Menu
2019-11-11T11:00:17-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
ritmo do balanço

Lucro do Banrisul Cartões tem alta de 3,1% no terceiro trimestre

Cifra chegou a R$ 67 milhões; faturamento alcançou R$ 367,8 milhões, 0,4% acima do terceiro trimestre do ano passado

11 de novembro de 2019
11:00
Banrisul
Banrisul - Imagem: Shutterstock

O Banrisul Cartões, que envolve as operações de cartões de benefícios e empresariais BanriCard e a rede de adquirência Vero, fechou o terceiro trimestre com um lucro líquido de R$ 67 milhões, o que representa uma alta de 3,1% em relação ao mesmo período do ano passado. Frente ao segundo trimestre, o lucro caiu 2%.

O Ebitda no terceiro trimestre ficou em R$ 60,7 milhões, queda de 3% frente ao terceiro trimestre de 2018 e de 6,8% na comparação com o segundo trimestre. A margem líquida Ebitda cedeu 2,9 pontos porcentual no comparativo anual e 4 pontos porcentual no trimestral, para 50,3% no terceiro trimestre.

O volume financeiro transacionado foi de R$ 7,2 bilhões no terceiro trimestre, representando um crescimento de 8,3% em comparação ao mesmo intervalo de 2018 e de 1,2% frente ao segundo trimestre. O faturamento alcançou R$ 367,8 milhões no terceiro trimestre, 0,4% acima do terceiro trimestre do ano passado e 1,4% superior ao segundo trimestre.

Entre os destaque apontados para o trimestre pelo Banrisul estão o lançamento dos planos comerciais "Free" e "Pro", com condições especiais de taxas e mensalidades isentas para POS, de acordo com o volume de faturamento e introdução da solução de captura Vero Smart.

A empresa também elenca como ponto positivo a divulgação da portabilidade Vero UP, que permite aos clientes Pessoa Física e MEIs utilizarem o equipamento Mobile de qualquer adquirente por meio do download e configuração do aplicativo Vero Up.

O Banrisul cita ainda que a antecipação do recebimento de vendas atingiu R$ 1 bilhão no terceiro trimestre, com volume 24,5% superior ao computado no mesmo período de 2018, como resultado de aumento do volume antecipado pelo canal de vendas Banrisul e pelo segmento de subcredenciadores.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Ao vivo

Eletrobras é destaque de alta na B3 com MP da privatização em análise na Câmara; acompanhe a votação

O governo corre contra o tempo para aprovar a proposta, que perderá a validade às 24h da próxima terça-feira

É para quando?

Ainda vai levar “algum tempo” para início da redução de estímulos econômicos, defende dirigente do Fed

James Bullard enfatizou que a retirada começará apenas quando a instituição tiver registrado um avanço “substancial” em direção a suas “métricas”.

Embarque imediato

Depois de incorporação, acionistas da Smiles aprovam saída do Novo Mercado

Além disso, assembleia votou a destituição do conselho de administração e a eleição de novos membros, inclusive do presidente

Procuram-se semicondutores

Falta de chips adia recuperação da indústria automobilística

O setor deve perder a chance de recuperar mercado no segundo semestre, período em que tradicionalmente se vendem mais carros

Mais uma na bolsa

Investindo no banco de investimentos: BR Partners sobe forte na estreia na bolsa

A BR Partners, banco de investimentos independente, concluiu seu IPO e estreou na bolsa nesta segunda — e a recepção do mercado foi boa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies