O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-04-28T17:01:34-03:00
Carolina Gama
FECHAMENTO DO DIA

Zuckerberg ajuda e S&P 500 encerra no azul; veja como as bolsas nos EUA se comportaram no pregão de hoje

Mercados europeus também terminaram o dia em campo positivo, embora os desenvolvimentos ligados à guerra e ao gás russo estivessem no radar dos investidores

28 de abril de 2022
17:01
Foto de um semáforo com a luz verde no cruzamento de Wall Street; imagem ilustra os mercados acionários e o comportamento da bolsa e do Ibovespa
Imagem: Shutterstock

Se ontem a Microsoft (MSFT34) deu uma forcinha para o S&P 500 fechar no azul, nesta quinta-feira (28) foi a vez da Meta (FBOK34). As ações da dona do Facebook disparam hoje, após resultados melhores do que o esperado, alimentando o apetite por ativos mais arriscados. 

Ao final das negociações de ontem em Nova York, a Meta divulgou resultados trimestrais mistos, já que a receita ficou abaixo das estimativas e as projeções da empresas foram mais brandas. 

Os resultados, porém, não foram tão ruins quanto muitos temiam, e a empresa de mídia social viu um retorno ao crescimento sequencial de usuários, ajudando as ações a subirem mais de 17%.

Os movimentos desta quinta-feira seguiram uma sessão volátil na quarta-feira (27), depois que o Nasdaq chegou a atingir seu nível mais baixo em 2022. 

As ações caíram neste mês em meio a preocupações com a desaceleração do crescimento global, a aceleração da inflação e o aperto monetário agressivo do Federal Reserve (Fed).

Confira a variação e a pontuação dos principais índices da bolsa dos EUA:

  • Dow Jones: + 1,85%, 33.917,18 pontos
  • S&P 500: +2,48%, 4.287,91 pontos
  • Nasdaq: +3,06%, 12.871,53 pontos

S&P 500 seguiu tendência na Europa

O S&P 500 seguiu a tendência positiva das bolsas europeias, que encerraram esta quinta-feira em alta, apoiadas em resultados trimestrais das empresas. 

Os investidores do velho continente também continuaram a monitorar os desenvolvimentos na Ucrânia e o próximo passo da Rússia em seu fornecimento de gás para a Europa.

  • Londres: +1,13%
  • Paris: +0,98%
  • Frankfurt: +1,35%

O pan-europeu Stoxx 600 fechou em alta de 0,4%, com as ações de automóveis, viagens e tecnologia liderando os ganhos. Os recursos básicos contrariaram a tendência de alta e caíram 1,6%.

Os mercados europeus enfrentaram uma negociação mista nesta semana, com os temores persistindo sobre a Ucrânia e o fornecimento de energia para a região após a decisão da Rússia de interromper os fluxos de gás para a Polônia e a Bulgária.

A Gazprom disse a ambos os países que estava interrompendo o fornecimento porque eles se recusaram a pagar o gás em rublos, como Moscou exigiu recentemente. 

A medida empurrou os preços do gás europeu para cima e o euro para baixo, com a moeda única caindo para um o menor patamar em cinco anos ante o dólar.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Lucro líquido da Itaúsa (ITSA4) salta para R$ 3,7 bilhões no primeiro trimestre; veja quando a holding pagará dividendos

Vale lembrar, que como é uma holding, a principal atividade (e fonte de receita) da Itaúsa é deter participações acionárias em outras companhias

Carreira

Alunos da USP têm prioridade no mercado de trabalho? Nem sempre os ‘selecionados’ da Fuvest vão ‘roubar’ seu emprego

A universidade faz tanta diferença na sua carreira? Nós respondemos essa pergunta sobre como a USP influencia sua empregabilidade

TRILHA DO UNICÓRNIO

Aplicativo de conta em dólar, Nomad recebe aporte de R$ 160 milhões e já é avaliado em mais R$ 1 bilhão

Nessa segundo rodada de captação, a Nomad, fintech de serviços financeiros em dólar, espera atingir 1 milhão de clientes até o fim do ano

FECHAMENTO DO CÂMBIO

Dólar recua 0,12% e vale R$ 5,05. Euro sobe e é negociado a R$ 5,27. Confira o que movimentou o câmbio nesta segunda-feira

A segunda-feira ficou marcada por dados que apontam para uma desaceleração na economia chinesa

FECHAMENTO DO DIA

Derrotado: S&P 500 perde a luta e fecha o dia na lona; veja o comportamento das bolsas lá fora

Os três principais índices de Wall Street vieram de uma semana difícil, já que as preocupações com a desaceleração econômica dos EUA, um Federal Reserve mais agressivo e a inflação mais alta afetaram a confiança dos investidores

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies