Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-11-09T09:57:30-03:00
Estadão Conteúdo
Subindo, subindo

Inflação da China salta em outubro e atinge maior nível em mais de sete anos

Índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) subiu 3,8% em outubro em relação a igual mês do ano passado

9 de novembro de 2019
9:57
Notas de Yuan, moeda da China
Imagem: Shutterstock

A inflação ao consumidor da China decolou em outubro ao nível mais alto em mais de sete anos, aquecida por uma disparada contínua dos preços de carne de porco, mostraram ontem dados oficiais.

O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) subiu 3,8% em outubro em relação a igual mês do ano passado, comparado com um aumento de 3,0% em setembro, disse o Escritório Nacional de Estatísticas (NBS) chinês. A principal leitura da inflação ficou mais alta que a mediana das projeções de economistas consultados pelo Wall Street Journal, de aumento de 3,5%.

Os preços de alimentos cresceram 15,5% anualmente em outubro, o ritmo mais forte em mais de 11 anos, após escalarem 11,2% em setembro. Preços de carne de porco dispararam 101,3% anualmente em outubro, o ritmo mais rápido desde que o escritório de estatísticas começou a publicar os dados, em 2005, de acordo com o provedor de dados CEIC. Sozinhos, os preços de carne de porco elevaram o índice CPI em 2,43 pontos porcentuais em outubro. Outros itens de alimentos, como vegetais frescos e frutas, registraram declínios anuais no mês passado.

À base mensal, o CPI avançou 0,9% em outubro, o mesmo ritmo observado em setembro.

Já o índice de preços ao produtor (PPI) da China recuou anualmente 1,6% em outubro, acelerando em relação à queda de 1,2% em setembro. O resultado para preços na porta de fábrica veio mais baixo que a mediana das projeções de economistas, de baixa de 1,5%.

Mensalmente, o PPI subiu 0,1% em outubro, repetindo a leitura de setembro.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

IPO adiado

Bluefit: nem desconto de 20% garante estreia da rede de academias na bolsa

Inicialmente estimado em R$ 600 milhões, IPO da rede de academias de baixo custo agora deverá ter o valor reduzido e envolver apenas investidores institucionais, como fundos e fundações

Tensão EUA-China

Executiva da Huawei detida no Canadá em 2018 volta à China após acordo com os EUA

Confinada à cidade de Vancouver há quase três anos, onde havia sido presa sob acusação de fraude, CFO da Huawei, Meng Wangzhou, protagonizou incidente diplomático entre Canadá, EUA e China

o melhor do seu dinheiro

Mercados na semana: O destino da Evergrande, uma análise da Vale e seis ações indicadas por analistas

A semana que termina nos mercados foi marcada pela incerteza quanto ao futuro da incorporadora chinesa Evergrande e seus desdobramentos sobre a economia global. A crise na empresa, que tem um passivo oscilando à beira da insolvência, é consequência do aperto monetário e regulatório sobre o setor promovido pelo governo chinês desde o final do […]

Estimativas

Carrefour (CRFB3) divulga projeção para Atacadão e estima R$ 100 bi em vendas em 2024

A projeção de vendas brutas da rede no exercício social que se encerrará em 31 de dezembro de 2021 é de R$ 60 bilhões

PODCAST MESA PRA QUATRO

Da Conga até o Tik Tok: Gretchen conta de sua carreira artística e como administra seu dinheiro

Aos 60 anos, Gretchen relata sobre sua independência financeira e histórias de família e de carreira

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies