Menu
2019-04-02T17:20:26-03:00
Estadão Conteúdo
Cortes para manter crescimento

Economia da China enfrenta nova pressão baixista, diz primeiro-ministro chinês

Li Keqiang afirmou que é preciso manter o crescimento econômico dentro de um intervalo razoável para evitar ondas de demissões

15 de março de 2019
7:19 - atualizado às 17:20
yuan-china
Notas de yuan, moeda da China -

O governo da China vai considerar cortes nas taxas de juros e na taxa de reservas compulsórias dos bancos para conter novas pressões sobre a economia, disse o primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, nesta sexta-feira, 15.

Em coletiva de imprensa ao final do Congresso Nacional do Povo, Li afirmou que Pequim precisa manter o crescimento econômico dentro de um intervalo razoável para evitar ondas de demissões.

A economia chinesa registrou, em 2018, o crescimento mais lento em quase 30 anos, e o ritmo de desaceleração permanece no início de 2019. Em resposta ao enfraquecimento da atividade econômica, no começo deste mês o governo cortou impostos para o setor industrial, entre outros, e anunciou um aumento da emissão de títulos do governo local para estimular os investimentos em infraestrutura.

Em uma tentativa de compensar a perda de receita com os cortes de impostos, Li disse que o governo central levantou cerca de 1 trilhão de yuans (US$ 148,8 bilhões) ao recolher dividendos mais altos de instituições financeiras estatais e outras empresas públicas. Além disso, também foi demandando um corte de gastos de governos de todos os níveis.

O premiê disse ainda esperar que a China e os Estados Unidos consigam chegar a um acordo mutuamente benéfico em suas negociações comerciais.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Parceria

Klabin firma acordo com Timo para constituir SPE na área florestal

O objetivo principal da SPE será a exploração da atividade florestal no Estado de Santa Catarina.

Vai vir antes?

Ata do Copom leva bancos a antecipar início de alta da Selic

Segundo a ata, parte dos integrantes do Copom já considerava a necessidade de mexer na Selic por fatores como a elevação da inflação.

Impacto

Confiança do comércio da FGV cai 0,9 ponto em janeiro ante dezembro (90,8 pontos)

Em médias móveis trimestrais, o indicador recuou 1,7 ponto, na terceira queda seguida.

quer investir?

Locaweb desdobra ações para facilitar entrada de novos acionistas

Papéis serão desdobrados na proporção de um para quatro novos, depois de acumularem alta de mais de 400% desde estreia

o melhor do seu dinheiro

Bitcoin: novos investidores te podem curtir numa boa

Tal como Caetano ao encarar Sampa, chamei de mau gosto o que vi quando tomei conhecimento do bitcoin pela primeira vez. Afinal, que valor poderia ter uma autoproclamada moeda criada por um programador anônimo e que não era reconhecida por nenhum governo? Ainda não havia para mim o Seu Dinheiro, e toda a referência que […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies