Menu
2018-10-01T08:16:41-03:00
Luis Ottoni
Luis Ottoni
Jornalista formado pela Universidade Mackenzie e pós-graduando em negócios pela Fundação Getúlio Vargas. Atuou nas editorias de economia nos portais G1, da Rede Globo, e iG.
Ainda está alto

UE tem queda no desemprego mas taxa ainda é alta

Apesar da melhora, a taxa continua alta para padrões internacionais; Grécia e Espanha têm as maiores taxas de desemprego do bloco

1 de outubro de 2018
8:00 - atualizado às 8:16
União Europeia
Apesar da melhora, a taxa na União Europeia continua alta para padrões internacionaisImagem: shutterstock

A taxa de desemprego na União Europeia recuou de 8,2% em julho a 8,1% em agosto, segundo divulgou nesta segunda-feira, 1º, a agência oficial de estatísticas do bloco, Eurostat.

Segundo os dados, o número de desempregados caiu em 19 países da zona do euro, recuando 102 mil no mês. Com isso, apesar de uma desaceleração generalizada do crescimento econômico do bloco, houve geração de vagas.

Ainda alta

Apesar da melhora, a taxa continua alta para padrões internacionais. Nos Estados Unidos, por exemplo, a taxa foi de 3,9% no mesmo período.

As menores taxas

Segundo o relatório, a menor taxa de desemprego em agosto foi na República Checa (2.5%) seguida da Alemanha e Polônia (3.4%). Já as maiores foram na Grécia (19.1%) e Espanha (15.2%).

Veja todas as taxas:

  • República Checa: 2.5%
  • Alemanha: 3.4%
  • Polônia: 3.4%
  • Hungria: 3.7%
  • Malta: 3.8%
  • Países baixos: 3.9%
  • Reino Unido: 4%
  • Romênia: 4.3%
  • Áustria: 4.8%
  • Dinamarca: 4.9%
  • Bulgária: 5.2%
  • Luxemburgo: 5.2%
  • Estônia: 5.3%
  • Eslovênia: 5.3%
  • Irlanda: 5.6%
  • Lituânia: 6.2%
  • Suécia: 6.4%
  • Bélgica: 6.5%
  • Eslováquia: 6.6%
  • Portugal: 6.8%
  • Letónia: 7.4%
  • Chipre: 7.5%
  • Finlândia: 7.6%
  • Croácia: 8.5%
  • França: 9.3%
  • Itália: 9.7%
  • Espanha: 15.2%
  • Grécia: 19.1%

*Com Estadão Conteúdo

 

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

pandemia

Covid-19: Brasil passa das 210 mil mortes causadas pela pandemia

Nas últimas 24 horas, as autoridades de saúde registraram 452 óbitos pela covid-19

seu dinheiro na sua noite

Antes tarde do que mais tarde

Com o uso emergencial de duas vacinas contra o coronavírus aprovado no Brasil, ainda que com muito atraso em relação a outros países (incluindo emergentes), o brasileiro pode enfim vislumbrar a possibilidade de um retorno à vida normal. Está certo que ainda vai demorar, e provavelmente veremos o resto do mundo voltar à normalidade, enquanto […]

Fechamento

Vacina empolga, mas incertezas ainda são muitas e limitam os ganhos do Ibovespa; dólar fica estável

Embora o início da vacinação tenha criado um princípio de euforia, as incertezas ainda são muitas e nublam o cenário

atenção, acionista

Itaúsa anuncia o pagamento de juros sobre capital próprio adicionais

Base do pagamento é a posição acionária final do dia 22 de janeiro; provento tem retenção de 15% de imposto de renda na fonte, resultando em juros líquidos de R$ 0,01768 por ação

insatisfações com a estatal

Petrobras sai em defesa de sua política de preços

Estatal listou uma série de respostas para justificar eventuais aumentos concedidos ou que possam vir a ser feitos este ano, diante de preços de petróleo em franca recuperação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies