Menu
2019-05-08T07:35:58-03:00
Estadão Conteúdo
Novo revés

Exportações da China sofrem queda inesperada em abril

Importações chinesas, por outro lado, subiram 4% em abril ante igual mês do ano passado, revertendo queda de 7,6% em março

8 de maio de 2019
7:35
China
China - Imagem: Shutterstock

As exportações da China sofreram uma queda inesperada em abril, segundo números oficiais divulgados nesta quarta-feira, no último revés sofrido pela segunda maior economia do mundo.

Dados da Administração Geral de Alfândega mostram que as exportações chinesas medidas em dólares caíram 2,7% na comparação anual do mês passado, depois de avançarem 14,2% em março. Economistas consultados pelo The Wall Street Journal previam aumento de 1,8% nas exportações de abril.

As importações chinesas, por outro lado, subiram 4% em abril ante igual mês do ano passado, revertendo queda de 7,6% em março. Neste caso, a projeção de analistas era de redução de 2,7% nas compras externas.

Já o superávit comercial da China diminuiu de forma acentuada em abril, a US$ 13,84 bilhões, ficando bem abaixo do saldo positivo de US$ 33,63 bilhões previsto por economistas. Em março, o superávit chinês havia sido de US$ 32,64 bilhões. Fonte: Dow Jones Newswires.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

ALÍVIO

Mortes por covid-19 chegam ao menor nível desde maio, diz Fiocruz

Média móvel de novos casos ficou em 22.483 no sábado, alta de 11% em relação aos casos da semana anterior

LUTO

Morre presidente da Samsung, aos 78 anos

Lee Kun-hee foi responsável por transformar a companhia em um dos maiores conglomerados do mundo

INFLAÇÃO

Custo alto deve se manter até 2021 no material de construção

Superaquecimento de itens é reflexo de distorção entre oferta e demanda, diz pesquisadora da FGV

“efeito de três pontos”

O [mau] comportamento dos mercados: as semelhanças entre a trajetória do câmbio e de uma bola de basquete

O câmbio vai oscilar ao gosto das notícias – das guerras comerciais à falta de agenda econômica do governo federal. Mas existe um estranho – e ainda pouco compreendido – “efeito de três pontos”.

DRAGÃO COM FOME

Comida pressiona inflação até o fim do ano, dizem analistas

Dólar em alta, oferta escassa por causa da entressafra e o auxílio emergencial estão provocando o aumento dos preços

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies