Menu
2019-09-06T07:24:16-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
das ruas para o mercado

Fitch corta nota de crédito de Hong Kong, após meses de protestos

Agência reduziu o rating soberano em moeda estrangeira de longo prazo, de AA+ para AA, com perspectiva negativa

6 de setembro de 2019
7:24
hong-kong
Hong Kong - Imagem: Shutterstock

A Fitch cortou a nota de crédito de Hong Kong, na primeira iniciativa do tipo desde antes da transferência da antiga colônia britânica para a China em 1997.

Citando meses de protestos e persistentes conflitos no território semiautônomo, a Fitch reduziu o rating soberano em moeda estrangeira de longo prazo de Hong Kong, de AA+ para AA, com perspectiva negativa.

"Os eventos atuais também causaram danos duradouros à percepção internacional da qualidade e da eficácia do sistema de governança e do Estado de direito de Hong Kong, e puseram em dúvida a estabilidade e o dinamismo de seu ambiente de negócios", comentou a Fitch em comunicado.

A Fitch atribuiu sua perspectiva negativa à visão de que, mesmo com a recente decisão de Hong Kong de ceder à parte das exigências de manifestantes, é provável que persista um certo grau de descontentamento popular.

Na quarta-feira (04), a chefe de governo de Hong Kong, Carrie Lam, anunciou a retirada de um polêmico projeto de lei que previa extradições para a China e que acabou se tornando estopim de uma onda de protestos iniciada há cerca de três meses.

Para a Fitch, a possibilidade de novos episódios de tumulto social pode minar ainda mais a confiança nas instituições públicas e manchar a percepção da governança, instituições, instabilidade política e ambiente de negócios de Hong Kong.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Após vacinação e apoio fiscal

Economia dos EUA está “em ponto de inflexão” positivo, diz Powell, do Fed

Economia norte-americana está prestes a começar a crescer muito mais rapidamente, afirmou presidente do banco central norte-americano em entrevista

nos estados unidos

Remuneração de CEOs cresceu em meio à pandemia

Recuperação do mercado de ações impulsionou ganhos de executivos em 2020, que tiveram remuneração média de US$ 13,7 mi no período

Após estremecimentos

China quer parceria estratégia com Brasil, diz chanceler asiático

Chanceler chinês, Wang Yi, falou com o novo ministro das Relações Exteriores do Brasil, Carlos Alberto Franco França.

entrevista

Bittar reafirma que Guedes sabia de acordo para destinar verba a emendas

Apontado como um dos artífices da “maquiagem” no Orçamento, o senador Marcio Bittar diz que não chegou sozinho ao valor de R$ 29 bilhões em emendas

Apesar da pandemia

Saúde perde espaço em emendas parlamentares

Números mostram estratégia dos parlamentares para destinar recursos para obras e projetos de interesse eleitoral em seus redutos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies