Menu
2019-04-04T14:09:06-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Guerra comercial

No Twitter, Trump diz que acordo com a China só ocorrerá após encontro com Xi Jinping

Presidente norte-americano sinalizou que conversas “estão indo bem” mas que grandes desfechos só devem ocorrer após encontro com presidente chinês

31 de janeiro de 2019
11:07 - atualizado às 14:09
Donald Trump
Imagem: Shutterstock

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que as negociações comercias com a delegação chinesa em Washington "estão indo bem" mas que só chegará a um acordo após se encontrar com o presidente chinês, Xi Jinping.

"A China não quer aumentar as tarifas e acredita que será muito melhor se eles negociarem. Eles estão corretos", disse o mandatário no Twitter nesta quinta-feira, 31.

Trump acrescentou que "nenhum acordo final será atingido até que eu e meu amigo presidente, Xi Jinping, nos encontremos para discutirmos os pontos mais difíceis".

O norte-americano ainda enfatizou que não deixará questões 'mal resolvidas na mesa' e confirmou que as tarifas de 25% sobre aço chinês ainda devem entrar em vigor a partir de março.

Em andamento

Desde ontem, uma delegação chinesa está na capital norte-americana para tentar chegar a um acordo que coloque fim aos entraves tarifários entre ambos países.

A expectativa era de que Pequim contestasse a demanda americana de grandes mudanças estruturais na economia chinesa, de acordo com as fontes.

As demandas incluem o corte de subsídios para favorecer indústrias, bem como do apoio regulatório e de outros auxílios para companhias chinesas, especialmente estatais.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Mudaram as estações, mas nada mudou na bolsa

Quem olha para o saldo do Ibovespa na semana pode achar que os últimos dias foram um marasmo. O índice, afinal, ficou praticamente estável — uma quase desprezível queda de 0,13%. “Mas eu sei que alguma coisa aconteceu / tá tudo assim, tão diferente”, já dizia a música. E é verdade: nada mudou na bolsa, […]

Fechamento da semana

Inflação americana e minério de ferro vivem ‘dias de luta e dias de glória’, monopolizando a semana; dólar avança e bolsa recua no período

O minério de ferro puxou Vale e siderúrgicas para cima – mas depois derrubou. A inflação americana também assustou, mas conseguiu acalmar o ânimo dos investidores. Confira tudo o que movimentou a semana

Engordando o caixa

Petrobras gera US$ 2,5 bilhões com desinvestimentos em 2021; venda mais recente é para fundo árabe

E a estatal não deve parar por aí, pois o diretor financeiro da empresa já reafirmou a intenção de continuar com o programa de venda de ativos

Em evento do BofA

Presidente do BC revela preocupação com análise de autonomia no STF e planos para PIX internacional

Campos Neto e o ministro da Economia, Paulo Guedes, têm conversado com ministros da Corte sobre os questionamento acerca do tema

Confiança em alta

Casa Branca não vê fator gerador de inflação que Fed não possa controlar

A presidente do Conselho de Consultores Econômicos do governo ressaltou que é importante focar nas tendências para os índices ao invés de oscilações semanais ou mensais

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies