Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-12-09T07:24:20-03:00
Estadão Conteúdo
guerra comercial

China busca resultado ‘satisfatório’ em negociações comerciais com EUA

Na coletiva de hoje, outra autoridade do Ministério de Comércio chinês, Li Xingqian, disse que Pequim vai continuar reduzindo tarifas sobre produtos externos para impulsionar suas importações

9 de dezembro de 2019
7:23 - atualizado às 7:24
China e Estados Unidos
Imagem: Shutterstock

A China disse hoje esperar que as negociações comerciais com os EUA levem a um resultado "satisfatório", dias antes de entrar em vigor um novo aumento de tarifas de Washington sobre produtos chineses.

"Esperamos que os dois lados consigam seguir com conversas e negociações baseadas na igualdade e no respeito mútuo...para atingir um resultado que seja satisfatório para todas as partes assim que possível", disse Ren Hongbin, ministro assistente no Ministério de Comércio chinês, durante coletiva de imprensa nesta segunda-feira.

Ao ser perguntado se a China pretende retaliar se os EUA forem adiante com o plano de impor tarifas a mais produtos chineses no domingo (15), Ren foi evasivo e disse que os dois países precisam lidar com as principais preocupações um do outro.

Na sexta-feira (06), o diretor do Conselho Econômico Nacional dos EUA, Larry Kudlow, disse que não há "prazos arbitrários" para que Washington finalize um acordo comercial preliminar com a China, antes das novas tarifas americanas. Alguns analistas preveem que o presidente dos EUA, Donald Trump, deverá adiar as tarifas do dia 15 para que os negociadores busquem um acordo.

Na coletiva de hoje, outra autoridade do Ministério de Comércio chinês, Li Xingqian, disse que Pequim vai continuar reduzindo tarifas sobre produtos externos para impulsionar suas importações. Fonte: Dow Jones Newswires.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

ampliação dos negócios

Cosan (CSAN3) paga R$ 1,5 bilhão por fatia na Radar, gestora de propriedades agrícolas

Companhia já detinha uma participação na Radar; após a conclusão da operação e uma reorganização societária, a Cosan será dona de mais de 50% do capital social

o melhor do seu dinheiro

Caso Lehman Brothers: não vale a pena ver de novo

Se tem um roteiro que o mercado financeiro não quer ver se repetindo, é o de uma crise financeira desencadeada pela quebra de uma grande empresa, como foi o caso da falência do banco Lehman Brothers em 2008, que marcou o início da grave crise dos subprime. Nem mesmo em uma escala menor, como é […]

força do esg

Environmental ESG, da Ambipar, busca IPO de R$ 3 bilhões para dar gás às aquisições

Preço da faixa indicativa está entre R$ 15,50 e R$ 20,50; após IPO, 43,8% do capital social estará em circulação no mercado com as ações

MERCADOS HOJE

Evergrande injeta temor no mercado global e bolsas têm dia de fortes perdas; Ibovespa fecha no menor nível desde novembro

Temor de que os problemas da incorporadora chinesa gerem uma reação em cadeia no mercado global afundou as bolsas nesta segunda-feira (20)

Ruído político

Congresso não participou de debate sobre aumento no IOF, revela presidente da Câmara

Arthur Lira também declarou que quer avançar com a reforma administrativa e uma solução para a questão dos precatórios ainda nesta semana

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies