Menu
2019-04-04T13:54:56-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Mais um veto...

Trump proíbe que aviões Boeing 737 MAX 8 e 9 operem no espaço aéreo dos Estados Unidos

Anúncio do presidente americano é feito na esteira de novas informações sobre o acidente envolvendo uma das aeronaves Max 8 na Etiópia

13 de março de 2019
16:37 - atualizado às 13:54
Donald Trump
Presidente dos EUA também afirmou que a Boeing trabalha duro para resolver o problema com os modelos MAXImagem: Shutterstock

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou nesta quarta-feira, 13, que seu governo vetou as operações dos aviões Boeing 737 Max no espaço aéreo norte-americano. O anúncio ocorreu na esteira de novas informações sobre o acidente envolvendo uma aeronave Max 8 da Ethiopian Airlines no último final de semana.

Trump convocou um pronunciamento na tarde de hoje e nele afirmou que as aeronaves receberão ordens de pousar em seu destino e permanecerão em solo até segunda ordem. Segundo o líder norte-americano, as companhias aéreas e os pilotos já haviam sido notificadas da decisão.

"É algo terrível. (...) A Boeing é uma empresa incrível e eles estão trabalhando muito duro agora", comentou Trump ao dizer que a fabricante de aviões estava procurando encontrar respostas para os problemas envolvendo os modelos MAX.

Veja o pronunciamento completo de Trump:

A decisão dos EUA segue a de vários outros países após a queda do avião na Etiópia. Logo após o anúncio, as ações da Boeing passaram a cair e, por volta das 16h30, registravam perdas de 0,40%. O NYSE da bolsa de Nova York, no entanto, operava em alta de 0,66%.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

fechamento dos mercados

Pfizer pesa e limita alta do Ibovespa, após cortar meta de vacinas à metade em 2020

Farmacêutica enfrenta problemas na cadeia de suprimentos e reduz envio de imunizantes contra a covid-19 para 50 milhões, diz Wall Street Journal. Com fechamento anterior à notícia, dólar à vista cai 2% e juros longos despencam

acionista recompensado

Locaweb paga R$ 16 milhões em juros sobre capital próprio

Empresa estreou este ano na bolsa e já tem uma valorização de quase 200%; no terceiro trimestre, lucro cresceu 30%, a R$ 7,8 milhões

Voando

Boeing recebe primeira grande compra de novos 737 MAX após acidentes

Até novembro, as companhias aéreas e as empresas de leasing de aeronaves cancelaram cerca de 10% dos pedidos do Max pendentes da Boeing neste ano.

Topo da lista

Ricardo Barros diz que reforma tributária é prioridade do governo

“É desejo do presidente uma reforma tributária que simplifique e modernize os impostos sem aumento de carga tributária”, afirma Barros.

É dia de feira?

Maia diz que meta flexível em 2021 é ‘jabuticaba brasileira’

O governo resolveu abandonar uma meta fixa de resultado primário no ano que vem.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies