🔴 TCHAUZINHO, NUBANK: Itaú BBA revela ação que pode colocar o roxinho para comer poeira; CLIQUE AQUI  e descubra a resposta no nosso Telegram

2019-11-08T15:38:08-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
balanço

Ação da CVC desaba após a empresa provisionar R$ 45 milhões para suportar perdas com a Avianca

Empresa teve lucro líquido de R$ 73,6 milhões no terceiro trimestre – cifra 9,7% menor que o mesmo período do ano passado

8 de novembro de 2019
15:22 - atualizado às 15:38
CVC
Imagem: Divulgação

A ação da CVC despenca nesta sexta-feira (8) após a empresa divulgar o desempenho financeiro do terceiro trimestre deste ano. Por volta das 15h, os papéis ordinários (CVCB3) caíam 10,27%, sendo negociados a R$ 46,50. No ano, a desvalorização dos ativos é de 23,96%.

O mercado foi surpreendido pelo impacto da Avianca - aérea em recuperação judicial desde abril - nos números da CVC. A empresa provisionou R$ 45 milhões relacionados ao cancelamentos de voos da companhia aérea - e ainda pode destinar até R$ 40 milhões no futuro para o mesmo fim.

Analistas do Itaú BBA chamam a atenção para o desempenho da CVC no conceito "mesmas lojas" (SSS, na sigla em inglês). "Acreditamos que a deterioração relatada de 6,4% no SSS no período foi pior do que o mercado esperava", dizem. Ainda assim, os especialistas do banco definiram o preço-alvo para a ação a R$ 62.

Avaliação semelhante fazem os analistas do BTG Pactual e do Bradesco BBI, definindo o preço-alvo para R$ 64 e R$ 74 em doze meses, respectivamente, e recomendando a compra dos ativos.

"Como esperado, a CVC enfrentou dificuldades no terceiro trimestre com as desafiadoras perspectivas macroeconômicas no Brasil e os efeitos da falência da Avianca em abril. Mas foram parcialmente compensados por uma melhora na divisão corporativa", diz os especialistas do BTG.

Já o Bradesco avalia que a baixa temporária de aeronaves para inspeções, atrasos na entrega de novas aeronaves e o derramamento de óleo no Nordeste tiveram um impacto negativo no crescimento em outubro.

Aos números

No terceiro trimestre, a CVC teve lucro líquido de R$ 73,6 milhões - cifra 9,7% menor que o mesmo período do ano passado. O Ebitda somou R$ 183,3 milhões - em linha com o valor de R$ 183,7 milhões de um ano atrás.

A receita líquida foi de R$ 447,2 milhões, numa alta de 7,8%. Já o retorno sobre capital investido (ROIC) no Brasil ficou em 21,1% - havia sido 20,6% no terceiro trimestre do ano passado, segundo a própria CVC.

A dívida líquida ficou em R$ 1,134 bilhão, 12,7% maior que no terceiro trimestre de 2018.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

UM CORREDOR ATÉ A CRIMEIA

Putin acaba de alcançar um de seus objetivos na Ucrânia. O que esperar a partir de agora?

29 de setembro de 2022 - 11:54

O estabelecimento de uma passagem terrestre entre o Rostov e a Crimeia era apontado como um dos objetivos de Putin desde a invasão da Ucrânia, pouco mais de 7 meses atrás

Instabilidade

Pix fora do ar: clientes do Nubank e outros bancos reclamam de problemas para fazer transferência

29 de setembro de 2022 - 11:47

Questionado se o problema com o Pix era sistêmico, o Banco Central negou e disse que os sistemas estão funcionando normalmente

ELEIÇÕES 2022

Sem mudanças no Congresso? PT e PL devem eleger maiores bancadas, com Câmara menos renovada

29 de setembro de 2022 - 11:14

De acordo com dados do Diap, o poder ficará concentrado nas mãos de sete partidos: PT, PL, União Brasil, PP, PSD, Republicanos e MDB, que devem eleger 80% da Casa

EU VEJO O AMANHÃ

Crise na Celsius se arrasta com desembarque de CEO, FTX vai às compras e clientes ficam a ver navios; o que será da plataforma agora?

29 de setembro de 2022 - 11:01

A saída de Alex Mashinsky aconteceu a pouco mais de 2 dias e o reflexo na empresa foi praticamente zero: o token CEL opera em queda de 4,13%, cotado a US$ 1,44

MERCADO EM 5 MINUTOS

Mercado em 5 Minutos: A ansiedade por um clima mais ameno

29 de setembro de 2022 - 9:50

O dia é bastante agitado, com dados de inflação na Alemanha pela manhã e segunda leitura do PIB americano, que deverá confirmar a queda vislumbrada na prévia anterior

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies