Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-08-01T17:43:13-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No positivo, de novo

Balança comercial tem superávit de US$ 2,293 bilhões em julho

Resultado ficou abaixo do intervalo das estimativas do mercado, que iam de superávit de US$ 2,8 bilhões a US$ 5,7 bilhões

1 de agosto de 2019
16:04 - atualizado às 17:43
porto-santos
Imagem: Shutterstock

A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 2,293 bilhões em julho, de acordo com os dados divulgados pelo Ministério da Economia. Esse foi o menor saldo para o mês desde 2014.

O resultado ficou abaixo do intervalo das estimativas coletadas em pesquisa do Projeções Broadcast, que iam de superávit de US$ 2,8 bilhões a US$ 5,7 bilhões. A mediana das 24 projeções era positiva em US$ 3,408 bilhões.

O saldo foi 40,8% menor do que o registrado em julho do ano passado, quando a balança comercial teve saldo positivo de US$ 3,874 bilhões. Na quarta semana de julho (22 a 28), o saldo comercial foi de um superávit de US$ 222 milhões. Na quinta semana do mês (29 a 31), o saldo foi negativo em US$ 5 milhões.

No mês passado, as exportações somaram US$ 20,054 bilhões, uma queda de 14,8% ante julho de 2018, considerando a média diária de embarques. Já as importações chegaram a US$ 17,761 bilhões, uma baixa de 8,9% na mesma comparação.

Na comparação com julho do ano passado, houve redução nas vendas de produtos básicos (-16,7%), manufaturados (-12,3%) e semimanufaturados (-4,6%).

Pelo lado das importações, houve alta em combustíveis e lubrificantes (+22,0%), bens intermediários (+4,9%) e bens de consumo (+1,0%). Já as compras de bens de capital recuaram 53,0% na comparação com o mesmo mês de 2018.

No acumulado do ano até julho, a balança comercial registra um superávit de US$ 28,369 bilhões, decorrente de US$ 129,896 bilhões em exportações e US$ 101,527 bilhões em importações. No mesmo período de 2018, o superávit comercial brasileiro havia sido US$ 33,891 bilhões.

Nivelando por cima

O subsecretário de inteligência e estatísticas de comércio exterior do Ministério da Economia, Herlon Brandão, comentou que a redução do superávit comercial em julho se deve à base de comparação alta no mesmo mês do ano passado.

"Houve uma exportação de US$ 1,2 bilhão em uma plataforma de petróleo em junho do ano passado. Também houve redução expressiva nos embarques de soja (-24,6%) e petróleo (-61,2%) no mês passado, tanto em volume quanto em preço. No caso do petróleo, devido à desaceleração da economia mundial e, no caso da soja, devido aos problemas da China com a criação de suínos, o que reduz a demanda do grão", explicou.

Brandão também comentou que as exportações de produtos manufaturados brasileiros têm sofrido com a queda da renda externa. Segundo ele, esses produtos são mais sensíveis à desaceleração da economia global do que os bens básicos, como alimentos.

As vendas de aviões, por exemplo, caíram 16,3% no acumulado de janeiro a julho desde ano. Os embarques de automóveis de passageiros caíram 32,3% e as exportações de veículos de carga recuaram 42,4% ante o mesmo período do ano passado. "Temos o efeito da crise Argentina, com queda do PIB pelo segundo ano consecutivo, o que afeta as vendas brasileiras de automóveis", avaliou.

Dentre os produtos semimanufaturados, destaca-se a queda de 20,1% nas vendas de açúcar no acumulado do ano. "Nesse caso, a redução ocorre devido ao grande volume de estoques no mercado internacional", explicou.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

ECONOMIA X COVID

Economia monitora variante ômicron da covid-19, mas programas de auxílio dependem da PEC dos Precatórios; pasta evita falar em gastos fora do teto

Ministério da Economia evita falar em crédito extraordinário, como acontece nos casos de guerras ou calamidades públicas

Black Friday em números

Varejo cresce 6,3% na Black Friday e vê crescimento de lojas virtuais com e-commerce aquecido; confira dados

Apesar do aumento em relação à Black Friday de 2020, o patamar de faturamento do varejo foi 9,1% inferior ao registrado em 2019

Desdobramentos da crise

Presidente da Latam, Roberto Alvo diz que recusou oferta ‘incompleta’ e ‘insuficiente’ da Azul

O conteúdo dela é confidencial”, afirmou, em entrevista coletiva. Procurada, a Azul não quis comentar

Solana no MB

Exclusivo: Solana (SOL), 5ª maior criptomoeda do mundo, chega Mercado Bitcoin com alta de mais de 12.000% no ano

A quinta maior criptomoeda do mundo vem conquistando o mercado porque se coloca como uma blockchain alternativa ao ethereum (ETH)

Pandemia em curso

Variante ômicron da covid-19 já está em dez países, mas chefe da associação médica da África do Sul vê “sintomas médios” da doença em estudo preliminar

Até o fechamento desta matéria, não haviam informações sobre infecções por essa variante da covid-19 nas Américas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies