Menu
2019-08-22T10:39:55-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
segue a tensão

China promete novamente contramedidas em reação a tarifas dos EUA

Segundo o porta-voz, apesar da decisão do presidente americano, Donald Trump, de adiar algumas das cobranças, as tarifas violaram um consenso entre as potências

22 de agosto de 2019
10:39
Bam China
Imagem: Shutterstock

O Ministério do Comércio da China (MofCom, na sigla em inglês) reiterou que adotará contramedidas se as tarifas recém-anunciadas pelos Estados Unidos entrarem em vigor.

"Quaisquer novas tarifas levarão a uma escalada nas fricções comerciais", disse

Segundo o porta-voz da pasta Gao Feng, apesar da decisão do presidente americano, Donald Trump, de adiar algumas das cobranças, as tarifas violaram um consenso alcançado entre os dois presidentes em Osaka. "China se opõe fortemente a elas [as tarifas]", afirmou.

Gao argumentou que a decisão de postergar parte das cobranças é prova de que uma escalada nas fricções comerciais está causando grandes perdas a consumidores e empresas americanos.

Para ele, não há vencedor em um conflito comercial.

O porta-voz alegou não ter nenhuma informação nova sobre se negociadores chineses partirão para Washington em setembro para negociações comerciais, ecoando comentários anteriores por Trump de que a possibilidade de as conversas serem canceladas existe.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Fechando o cerco

Bitcoin cai 6% após Banco da China ameaçar encerrar contas envolvidas com criptomoeda

Além disso, a retirada de mineradores do país está afetando a taxa de mineração, que valida e dá segurança para a rede do bitcoin

Interesse estrangeiro

IPOs de grandes empresas devem trazer mais investidor estrangeiro para a Bolsa

Desde janeiro, o saldo de dinheiro estrangeiro na B3, a bolsa de valores de São Paulo, já chega a R$ 44 bilhões – número que contrasta fortemente com o primeiro semestre do ano passado

De volta no mercado

Brasil ‘reestreia’ no mercado de fabricação de TV

Agora o movimento de volta das nacionais é capitaneado por três indústrias com tradição na fabricação de eletroportáteis e eletrônicos: Mondial, Britânia e Multilaser.

Perspectiva de crescimento

Pandemia reaquece setor de terrenos e total de lotes disponíveis despenca

De 2018 para cá, o total de lotes disponíveis recuou à metade: de 125,4 mil para 67,4 mil. Só no ano passado, a queda foi de 33%, de acordo com a Aelo

segredos da bolsa

Semana deve ser marcada por fim do prazo da MP da Eletrobas e briga entre BCs e inflação

A semana deve ser marcada por cautela, envolvendo temores em relação à inflação e as movimentações dos BCs pelo mundo. No Brasil, ata do Copom e RTI ficam no radar

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies