Menu
2019-07-25T18:23:35-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Câmbio

BC ofertará leilão de linha de dólar nesta sexta-feira

Operação que equivale a um empréstimo de dólares das reservas internacionais e será de até US$ 1 bilhão 

25 de julho de 2019
18:23
dólar
Imagem: Shutterstock

Depois de fazer a rolagem das linhas de dólar com compromisso de recompra que venceriam em agosto, o Banco Central (BC) voltará ao mercado, agora para oferta de até US$ 1 bilhão em novas operações.

Nesse tipo de atuação, o BC “empresta” os dólares das reservas internacionais que terão de ser devolvidos posteriormente. Na operação a ser feita na manhã de sexta-feira, o BC fará duas rodadas, com vencimentos em setembro e outubro. Nesta quinta-feira, o dólar comercial fechou com alta de 0,34%, a R$ 3,782.

Na segunda, o BC tinha concluído a rolagem parcial de US$ 3,9 bilhões em linhas que venceriam na virada do mês. Dos US$ 4 bilhões ofertados, US$ 3,4 bilhões foram tomados pelo mercado, com vencimento para setembro.

O estoque de linhas soma cerca de US$ 12 bilhões. Além dos 3,9 bilhões que venceriam em 2 de agosto, temos US$ 3 bilhões em 2 de outubro, US$ 1 bilhão em 3 de dezembro, US$ 1,624 bilhão em 3 de janeiro de 2020 e US$ 2,126 bilhões em 2 de abril de 2020.

Normalmente os leilões de linha atendem à demanda por moeda à vista tanto para remessas de lucro ao exterior como para o pagamento de empréstimos e financiamentos externos. Com fluxo cambial negativo, a atuação do BC se faz necessária para que não tenhamos problemas no mercado de cupom cambial (juro em dólar no mercado local).

O BC vem atuando pontualmente apenas no mercado à vista, pois já concluiu a rolagem dos swaps cambiais (que equivalem à venda de dólar no mercado futuro) que venceriam em agosto.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

responsabilização

JBS aprova em assembleia ação contra irmãos Batista

Processo diz respeito a prejuízos causados por crimes revelados nos acordos de colaboração e leniência firmados pela JBS com a Procuradoria Geral da República

em live

Se necessário, voltaremos a fazer transferência do BC para o Tesouro, diz secretário

Em agosto, CMN já havia autorizado o Banco Central a repassar R$ 325 bilhões para o Tesouro Nacional

Balanço do mês

Bitcoin e dólar são os melhores investimentos de outubro; ativos de risco ficaram para trás de novo

Por pouco o Ibovespa não ficou entre os melhores investimentos do mês, mas segunda onda de coronavírus na Europa derrubou as bolsas; risco fiscal, eleições americanas e indefinição quanto a estímulos fiscais nos EUA também pesaram

seu dinheiro na sua noite

O saci à solta nos mercados

Não sei dizer exatamente quando nem quem tomou a iniciativa de importar dos países anglófonos a celebração do Halloween, o Dia das Bruxas. O fato é que desde que as crianças brasileiras começaram a sair fantasiadas pedindo doces no último dia de outubro houve uma série de tentativas de “tropicalizar” o evento. Embora não seja […]

Disparou

Dívida bruta do governo deverá encerrar o ano em 96% do PIB

Endividamento cresceu 20,2 pontos por causa de pandemia.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies