Menu
Julia Wiltgen
O melhor do Seu Dinheiro
Julia Wiltgen
2019-12-11T19:43:41-03:00
SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

A última superquarta do ano

11 de dezembro de 2019
19:43
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Nesta última superquarta de 2019, o mercado ficou em compasso de espera pelas decisões de política monetária do Federal Reserve (Fed), o banco central americano, e do Banco Central brasileiro.

No meio da tarde, o Fed anunciou a manutenção das taxas de juros, interrompendo um ciclo de três reduções consecutivas. Mas como o resultado já era amplamente esperado, os mercados mal reagiram.

Após o fechamento das bolsas, foi a vez de o Comitê de Política Monetária do nosso BC - o Copom ou “Pompom”, para os jornalistas engraçadinhos - anunciar mais um corte na taxa Selic, que bem pode ser o derradeiro. Será?

O Vinícius Pinheiro traz os detalhes sobre a decisão do Copom e o seu comunicado emitido ao mercado. Já o Victor Aguiar conta, nesta matéria, sobre a decisão do Fed, o desempenho dos mercados nesta quarta-feira e as ações de duas empresas de educação que foram os destaques de alta neste dia de relativo marasmo na bolsa.

Apenas o começo

A XP Investimentos estreou hoje na Nasdaq em grande estilo: com preço de oferta acima da faixa indicativa e alta de quase 28% apenas no primeiro dia de negociação. Durante a cerimônia de abertura de capital da companhia em Nova York, seu presidente, Guilherme Benchimol, se enrolou na bandeira do Brasil e disse que aquele era só o início da jornada.

Pessoa física de fora

Os investidores pessoas físicas brasileiros, porém, tiveram dificuldade de participar do IPO da XP. Apenas alguns fundos de investimento foram alocados. Aqueles lançados pela Vitreo ficaram de fora, só podendo comprar os papéis da corretora após o início das negociações. A própria XP, aliás, lançou fundos para investir nos seus papéis, também no mercado secundário. Será que vale a pena investir? O Vinícius Pinheiro acompanhou a história e trouxe todos os detalhes nesta matéria.

Até que enfim, CVM!

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o “xerife” do mercado de capitais brasileiro, finalmente colocou em audiência pública uma proposta para flexibilizar as regras para a emissão de recibos de ações de empresas listadas em outras bolsas, conhecidos como BDRs. Antes tarde do que mais tarde. Se essa discussão já tivesse sido feita antes, e as regras propostas já estivessem em vigor, os investidores pessoas físicas talvez não tivessem tanta dificuldade de acessar as ações da XP. Entenda o porquê, nesta matéria do Vini.

Reforço no caixa

Dona de marcas como John John, Dudalina e Le Lis Blanc, a Restoque irá novamente à bolsa. A empresa, que vem passando por um 2019 complicado, anunciou que vai realizar uma nova oferta com a distribuição primária de 15 milhões de ações ordinárias. A oferta pode chegar a R$ 278,4 milhões e deve fortalecer o caixa da companhia. Leia mais na matéria da Jasmine Olga.

BMG compra BMG

Menos de dois meses atrás, o banco BMG realizou a sua grande estreia na bolsa. Mas, de lá pra cá, a vida dos acionistas não tem sido fácil. Com uma desvalorização de 24% desde o IPO, as ações são consideradas baratas por muita gente, inclusive o próprio BMG. A instituição financeira anunciou a abertura de um programa de recompra de até 11 milhões das ações disponíveis no mercado. Confira os detalhes na matéria da Jas lá no Seu Dinheiro.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

lista da forbes

Bilionário Joseph Safra desbanca Lemann em ranking dos mais ricos

Pódio dos bilionários brasileiros é completado por Eduardo Saveri, cofundador do Facebook, com fortuna estimada em R$ 68 bilhões; veja lista

Sinal vermelho

Bolsa fecha em queda e dólar sobe forte com deterioração nos mercados financeiros internacionais

Em sessão marcada por aversão generalizada ao risco, ‘quadruple witching’ em Wall Street aprofundou recuo do Ibovespa e impulsionou o dólar

é bra de casa

Bradesco fecha acordo com funcionários para regulamentar home office

O Bradesco fechou um acordo com seus funcionários para regulamentar o home office, algo que cresceu de forma obrigatória por conta da pandemia de covid-19, mas que valerá de forma permanente

sem apoio, sem emprego

United alerta para risco de corte de 16 mil empregos caso não tenha ajuda

Em carta endereçada ao secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, e a lideranças no Congresso americano, o CEO da United Airlines, Scott Kirby, alertou que a aérea poderá ter que cortar até 16 mil empregos caso o governo e o Legislativo não aprovem novo pacote de apoio financeiro ao setor

veja ao vivo!

Podcast Touros & Ursos: Onde investir após a ressaca de juros?

Overdose de decisões de política monetária movimentou a semana dos mercados. Onde pôr o dinheiro em um mundo de taxas reais negativas? Veja no nosso podcast ao vivo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu