Menu
2019-08-19T10:39:29-03:00
Estadão Conteúdo
entra e sai

Fluxos de capital da China estão equilibrados neste mês, diz regulador

Em julho, os bancos comerciais venderam US$ 6,1 bilhões líquidos em moedas estrangeiras, volume bem menor que a venda de US$ 19,3 bilhões registrada em junho

19 de agosto de 2019
10:39
Guerra Comercial China EUA
Imagem: Shutterstock

Os volumes de capital que entram e saem da China têm mostrado equilíbrio até agora em agosto, apesar da desvalorização recente da moeda doméstica, o yuan, afirmou hoje o regulador de câmbio do país, numa tentativa de aliviar preocupações sobre os fluxos de capital.

"No começo de agosto, os EUA anunciaram medidas tarifárias que superaram as expectativas, causando fortes reações no mercado financeiro global. O yuan também mostrou alguns ajustes de curto prazo", afirmou o órgão regulador de câmbio chinês em comunicado em sua página na internet.

Apesar disso, os bancos comerciais da China acumulam uma compra líquida de moedas estrangeiras neste mês e os fluxos de capital estão equilibrados, graças aos fundamentos econômicos do país, disse o regulador.

Em julho, os bancos comerciais venderam US$ 6,1 bilhões líquidos em moedas estrangeiras, volume bem menor que a venda de US$ 19,3 bilhões registrada em junho, segundo dados do regulador.

O yuan negociado em Xangai acumula perdas de 2,35% ante o dólar em agosto, ampliando queda de 0,25% em julho, de acordo com o provedor de informações financeiras Wind.

A atividade econômica da China se enfraqueceu mais no mês passado, como apontou uma série de indicadores econômicos de julho divulgada na semana passada. Fonte: Dow Jones Newswires.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

FOI BOM

Gerdau registra maior Ebitda desde 2008 no 3º trimestre

Aumento das vendas no mercado interno e depreciação do real ante o dólar puxa desempenho da siderúrgica para cima

Mercados hoje

Dólar supera os R$ 5,70 e Ibovespa tem queda de 2% com cautela no exterior e Copom no radar

O avanço da covid-19 no exterior mina qualquer chance de recuperação dos mercados internacionais. A agenda doméstica cheia também pressiona os negócios

Disputa parece longe do fim

Ser Educacional não desiste e recorre de decisão que invalida acordo com Laureate

A companhia afirma se manter certa de seus direitos e diz que tomará todas as medidas cabíves para manter o acordo inicial válido

ATENÇÃO, ACIONISTA

Petrobras altera política de remuneração para pagar dividendos mesmo em caso de prejuízo

Administração poderá propor o repasse de proventos, mesmo sem a apuração de lucro, caso se verificar redução da dívida líquida nos 12 meses anteriores

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

11 notícias para começar o dia bem informado

Começo esta newsletter sem delongas: fique ligado hoje no Seu Dinheiro, pois será um dia importante para os mercados. Os investidores aguardam com expectativa números que serão conhecidos após o fechamento do pregão. Estou falando da decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) sobre a taxa básica de juros, a Selic, e também dos balanços de […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies