Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-11-08T15:38:08-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
balanço

Ação da CVC desaba após a empresa provisionar R$ 45 milhões para suportar perdas com a Avianca

Empresa teve lucro líquido de R$ 73,6 milhões no terceiro trimestre – cifra 9,7% menor que o mesmo período do ano passado

8 de novembro de 2019
15:22 - atualizado às 15:38
CVC
Imagem: Divulgação

A ação da CVC despenca nesta sexta-feira (8) após a empresa divulgar o desempenho financeiro do terceiro trimestre deste ano. Por volta das 15h, os papéis ordinários (CVCB3) caíam 10,27%, sendo negociados a R$ 46,50. No ano, a desvalorização dos ativos é de 23,96%.

O mercado foi surpreendido pelo impacto da Avianca - aérea em recuperação judicial desde abril - nos números da CVC. A empresa provisionou R$ 45 milhões relacionados ao cancelamentos de voos da companhia aérea - e ainda pode destinar até R$ 40 milhões no futuro para o mesmo fim.

Analistas do Itaú BBA chamam a atenção para o desempenho da CVC no conceito "mesmas lojas" (SSS, na sigla em inglês). "Acreditamos que a deterioração relatada de 6,4% no SSS no período foi pior do que o mercado esperava", dizem. Ainda assim, os especialistas do banco definiram o preço-alvo para a ação a R$ 62.

Avaliação semelhante fazem os analistas do BTG Pactual e do Bradesco BBI, definindo o preço-alvo para R$ 64 e R$ 74 em doze meses, respectivamente, e recomendando a compra dos ativos.

"Como esperado, a CVC enfrentou dificuldades no terceiro trimestre com as desafiadoras perspectivas macroeconômicas no Brasil e os efeitos da falência da Avianca em abril. Mas foram parcialmente compensados por uma melhora na divisão corporativa", diz os especialistas do BTG.

Já o Bradesco avalia que a baixa temporária de aeronaves para inspeções, atrasos na entrega de novas aeronaves e o derramamento de óleo no Nordeste tiveram um impacto negativo no crescimento em outubro.

Aos números

No terceiro trimestre, a CVC teve lucro líquido de R$ 73,6 milhões - cifra 9,7% menor que o mesmo período do ano passado. O Ebitda somou R$ 183,3 milhões - em linha com o valor de R$ 183,7 milhões de um ano atrás.

A receita líquida foi de R$ 447,2 milhões, numa alta de 7,8%. Já o retorno sobre capital investido (ROIC) no Brasil ficou em 21,1% - havia sido 20,6% no terceiro trimestre do ano passado, segundo a própria CVC.

A dívida líquida ficou em R$ 1,134 bilhão, 12,7% maior que no terceiro trimestre de 2018.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

De volta ao jogo

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 6,25%

Renda fixa “voltou ao jogo”, mas ainda não dá para ficar rico. Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras agora que o Banco Central elevou a Selic mais uma vez

entrevista

BC briga para recuperar a credibilidade e poderia ter acelerado alta da Selic, diz economista-chefe da gestora Garde

Para Daniel Weeks, BC passou mais tempo do que o necessário com a sinalização de que manteria taxa de juros muito baixas; ele avalia que aumento poderia ter sido de 1,25 ponto e que discussão sobre fim do ciclo de ajustes ainda não acabou

Seu Dinheiro na sua noite

Seguindo a rota planejada

Decisão da Selic pelo Copom, juros nos Estados Unidos, dólar em alta e muitas outras notícias que mexeram com o mercado hoje

Vai mudar

Ultrapar (UGPA3): Marcos Lutz, ex-presidente da Cosan, assumirá como CEO em janeiro de 2022

Lutz já era membro do conselho de administração da Ultrapar (UGPA3) e, após o período como CEO, deve virar presidente do colegiado

Bota para subir

Após nova alta da Selic, FMI apoia aperto monetário adotado pelo Banco Central para combater inflação

Os diretores do órgão também aprovam o compromisso do BC intervenções limitadas para conter condições desordenadas de mercado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies