente da Parceria com a Embraer e das Operações do Grupo. Allen será o presidente do conselho de administração da nova empresa. Michael Arthur foi nomeado presidente da Boeing Internacional.

"Essa joint venture será uma das parcerias mais significantes na indústria de aviação comercial e o John é a pessoa certa para liderá-la", disse Greg Smith, vice-presidente executivo Financeiro e vice-presidente de Estratégia e Desempenho Empresarial da Boeing.

Slattery ficará baseado em São José dos Campos (SP). Ele chegou à Embraer em 2011 como vice-presidente sênior responsável pelo financiamento de vendas e gestão de ativos. Foi nomeado presidente e CEO da Embraer Aviação Comercial e vice-presidente executivo da Embraer S.A. em 2016.

"Ele traz para a sua função, um foco muito grande no cliente, conhecimento profundo do negócio e o reconhecimento de seus pares da indústria, além de uma paixão pela inovação e uma visão de futuro para a indústria de aviação comercial no Brasil", complementa Smith.

A indicação ainda está sujeita à nomeação formal pelo conselho de administração da joint venture, o que deve ocorrer após a conclusão da transação. A joint venture aguarda aprovações junto ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e outras autoridades reguladoras.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Tecnologia no varejo

Magazine Luiza e Totvs anunciam parceria para integração de plataforma e marketplace

Para os vendedores, a notícia representa vendas diretas com taxas menores; já para os consumidores a vantagem é a entrega mais rápida

busca por acordo

Investidores cobram até R$ 60 bi da Petrobras em processos de arbitragem

Casos incluem tanto investidores nacionais quanto estrangeiros e vieram na esteira da Operação Lava Jato, que apontou práticas ilícitas na estatal

país em crise

Concorrente do Uber, Cabify encerra operações no Brasil por conta da pandemia

Fundada há 10 anos em Madri, empresa enfrentou um mercado altamente competitivo no Brasil, mas crise recente foi decisiva para startup deixar o país

TIM Brasil poderá emitir até R$ 5,7 bilhões em debêntures incentivadas

O projeto da operadora para melhorias nas redes fixas e móveis de 21 unidades da federação entrou na lista de autorizações do Ministério das Comunicações

quem vai levar?

Tem ação fresquinha vindo aí, minha amiga, com o IPO da Hortifruti Natural da Terra

Com tese de investimento sendo que ela é o melhor do supermercado e da feira, companhia busca recursos para expandir operações

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies