Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-03-21T20:11:06-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Tentou, mas não deu

Mesmo com salto de 138% no lucro do 4º trimestre, Cyrela fecha ano com prejuízo de R$ 84 milhões

Crescimento do lucro trimestral está relacionado ao aumento dos lançamentos e das vendas, com avanço da receita e diluição de custos

21 de março de 2019
20:11
Prédios em São Paulo
Cyrela amargou mais um prejuízo anual em 2018Imagem: Shutterstock

A Cyrela Brazil Realty divulgou nesta quinta-feira, 21, um prejuízo líquido de R$ 84 milhões em 2018, número 11,6% menor que o prejuízo de R$ 95 milhões registrados em 2017. A cifra também veio melhor do que os R$ 90,7 milhões de prejuízo que eram esperados pelos analistas de mercado consultados pela Bloomberg.

O balanço mostra que o resultado negativo veio mesmo com o salto de 138,1% no lucro líquido do 4º trimestre na comparação anual, fechando o período em R$ 116 milhões.

De acordo com o comunicado da empresa, o crescimento do lucro está relacionado ao aumento dos lançamentos e das vendas, com avanço da receita e diluição de custos.

E por falar em receita, as entradas líquidas da Cyrela alcançaram R$ 1,331 bilhão no quarto trimestre, avanço de 64,6% ante igual etapa do ano anterior. Já no ano, as receitas somaram R$ 3,146 bilhões, alta de 20,1% ante 2017.

O resultado financeiro foi positivo em R$ 16 milhões no trimestre, aumento de 88,9% ante igual período de 2017, e positivo em R$ 22 milhões no ano, recuo de 21,8%.

Lado bom e lado ruim

A Cyrela informou que seu resultado trimestral teve um impulso de R$ 29 milhões pela participação na construtora Cury e de R$ 37 milhões pela participação no projeto “Ibirapuera by Yoo”.

Já no outro lado da balança, os impactos negativos foram de R$ 42 milhões com novas contingências; R$ 13 milhões pelo distrato de oito terrenos nas regiões São Paulo, Rio de Janeiro e Sul; R$ 26 milhões sobre o impairment de terrenos e estoques nas regiões São Paulo, Sul, Rio de Janeiro e Belém e R$ 15 milhões pelo aumento da provisão para risco de crédito referente aos distratos.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

FECHAMENTO DO DIA

Auxílio Brasil segue pressionando a curva de juros, mas Ibovespa e dólar conseguem alguma recuperação

O Ibovespa bateu na trave e o Banco Central conseguiu segurar o câmbio, mas a pressão sobre as contas públicas segue castigando a curva de juros

Carros elétricos em alta

Para a Tesla (TSLA34) de Elon Musk, não há crise no setor automotivo: o terceiro trimestre teve lucro recorde

A Tesla (TSLA34) vai na contramão do restante do setor: a empresa de Elon Musk está vendendo mais carros e reportou um balanço forte no 3T21

AULA DE GIGANTES

De Round 6 a Mano Brown e Luiza Trajano, aprenda 5 ensinamentos para multiplicar seu patrimônio

Referências do mercado financeiro podem trazer insights relevantes para os investidores; confira algumas que o ‘Seu Dinheiro’ listou

Contornando o teto

Economistas veem ‘contabilidade criativa’ em negociação do Auxílio Brasil

Parte do benefício, com parcelas de R$ 400, deve ficar de fora da regra que comanda o avanço das despesas públicas brasileiras

De onde virá o dinheiro?

Governo confirma Auxílio Brasil em R$ 400, mas sem revelar de onde vai tirar o dinheiro para bancar o benefício

O ministro da Cidadania não respondeu às perguntas da imprensa nem confirmou a fonte de recursos para o novo programa social, o que é a grande preocupação dos mercados

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies