Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-04-04T14:14:28-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Balanço divulgado nesta terça

Líder do varejo de alimentos brasileiro, Carrefour anuncia alta de 48% no lucro ajustado aos controladores em 2018

De acordo com balanço divulgado pela companhia, o lucro fechou o ano em R$ 1,87 bilhão

26 de fevereiro de 2019
20:22 - atualizado às 14:14
Logo do Carrefour
Carrefour - Imagem: Shutterstock

Em balanço divulgado nesta terça-feira, 26, o Carrefour Brasil anunciou um lucro líquido aos controladores de R$ 636 milhões no quarto trimestre de 2018. O resultado representa uma alta de 6,7% na comparação com igual período de 2017. Já o lucro aos controladores anual totalizou R$ 1,660 bilhão, crescimento de 3,8%.

No lucro ajustado, os números foram ainda mais positivos: crescimento de 65,9% no 4º trimestre, para R$ 758 milhões. No ano, a alta foi de 48,1%, para R$ 1,879 bilhão.

Já a geração de caixa medida pelo Ebitda ajustado (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) teve uma alta no 4º trimestre de 26,6%, e atingiu R$ 1,415 bilhão. No ano, a alta foi de 19%, para R$ 4,183 bilhões.

Segundo a empresa, a margem Ebitda ajustada - que avançou 1,25 p.p, para 9,8%, na comparação trimestral, e +0,76 p.p na comparação anual, para 8,2% - melhorou de forma consistente no ano, apesar dos investimentos nas iniciativas de omnicanal e e-commerce no Carrefour Varejo, a rápida expansão das lojas Atacadão e a deflação em parte do ano.

Vendas também sobem

Em janeiro, o Carrefour Brasil já havia divulgado que suas vendas cresceram 10,2% no quarto trimestre de 2018 ante igual período do ano anterior. A companhia reportou receita bruta de R$ 15,821 bilhões entre outubro e dezembro do ano passado.

O fluxo de caixa livre do Carrefour também cresceu em 2018, passando para R$ 1,3 bilhão, (alta de 18,1%). Segundo o comunicado da empresa, o avanço aconteceu com o grupo ainda mantendo perto da estabilidade os seus investimentos, que recuaram 0,7% no ano, para R$ 1,8 bilhão (excluindo ágio).

Ainda de acordo com o balanço, o fluxo de caixa operacional, antes do capital de giro, no ano passado somou R$ 2,4 bilhões, contra R$ 1,7 bilhão no ano anterior, estimulado pelo crescimento das operações.

Líderes do varejo

Em sua nota para comentar os números da companhia, presidente Noël Prioux ressaltou que o grupo manteve sua liderança no mercado varejista de alimentos do Brasil com um desempenho bastante forte tanto no quarto trimestre como no ano. "O crescimento das vendas foi acelerando de forma consistente ao longo do ano, com contribuições de todos os formatos, levando o lucro líquido ajustado a atingir o seu maior nível", disse.

Ainda conforme o executivo, em 2018, o Grupo também progrediu de em sua estratégia omnicanal, com o Atacadão intensificando seu ritmo de expansão, o Carrefour Varejo avançando na liderança da transição alimentar com melhora da oferta de produtos de qualidade a preços acessíveis e o Carrefour Soluções Financeiras alavancando os serviços financeiros em todas as bandeiras.

"A recente criação do Carrefour eBusiness Brasil representa um passo importante na aceleração da transformação digital e no alcance da meta de nos tornarmos líderes no e-commerce de alimentos no Brasil, em linha o plano transformação Carrefour 2022", acrescentou.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

PROVENTO EM DÓLAR

Aura Minerals (AURA33) anuncia dividendos e programa de recompra de BDRs — veja o que muda para os acionistas

O pagamento chegará bem a tempo para o Natal dos investidores nacionais, mas para ter direito é preciso possuir os ativos em 9 de dezembro

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa perto de perder os 100 mil pontos, Petrobras na mira de Paulo Guedes e outros destaques do dia

A dinâmica dos mercados globais nos últimos dias lembra muito os primeiros momentos de incerteza que marcaram o início da pandemia do coronavírus, no início de 2020. A covid-19 não é mais uma doença desconhecida e as vacinas já estão disponíveis no mercado, mas a desigualdade na distribuição de imunizantes e a recusa de muitos […]

FECHAMENTO DO DIA

Racha no Senado e chegada de ômicron aos Estados Unidos levam o Ibovespa a renovar as mínimas do ano (mais uma vez); dólar sobe

Embora o dia tenha começado positivo para o Ibovespa e as demais bolsas globais, a variante ômicron e a dificuldade de aprovar a PEC dos precatórios azedaram os negócios

CRYPTO NEWS

Aprenda com o bitcoin: não perca o timing com a próxima promessa cripto

O mercado de criptomoedas tem colocado alguns sorrisos nos rostos de quem vem investindo nessa classe de ativos

RECEITAS EM ALTA

Acredite se quiser! Governo pode ter primeiro superávit primário desde 2013 ainda neste ano

A notícia surpreende num momento em que um dos maiores temores do mercado financeiro é justamente o descontrole das contas públicas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies