Menu
2018-11-20T21:53:59-02:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
CONJUNTURA ECONÔMICA

Petróleo fecha em forte queda e acentua percepção de risco

A queda do petróleo também é influenciada por uma percepção de que a economia global vai crescer menos, o que reduziria a demanda pelo óleo.

20 de novembro de 2018
19:53 - atualizado às 21:53

O barril de petróleo do tipo WTI, teve firme queda de 6,7%, para a linha dos US$ 53, menor cotação em um ano.  A cautela em geral dos investidores nos mercados internacionais, com fuga do risco, o dólar valorizado e as declarações americanas sobre a Arábia Saudita influíram para o movimento.

O pregão também foi influenciado pelas declarações de Donald Trump. Ele divulgou um comunicado no qual reafirma seu apoio ao governo saudita e diz que os países precisam trabalhar juntos para "manter os preços do petróleo em níveis razoáveis - tão importante para o mundo".

A queda do petróleo também é influenciada por uma percepção de que a economia global vai crescer menos, o que reduziria a demanda pelo óleo.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Mais uma na área

FDA autoriza uso emergencial de vacina de dose única nos EUA

Imunizante é produzido pela Johnson & Johnson

Contra a pandemia

Matéria-prima para produção de 12 milhões de doses de vacina chega ao Rio

Total de efetivamente imunizados não chega a 1% da população brasileira

Acordo confirmado

Notre Dame Intermédica e Hapvida chegam a acordo para combinação de negócios

Ações da Notre Dame serão incorporadas pela Hapvida; acordo resultará em uma das maiores empresas de saúde do mundo

Sem trégua

Brasil passa de 254 mil mortes por covid-19

Número de casos da doença supera a marca de 10,5 milhões

Estrada do futuro

Em breve, você ganhará dinheiro investindo em uma Mona Lisa

Recebíveis de tecnologia, obras de arte, criptomoedas… o mundo dos investimentos está mudando numa velocidade avassaladora. E pela primeira vez na história os investidores individuais estão fazendo parte dessa mudança

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies