Menu
2019-12-23T09:35:38-03:00
Estadão Conteúdo
Menos taxas, mais acordos

China cortará tarifas sobre vários produtos de parceiros comerciais em janeiro

Plano reduzirá tarifas para todos os parceiros comerciais sobre mais de 859 tipos de produtos

23 de dezembro de 2019
7:21 - atualizado às 9:35
China
Imagem: Shutterstock

A China anunciou que cortará tarifas de importação sobre carne de porco congelada, farmacêuticos e alguns componentes de alta tecnologia a partir de 1º de janeiro. A medida é adotada no momento em que Pequim e Washington tentam concluir a fase 1 do acordo comercial bilateral.

O plano, aprovado pelo gabinete chinês, reduzirá tarifas para todos os parceiros comerciais sobre mais de 859 tipos de produtos para abaixo das taxas garantidas às nações menos favorecidas, afirmou o Ministério das Finanças nesta segunda-feira. As tarifas para nações menos favorecidas são as menores possíveis que um país oferece a seus parceiros comerciais.

A tarifa é reduzida também no momento em que a China busca ampliar seus estoques de carne de porco, diante de uma epidemia de febre suína, bem como de produtos semicondutores e remédios para tratar asma e diabetes. As tarifas sobre alguns produtos cairão a zero.

O plano também reduzirá tarifas de importação sobre mais de 8 mil produtos para 23 países e regiões que têm acordos de livre-comércio com a China, entre eles Austrália, Coreia do Sul, Islândia, Nova Zelândia e Paquistão, a partir do início do próximo ano. O comunicado afirma que a China reduzirá mais tarifas sobre produtos e serviços de tecnologia da informação a partir de 1º de julho de 2020.

Os cortes de tarifas parecem abrir caminho para a China importar mais dos EUA sem violar regras internacionais de comércio.

Cortes incluem suco de laranja e avocado

O comunicado da China também incluiu na lista de cortes de tarifas avocados congelados e suco de laranja não congelado.

Também são cortadas a zero tarifas sobre alcaloides usados para o tratamento de asma e a matéria-prima para a produção de novos medicamentos para diabetes. Serão ainda reduzidas tarifas sobre equipamentos e partes deles na área de "tecnologias avançadas", a fim de apoiar esse setor,. Para encorajar a demanda doméstica, tarifas novas ou reduzidas para alguns produtos de madeira e papel foram determinadas.

*Com Dow Jones Newswires.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

pandemia

Covid-19: Brasil passa das 210 mil mortes causadas pela pandemia

Nas últimas 24 horas, as autoridades de saúde registraram 452 óbitos pela covid-19

seu dinheiro na sua noite

Antes tarde do que mais tarde

Com o uso emergencial de duas vacinas contra o coronavírus aprovado no Brasil, ainda que com muito atraso em relação a outros países (incluindo emergentes), o brasileiro pode enfim vislumbrar a possibilidade de um retorno à vida normal. Está certo que ainda vai demorar, e provavelmente veremos o resto do mundo voltar à normalidade, enquanto […]

Fechamento

Vacina empolga, mas incertezas ainda são muitas e limitam os ganhos do Ibovespa; dólar fica estável

Embora o início da vacinação tenha criado um princípio de euforia, as incertezas ainda são muitas e nublam o cenário

atenção, acionista

Itaúsa anuncia o pagamento de juros sobre capital próprio adicionais

Base do pagamento é a posição acionária final do dia 22 de janeiro; provento tem retenção de 15% de imposto de renda na fonte, resultando em juros líquidos de R$ 0,01768 por ação

insatisfações com a estatal

Petrobras sai em defesa de sua política de preços

Estatal listou uma série de respostas para justificar eventuais aumentos concedidos ou que possam vir a ser feitos este ano, diante de preços de petróleo em franca recuperação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies