Menu
2019-04-04T14:14:28-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Balanço divulgado nesta terça

Líder do varejo de alimentos brasileiro, Carrefour anuncia alta de 48% no lucro ajustado aos controladores em 2018

De acordo com balanço divulgado pela companhia, o lucro fechou o ano em R$ 1,87 bilhão

26 de fevereiro de 2019
20:22 - atualizado às 14:14
Logo do Carrefour
Carrefour - Imagem: Shutterstock

Em balanço divulgado nesta terça-feira, 26, o Carrefour Brasil anunciou um lucro líquido aos controladores de R$ 636 milhões no quarto trimestre de 2018. O resultado representa uma alta de 6,7% na comparação com igual período de 2017. Já o lucro aos controladores anual totalizou R$ 1,660 bilhão, crescimento de 3,8%.

No lucro ajustado, os números foram ainda mais positivos: crescimento de 65,9% no 4º trimestre, para R$ 758 milhões. No ano, a alta foi de 48,1%, para R$ 1,879 bilhão.

Já a geração de caixa medida pelo Ebitda ajustado (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) teve uma alta no 4º trimestre de 26,6%, e atingiu R$ 1,415 bilhão. No ano, a alta foi de 19%, para R$ 4,183 bilhões.

Segundo a empresa, a margem Ebitda ajustada - que avançou 1,25 p.p, para 9,8%, na comparação trimestral, e +0,76 p.p na comparação anual, para 8,2% - melhorou de forma consistente no ano, apesar dos investimentos nas iniciativas de omnicanal e e-commerce no Carrefour Varejo, a rápida expansão das lojas Atacadão e a deflação em parte do ano.

Vendas também sobem

Em janeiro, o Carrefour Brasil já havia divulgado que suas vendas cresceram 10,2% no quarto trimestre de 2018 ante igual período do ano anterior. A companhia reportou receita bruta de R$ 15,821 bilhões entre outubro e dezembro do ano passado.

O fluxo de caixa livre do Carrefour também cresceu em 2018, passando para R$ 1,3 bilhão, (alta de 18,1%). Segundo o comunicado da empresa, o avanço aconteceu com o grupo ainda mantendo perto da estabilidade os seus investimentos, que recuaram 0,7% no ano, para R$ 1,8 bilhão (excluindo ágio).

Ainda de acordo com o balanço, o fluxo de caixa operacional, antes do capital de giro, no ano passado somou R$ 2,4 bilhões, contra R$ 1,7 bilhão no ano anterior, estimulado pelo crescimento das operações.

Líderes do varejo

Em sua nota para comentar os números da companhia, presidente Noël Prioux ressaltou que o grupo manteve sua liderança no mercado varejista de alimentos do Brasil com um desempenho bastante forte tanto no quarto trimestre como no ano. "O crescimento das vendas foi acelerando de forma consistente ao longo do ano, com contribuições de todos os formatos, levando o lucro líquido ajustado a atingir o seu maior nível", disse.

Ainda conforme o executivo, em 2018, o Grupo também progrediu de em sua estratégia omnicanal, com o Atacadão intensificando seu ritmo de expansão, o Carrefour Varejo avançando na liderança da transição alimentar com melhora da oferta de produtos de qualidade a preços acessíveis e o Carrefour Soluções Financeiras alavancando os serviços financeiros em todas as bandeiras.

"A recente criação do Carrefour eBusiness Brasil representa um passo importante na aceleração da transformação digital e no alcance da meta de nos tornarmos líderes no e-commerce de alimentos no Brasil, em linha o plano transformação Carrefour 2022", acrescentou.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

EUA X China

Trump X TikTok: empresa chinesa tenta impedir proibição de downloads

Decisão judicial pode barrar restrição, que passaria a valer a partir de meia-noite deste domingo nos Estados Unidos.

A 38 dias da eleição

Trump anuncia nomeação de Barrett para a Suprema Corte

Nomeação ainda precisa ser confirmada pelo Senado, que hoje tem maioria Republicana.

Últimos ajustes

Guedes se reúne com líder do governo na Câmara para discutir Reforma Tributária

Segundo o deputado Ricardo Barros, na segunda-feira a proposta já estará fechada para uma rodada de discussão com os líderes da base governista no Congresso.

Em 2020

Pandemia tira R$ 12 bilhões em investimentos

Investimentos públicos em infraestrutura deverão ser 10% menores em relação ao estimado antes da pandemia de covid-19.

Entrevista

“A crise econômica será severa e prolongada”, diz de Bolle

Em novo livro, economista defende que é preciso romper com padrões estabelecidos de estratégia econômica – como o teto de gastos – para responder aos desafios trazidos pelo novo coronavírus.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements