Menu
2019-04-04T14:14:58-03:00
Estadão Conteúdo
Em dezembro

Indústria e varejo da China superam expectativas, mas avanço do PIB é o menor em 28 anos

Produção industrial chinesa subiu 5,7% em dezembro na comparação anual; analistas previam uma desaceleração, com ganho de 5,3%

21 de janeiro de 2019
6:52 - atualizado às 14:14
presidente-da-china
Imagem: Fotos Públicas/Kremlin

A atividade econômica da China mostrou certa aceleração em dezembro em relação a novembro, conforme os dados da produção industrial e das vendas do varejo do período. Por outro lado, os investimentos em ativos fixos mostraram o mesmo desempenho do mês anterior, mas decepcionaram ligeiramente a expectativa do mercado. Os números foram divulgados nesta segunda-feira, 21, pelo Escritório Nacional de Estatísticas (NBS, na sigla em inglês) do país.

A produção industrial chinesa subiu 5,7% em dezembro na comparação anual, o que representa uma aceleração do ritmo de crescimento verificado em novembro na mesma base de comparação, de 5,4%. Os analistas consultados pelo Wall Street Journal, por outro lado, previam uma desaceleração, com ganho de 5,3%. Na comparação mensal, a produção fabril aumentou em 0,54%.

A expansão das vendas do varejo também tiveram um leve ganho na passagem de novembro para dezembro, passando de 8,1% para 8,2% na comparação anual. O resultado também foi um pouco melhor do que o projetado pelos economistas, que estimavam alta de 8,0%. No confronto mensal, as vendas avançaram 0,55% em dezembro.

Já os investimentos em ativos fixos de áreas não rurais de janeiro a dezembro mantiveram o ritmo de crescimento do período finalizado em novembro, de 5,9%. Mas os economistas esperavam que o ganho fosse um pouco maior, de 6,0%.

PIB

No quarto trimestre do ano passado, o Produto Interno Bruto (PIB) da China teve alta de 6,4% na comparação com o mesmo período de 2017, desacelerando levemente do aumento de 6,5% observado no terceiro trimestre. O resultado veio em linha com a expectativa dos analistas consultados pelo Wall Street Journal, que previam alta de 6,4% no quarto trimestre.

No ano, o PIB chinês avançou 6,6%, o menor valor em 28 anos.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

dou-lhe três, vendido

Com proposta de R$ 2 bilhões, BRK Ambiental vence leilão de saneamento na B3

Ágio superou 13.000%; empresa vai administrar serviços de abastecimento e esgoto em Maceió e outras 12 cidades

retomatada

Criação de empregos em agosto atinge melhor nível em nove anos

Segundo dados divulgados pelo Caged, 249.388 postos de trabalho com carteira assinada foram abertos no último mês

para substituir celso de mello

Indicação ao STF: Nome de Bolsonaro, Kassio Marques é discreto e bem avaliado

O desembargador, que tem 48 anos, se nomeado, poderá ficar na Corte até 2047

chefe do bc

Houve aumento da volatilidade e na proporção de minicontratos de dólar, diz Campos Neto

O chefe do Banco Central, no entanto, disse que “não é necessariamente uma relação de causa”

papéis com desconto

Raia Drogasil sobe forte com plano de expansão; veja o que dizem analistas

Papéis da rede de farmácias (RADL3) subiam 6,70%, a R$ 23,40, no início da tarde desta quarta; empresa anunciou plano de expansão e modernização das lojas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements