Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-08-12T08:20:01-03:00
Estadão Conteúdo
dinheiro que vai

Novos empréstimos na China recuam a US$ 150,1 bilhões em julho

Bancos chineses liberaram 1,06 trilhão de yuans (US$ 150,1 bilhões) em novos empréstimos no mês; abaixo do valor de 1,66 trilhão de yuans registrado em junho e também aquém da previsão de analistas

12 de agosto de 2019
8:20
China
China - Imagem: Shutterstock

Os bancos chineses liberaram 1,06 trilhão de yuans (US$ 150,1 bilhões) em novos empréstimos em julho, segundo dados publicados hoje pelo Banco do Povo da China (PBoC, o BC chinês).

O montante ficou abaixo do valor de 1,66 trilhão de yuans registrado em junho e também aquém da previsão de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, de 1,25 trilhão de yuans em novos empréstimos.

O financiamento social total, uma medida mais ampla do crédito na economia chinesa, recuou de 2,26 trilhões de yuans em junho para 1,01 trilhão de yuans em julho.

Já a base monetária da China (M2) teve acréscimo anual de 8,1% em julho, depois de subir 8,5% em junho. Economistas previam avanço maior no mês passado, de 8,4%. Fonte: Dow Jones Newswires.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

ECONOMIA X COVID

Economia monitora variante ômicron da covid-19, mas programas de auxílio dependem da PEC dos Precatórios; pasta evita falar em gastos fora do teto

Ministério da Economia evita falar em crédito extraordinário, como acontece nos casos de guerras ou calamidades públicas

Black Friday em números

Varejo cresce 6,3% na Black Friday e vê crescimento de lojas virtuais com e-commerce aquecido; confira dados

Apesar do aumento em relação à Black Friday de 2020, o patamar de faturamento do varejo foi 9,1% inferior ao registrado em 2019

Desdobramentos da crise

Presidente da Latam, Roberto Alvo diz que recusou oferta ‘incompleta’ e ‘insuficiente’ da Azul

O conteúdo dela é confidencial”, afirmou, em entrevista coletiva. Procurada, a Azul não quis comentar

Solana no MB

Exclusivo: Solana (SOL), 5ª maior criptomoeda do mundo, chega Mercado Bitcoin com alta de mais de 12.000% no ano

A quinta maior criptomoeda do mundo vem conquistando o mercado porque se coloca como uma blockchain alternativa ao ethereum (ETH)

Pandemia em curso

Variante ômicron da covid-19 já está em dez países, mas chefe da associação médica da África do Sul vê “sintomas médios” da doença em estudo preliminar

Até o fechamento desta matéria, não haviam informações sobre infecções por essa variante da covid-19 nas Américas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies