Menu
2019-05-20T12:40:41-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Câmbio

BC rola US$ 1,25 bilhão em leilão linha com compromisso de recompra

Os leilões rolagens foram anunciados na sexta-feira, antecipando o vencimento das linhas que aconteceriam na virada do mês

20 de maio de 2019
12:40
dólar
Imagem: Shutterstock

O Banco Central (BC) fez a rolagem integral de US$ 1,25 bilhão em linha de dólar com compromisso de recompra em leilão realizado entre 12h15 e 12h35. Essa é a primeira operação da semana, que contará com mais dois leilões de mesmo volume na terça e quarta-feira.

Os leilões rolagens foram anunciados na sexta-feira, antecipando o vencimento das linhas que aconteceria na virada do mês. No total, as operações somam até US$ 3,75 bilhões. Por volta das 12h40, o dólar comercial subia 0,36%, a R$ 4,1151, depois de cair a R$ 4,0788.

Na operação desta segunda-feira, US$ 251 milhões foram rolados para abril de 2020 e R$ 999 milhões para janeiro de 2020.

Por se tratar de rolagem, não temos “dinheiro novo” entrando no mercado. Nesse tipo de atuação o BC “empresta” os dólares das reservas internacionais que terão de ser devolvidos posteriormente. Quando opta pela rolagem, o BC se mantém neutro no mercado, que vai avaliar se devolve os dólares para o BC ou se alonga a operação.

Na sexta-feira, o dólar teve um firme movimento de alta, encarrando o dia negociado a R$ 4,10. Desde o começo do dia já havia nas mesas de operação conversas sobre a possível atuação do BC. No fim do dia, veio o aviso de leilão.

As linhas que estão sendo roladas foram aquelas ofertadas no fim de março, quando uma piora no mercado externo e ruídos no lado político também demandaram atuação no BC.

Segundo o próprio BC, o estoque de linhas é de US$ 8,925 bilhões, sendo US$ 3,65 bilhões vincendos em 4 de junho, US$ 3,375 bilhões em 2 de julho e US$ 1,9 bilhão em 2 de agosto de 2019.

No mercado futuro, o BC segue com a rolagem dos contratos de swap cambial que vencem em julho e somam US$ 10,9 bilhões.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

IR 2020

Caiu na malha fina? Veja como regularizar a situação

Saiba como regularizar a sua situação junto a Receita Federal caso a sua declaração apresente informações inconsistentes e caia na malha fina do imposto de renda

Flexibilização

Prefeitura de São Paulo assina protocolo para reabrir bares e salões de beleza

A cidade está na terceira etapa do plano de flexibilização da quarentena do governo estadual, chamada de fase amarela. Com os termos firmados, os estabelecimentos poderão voltar a funcionar na segunda-feira

Recuperação

Fundos imobiliários de tijolo subiram 6% em junho; FII de shoppings ainda caem 21% no ano

Fundos imobiliários de papel, por sua vez, valorizaram, em média, só 3% no mês passado, segundo indicadores calculados pelo Banco Inter

BNDES prorroga linha de crédito para pequena e média empresa, com mais R$ 5 bilhões

Linha para capital de giro será prorrogada até 31 de dezembro, com orçamento ampliado

Crise

Risco para investir volta a nível de 2016

Estrangeiro olha com desconfiança para o Brasil, por conta da crise do coronavírus e também pela taxa de juros nas mínimas históricas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements