Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-04-05T15:50:14-03:00
Estadão Conteúdo
Balanço

Caixa tem em 2018 lucro recorrente recorde de R$ 12,7 bi, 40% acima de 2017

Patrimônio líquido do banco ficou em R$ 81,2 bilhões, 15,1% maior que ano anterior, decorrente da evolução de 41,0% nas reservas de lucro

29 de março de 2019
11:50 - atualizado às 15:50
Caixa Econômica Federal
Agência da Caixa Econômica Federal em São Paulo - Imagem: Itaci Batista/Estadão Conteúdo

A Caixa anunciou lucro recorrente recorde de R$ 12,7 bilhões em 2018, 40% acima de 2017. Já o lucro líquido contábil foi de R$ 10,4 bilhões, 17,1% menor na mesma comparação. O número recorde é justificado pela melhoria da eficiência operacional e o aumento de receitas, especialmente o resultado da intermediação financeira e a prestação de serviços.

O patrimônio líquido do banco ficou em R$ 81,2 bilhões, 15,1% maior que ano anterior, decorrente, principalmente, da evolução de 41,0% nas reservas de lucro, explica o comunicado à imprensa.

O retorno recorrente sobre patrimônio líquido médio (ROE) ficou em 16,1%, 2,45 pontos porcentuais maior do que no ano anterior.

Outro destaque do balanço foi o índice de Basileia, de 19,6%, maior que o apresentado em 2017, de 17,65%.

Por sua vez, o índice de eficiência operacional recorrente chegou a 46,5%, melhora de 2,1 p.p. em 12 meses.

As despesas com provisão para créditos de liquidação duvidosa ficaram em R$ 14,9 bilhões, uma redução de R$ 4,3 bilhões em 12 meses, devido ao recuo de R$ 11,8 bilhões na carteira de crédito e da mudança de sua composição, com maior concentração em créditos de baixo risco.

Carteira de crédito

O saldo da carteira de crédito ampla da Caixa apresentou queda de 1,7% no ano, para R$ 694,5 bilhões, "com o comportamento da carteira ainda repercutindo a estratégia adotada pela empresa para equilíbrio de sua estrutura de capital", segundo o informe de resulta

O saldo da carteira de crédito habitacional cresceu 3,0%, para R$ 444,7 bilhões em dezembro, sendo R$ 265,2 bilhões com recursos FGTS e R$ 179,4 bilhões com recursos Caixa/SBPE. O banco público segue na liderança do segmento, com 68,8% de participação, ganho de 0,6 p.p em 12 meses.

Os contratos pela Caixa de Minha Casa Minha Vida somaram R$ 62,5 bilhões, ou 505.494 novas unidades habitacionais, das quais 21,1% na faixa 1 do programa.

O resultado bruto da intermediação financeira foi de R$ 36,0 bilhões, 15,5% superior, "influenciado pela redução de 22,5% nas despesas com provisão para créditos de liquidação duvidosa e pelo crescimento de 1,0% na margem financeira", ainda de acordo com o documento.

As receitas com prestação de serviços, por sua vez, tiveram alta de 7,2%, para R$ 26,8 bilhões, "influenciadas pelas receitas de conta corrente, de fundos de investimento e de cartões."

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

RAIO-X DO ORÇAMENTO

Fundo eleitoral, emendas do relator e reajuste dos servidores: 3 pontos do Orçamento para 2022 que mexem com a bolsa esta semana

Entre emendas parlamentares superavitárias e reajuste dos policiais federais, o Orçamento deve ser publicado no Diário Oficial na segunda-feira (24)

PEC DOS COMBUSTÍVEIS

Tesouro pode perder até R$ 240 bilhões com PEC dos Combustíveis e inflação pode ir para 1% — mas gasolina ficará só R$ 0,20 mais barata; confira análise

Se todos os estados aderirem à desoneração, a perda seria de cifras bilionárias aos cofres públicos, de acordo com a XP Investimentos

Seu Dinheiro no Sábado

E a bolsa ainda pulsa: os grandões do Ibovespa brilham e puxam o índice — mas e as demais empresas?

Além do ciclo aquecido das commodities e da entrada de recursos estrangeiros, também vale lembrar o desconto nos ativos domésticos

BITCOIN (BTC) HOJE

Bitcoin (BTC) aprofunda queda da semana e é negociado aos US$ 35 mil hoje pela primeira vez em seis meses; criptomoeda já caiu 17% em sete dias

Especialista dá dicas de como sobreviver ao momento de “sangria” do mercado de criptomoedas — e o que não fazer no desespero

Dê o play!

A bolsa ainda pulsa, mas será um último suspiro? O podcast Touros e Ursos discute o cenário para o Ibovespa

No programa desta semana, a equipe do Seu Dinheiro discute o cenário para o Ibovespa e os motivos que fazem a bolsa brasileira subir

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies