Menu
2019-09-24T19:28:54-03:00
Concorrência no radar

JerSmart estreia no Brasil confiante no potencial de crescimento do mercado aéreo

Empresa ligará o Brasil à capital chilena Santiago com voos diretos de Salvador (BA), Foz do Iguaçu (PR) e São Paulo (SP)

24 de setembro de 2019
19:28
JetSmart
Imagem: Shutterstock

Estreante no Brasil, a aérea low cost JetSmart tem um plano "ambicioso" para o País e espera ver aqui o que se observou no Chile e na Argentina, onde os respectivos mercados aéreos experimentaram mudanças drásticas desde o início das operações da empresa e de outras low costs.

Em conversa com o Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, o CEO da aérea chilena, Estuardo Ortiz, se mostrou confiante no potencial de crescimento do mercado brasileiro e disse que monitorará de perto a experiência dos primeiros voos internacionais para pensar nas próximas operações, sejam elas de rotas ligando o País aos vizinhos ou mesmo de voos domésticos.

A JetSmart inaugurou suas atividades no País nesta terça-feira, 24. A empresa ligará o Brasil à capital chilena Santiago com voos diretos de Salvador (BA), Foz do Iguaçu (PR) e São Paulo (SP). Os bilhetes aéreos já começaram a ser vendidos. Seguindo o modelo low cost, o preço "de entrada" das passagens é competitivo: incluindo as taxas, cada trecho da viagem parte de R$ 269, para Salvador e São Paulo, e de R$ 299 para Foz de Iguaçu.

  • Importante: Pela primeira vez em 42 anos, um dos maiores grafistas do Brasil vai revelar seus segredos para ganhar no mercado de criptomoedas. Leia mais aqui.

Fundada pelo fundo de investimento privado Indigo Partners, a JetSmart tem apenas três anos de idade. A companhia fez seus primeiros voos no mercado chileno, onde chegou a oferecer passagens em rotas domésticas por três dólares. Ortiz conta que, em dois anos de atividades no Chile, os preços dos bilhetes aéreos domésticos caíram pela metade e, como resultado disso, o mercado acumulou um crescimento da ordem de 45%. Ainda de acordo com o executivo, movimento similar aconteceu na Argentina - em um ano de operações da JetSmart no país, o mercado mostrou expansão de 16%, mesmo diante de uma situação econômica sensível.

O executivo acredita que o Brasil tem um potencial "tremendo" de crescimento de tráfego e conectividade aérea, dada a sua dimensão geográfica, e pode repetir essa história se adotar uma regulação "moderna" e que incentive a competição entre empresas. Por ora, a JetSmart está focada em desenvolver as operações recém-lançadas, ligando o Brasil ao Chile. "Gostamos de dar um passo de cada vez, vamos focar em cada passo e consolidá-los", disse Ortiz, quando questionado sobre a possibilidade de novas rotas internacionais e sobre a eventual entrada em voos domésticos.

Além da JetSmart chilena, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) também já deu aprovação para que a subsidiária argentina da empresa possa voar para o Brasil a partir do país vizinho.

Sobre a possibilidade de praticar preços tão baixos quanto os três dólares em eventuais voos entre cidades brasileiras, o presidente da JetSmart disse ainda não ter informações suficientes sobre a estrutura de custos para operar no mercado doméstico. Ele defendeu, porém, que o Brasil deveria observar as mudanças já em curso nos seus vizinhos e "encabeçar" inovações. "O governo chileno tomou a iniciativa de reduzir as tarifas aeroportuárias em 40%. Porque eles viram como a conectividade melhorou, como o consumidor estava se beneficiando, a economia, o turismo... Mas eles (os consumidores) estavam pagando mais em tarifas aeroportuárias do que no próprio bilhete."

Novas operações

Os primeiros voos da JetSmart para Santiago partirão de Salvador - as operações começam em 27 de dezembro. Na sequência, já em 2020, a low cost iniciará atividades a partir de Foz do Iguaçu (5 de janeiro) e São Paulo (20 de março). A meta da companhia para o primeiro ano é transportar 100 mil passageiros nas rotas que incluem o País.

Os voos serão operados em uma frota moderna, composta por aviões A320 da Airbus. Segundo o presidente da aérea, a companhia receberá seis novas aeronaves até janeiro do próximo ano. A empresa tem contratada uma encomenda de 104 Airbus, que devem ser entregues até 2022.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Número de casos do novo coronavírus no Brasil ultrapassa 510 mil

Com 480 mortes registradas nas últimas 24 horas, o número de óbitos pela covid-19 chega a 29.314

governo diante da crise

Bolsonaro atrasa promessas contra covid-19

Foram 17 compromissos sobre medidas de combate à pandemia entre 17 de março e 21 de abril. Dessas, 41% não foram cumpridas integralmente

crise em debate

Na China, preço do minério de ferro dispara 24%

Negociadores temem que a situação da pandemia por aqui provoque interrupções na cadeia de fornecimento do material

em meio à pandemia

Em Brasília, Bolsonaro vai a manifestação contra STF; São Paulo tem ato pró-democracia

Supremo tem sido alvo de ataques por parte do presidente após a Corte autorizar o cumprimento de mandados de busca e apreensão de aliados

conflito entre poderes

Ministro do STF compara Brasil à Alemanha de Hitler e diz que bolsonaristas querem ditadura

Em mensagem a ministros da corte, Celso de Melo diz que “é preciso resistir à destruição da ordem democrática”, segundo informações obtidas pela Folha de S. Paulo

histórico

SpaceX, de Elon Musk, chega à Estação Espacial; veja vídeo

Empresa finalizou primeira parte da missão espacial com astronautas da Nasa; operação deve abrir caminho para futuras viagens, inclusive turísticas

caos no país

EUA têm quinta noite seguida de protestos; ao menos 20 cidades declaram toque de recolher

Manifestações insurgiram após a morte de um homem negro de 46 anos, asfixiado por um policial branco no último dia 25; total de prisões é de 1,7 mil

DE OLHO NO LONGO PRAZO

Ouro ou imóveis: qual o melhor investimento para defender seu patrimônio?

Na hora da crise, os dois investimentos são considerados capazes de salvar seu dinheiro do derretimento dos mercados no longo prazo.

crise de saúde

Brasil tem 28.834 mortes por covid-19

Foram incluídas nas estatísticas 33.274 novas pessoas infectadas com o novo coronavírus, somando 498.440 casos confirmados

conflito entre poderes

‘Tudo aponta para uma crise’, diz Bolsonaro sobre decisões do STF e e TSE

Decisões recentes de Cortes miram a família, aliados e a sua campanha presidencial em 2018

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements