Menu
2019-01-02T12:44:54-02:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
ONDE INVESTIR EM 2019

O tesouro escondido de 2019: os melhores investimentos para o novo ano

Um raio-x dos mercados de ações, imóveis, fundos imobiliários, renda fixa, criptomoedas e câmbio para você começar o ano sem precisar de simpatias

2 de janeiro de 2019
5:32 - atualizado às 12:44
Ilustra_12_SeuDinheiro
Investir bem requer sorte, mas também uma boa dose de análise. Dispense as simpatias e acerte o alvo! Imagem: Pomb

Chega o fim do ano e, com ele, uma série de previsões sobre o que está por vir. Para onde vão a bolsa e o dólar? O que acontecerá com a economia? Quais os melhores investimentos para o próximo ano?

Há quem queira saber também sobre carreira e amor para o seu signo e acabe buscando horóscopo, leitura de mãos e cristais ou jogos de tarô. Mas, no mercado financeiro, não é bem assim que funciona.

Claro que, para ter sucesso nos investimentos, é preciso uma certa dose de sorte. Afinal, nem sempre as coisas saem da forma como a gente projetou. Eu mesma fui bastante surpreendida em 2018.

Quem imaginaria que a bolsa - que começou o mês de janeiro com alta de mais de 11% - amargaria uma queda de quase 9% alguns meses depois?

Seja você a favor ou não de superstições, eu já separei a minha romã para ter sorte em 2019. Mas saber mesmo onde investir depende não apenas do acaso, mas também de uma forte dose de análise, porque nem só de simpatia vive o investidor.

Para quem quer ir além, o Seu Dinheiro preparou uma série especial de sete reportagens sobre os melhores investimentos para o ano que começa. São eles:

Os melhores investimentos de 2019

Bolsa pra que te quero!

Depois de um ano de altos e baixos, o Ibovespa (principal índice da B3) fechou 2018 com valorização de 15,03%. E esse valor pode ser ainda maior neste ano, conforme apurou o repórter Vinicius Pinheiro.

Quem estiver disposto a encarar as incertezas locais e externas pode ficar de 17% a 30% mais rico no fim de 2019, de acordo com as projeções para o Ibovespa.

O Vini conversou com alguns especialistas para saber quais setores e ações devem se destacar na bolsa neste ano. Ficou curioso para saber o que comprar? Então dá uma olhada na matéria sobre as melhores ações para investir em 2019.

Imóveis e mais imóveis

Se você é um fã de empreendimentos imobiliários, saiba que os seus olhos podem voltar a brilhar. Depois de dois anos complicados, o setor é uma das grandes apostas para 2019. Foi o que descobriu o repórter Fernando Pivetti, que saiu em busca das oportunidades no mercado de imóveis.

No segmento residencial, este deve ser o ano das barganhas. Bom para quem quer comprar! Já no segmento comercial, o investidor deve ficar de olho nos reajustes dos aluguéis. Quer saber mais? Então veja aqui onde investir no mercado imobiliário em 2019.

Fundos imobiliários: uma boa pedida

Em um cenário de manutenção da Selic na mínima histórica de 6,5%, os fundos de investimento imobiliário (FII) voltam a ganhar atratividade. Eles oferecem o sonho do imóvel próprio com um valor de investimento inicial de apenas R$ 100. Mais que isso: os aluguéis, distribuídos regularmente, são geralmente isentos de imposto de renda.

E qual FII escolher? O Eduardo Campos foi atrás das oportunidades e, ao analisar vários segmentos, descobriu que a melhor pedida para este ano são os "fundos de tijolo", isto é, que compram os imóveis propriamente ditos. É que alguns fundos imobiliários investem apenas em papéis de renda fixa ligados ao setor imobiliário.

Para saber quais FII devem se destacar em 2019, confira a matéria do Edu sobre os fundos imobiliários mais interessantes para o ano.

As joias do Tesouro

Com a expectativa de manutenção de juros baixos em 2019, obter uma boa rentabilidade com títulos públicos ficou mais difícil, mas não impossível. A Julia Wiltgen traz para você as perspectivas para a Selic no ano e revela onde estão as boas oportunidades no Tesouro Direto.

O maior potencial de ganho será para a forma mais arrojada de investir, mas investidores conservadores também podem obter um retorno interessante. Confira na matéria da Ju quais são os melhores investimentos no Tesouro Direto em 2019. 

Renda fixa além do óbvio

Assim como ocorre com os títulos públicos, são os investimento de renda fixa menos conservadores e tradicionais que ganham espaço em 2019, tornando-se mais atrativos num cenário de Selic baixa.

A Ju também descobriu onde investir no mercado de renda fixa privada, aqueles títulos de dívida emitidos por bancos e empresas.

Esses papéis devem se beneficiar da recuperação econômica pela qual o país deve passar, com a retomada do crédito e dos investimentos das empresas.

Ainda que o risco seja um pouco maior, os títulos de dívida podem oferecer retornos superiores ao CDI. Veja na matéria da Ju quais são os melhores investimentos na renda fixa, muito além do Tesouro Direto.

Câmbio, queridinho ou vilão?

Como todo especialista sabe, não há bola de cristal capaz de prever como estará o câmbio no fim do ano, por conta das inúmeras variáveis que podem afetar as cotações. Ainda que a expectativa para 2019 seja mais favorável para a bolsa e menos para o exterior, a recomendação é que os investidores busquem proteção em outras moedas.

Na minha matéria sobre o cenário para o câmbio em 2019 eu te mostro onde investir para proteger seus investimentos da variação do dólar.

As estrelas do universo dos criptoativos

O ano não foi um dos melhores para quem aposta em criptoativos, com a queda de quase 70% no preço do bitcoin. Mas o nosso colunista Nicholas Sacchi nos contou onde é possível encontrar boas opções nesse universo em 2019.

Na sua coluna "Crypto News", ele faz uma retrospectiva do mercado em 2018, traça um panorama para este ano e indica os criptoativos para você ficar de olho.

Além das simpatias

Aproveite o nosso manual com os melhores investimentos para a sua carteira em 2019 e comece o ano com muito mais confiança para saber onde investir de acordo com as apostas dos especialistas.

Analise cada oportunidade antes de aplicar, mantenha a calma e analise todos os riscos para saber se ela se enquadra no seu perfil. Bons investimentos e um excelente (e rico) 2019!

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

preocupação

Ex-BCs dizem que atraso na vacinação preocupa por pressão fiscal

Carlos Viana disse não ver uma mudança estrutural no processo inflacionário no País, onde, assim como a atual direção do BC, vê como temporário os choques de preços

pandemia

Anvisa aprova segundo lote da vacina CoronaVac

Diferença da análise do segundo lote para o primeiro está no fato de que o envase e os processos de rotulagem e embalagem ocorrem no Instituto Butantan

tecnologia na bolsa

Méliuz, que subiu 230% desde IPO, precisa entregar visão mais clara, diz BTG

Empresa foi tema de um relatório otimista após entrevista do CEO da companhia; para banco, Méliuz impressiona pela equipe, cultura e modelo de negócios

energia renovável

Braskem fecha acordo de R$ 1 bilhão com Casa dos Ventos

É o quarto contrato de compra de energia renovável competitiva assinado pela companhia; operação deve contribuir para viabilizar a construção de um novo parque eólico

Proteção

Governo de SP coloca estado na fase vermelha da quarentena a partir do dia 25

Nos dias úteis, a fase vermelha valerá das 20h às 6h.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies