Menu
2019-04-04T14:25:13-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Estatal em ascensão

Petrobras deve apresentar resultados fortes nesta 3ª feira; veja a previsão para este e outros 4 balanços do Ibovespa

Números da petroleira sobre o terceiro trimestre podem ser uma boa oportunidade para os investidores em bolsa

6 de novembro de 2018
6:02 - atualizado às 14:25
Petrobras
Alta no lucro líquido ajustado da empresa deve superar os 3.500%Imagem: Shutterstock

A Petrobras promete entrar no mercado como um rolo compressor nesta terça-feira, 6. Depois de um terceiro período de 2017 fortemente impactado por provisões sobre questões judiciais, o balanço da estatal deve vir forte no 3º trimestre deste ano. Para você, investidor em bolsa, esses resultados podem ser uma boa oportunidade de compra da ação da petroleira, que inclusive é a mais recomendada pelo mercado para o mês de novembro.

A expectativa dos analistas consultados pela Bloomberg é de um lucro líquido ajustado de R$ 9,63 bilhões. Se confirmado, será um crescimento estratosféricos, de mais de 3.500%, em relação aos R$ 266 milhões do 3º trimestre do ano passado.

Outro destaque deve vir das receitas. O mercado espera uma alta de 30% na comparação anual, passando de R$ 71,8 bilhões no terceiro período de 2017 para R$ 93,3 bilhões neste ano.

Já a geração de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado deve subir 69,5%, de R$ 19,223 bilhões para R$ 32,596 bilhões.

Preço do petróleo e dólar jogam a favor

O mercado aponta dois fatores para o bom desempenho da Petrobras no trimestre: a alta do preço do petróleo e a queda do real frente ao dólar. A equipe do Itaú BBA, consultada pelo Broadcast/Estadão, detalha que o barril do Brent passou de US$ 74,5 para US$ 75,9 entre o 2º trimestre de 2017 e o 3º trimestre deste ano - crescimento de 2%. Já o câmbio perdeu 9% no mesmo período. Segundo o banco, junto com esse cenário positivo, a Petrobras também deve elevar seu market share depois da queda de importações de terceiros.

No banco Santander, os analistas projetam um crescimento de ganhos, mas diz que a mudança na política de ajuste de preço da estatal para a gasolina, adotada em setembro, é um fator que pesa contra.

Já a Guide Investimentos estrutura sua análise na mesma linha do Itaú BBA ao afirmar que o mercado está mais positivo para a Petrobras. A gestora afirma que os fatores petróleo e câmbio devem contribuir para a diluição dos custos da empresa.

Veja as principais estimativas:

Mais balanços

Além da Petrobras, mais quatro empresas listadas do Ibovespa divulgam seus números do 3º trimestre hoje, todas elas após o fechamento dos mercados. TIM, MRV, Iguatemi e Taesa devem trazer resultados mistos, com destaque para a alta no lucro líquido e na geração de caixa da TIM. Confira as estimativas:

TIM

Projeção para o 3º trimestre/2018

Lucro Líquido ajustado: R$ 448,000 milhões
Ebitda: R$ 1,633 bilhão
Receita: R$ 4,274 bilhões

No 3º trimestre de 2017

Lucro Líquido ajustado: R$ 279,093 milhões
Ebitda: R$ 1,527 bilhão
Receita: R$ 4,083 bilhões

MRV

Projeção para o 3º trimestre/2018

Lucro Líquido ajustado: R$ 177,500 milhões
Ebitda: R$ 254,000 milhões
Receita: R$ 1,322 bilhão

No 3º trimestre de 2017

Lucro Líquido ajustado: R$ 202,006 milhões
Ebitda: R$ 273,000 milhões
Receita: R$ 1,245 bilhão

Iguatemi

Projeção para o 3º trimestre/2018

Lucro Líquido ajustado: R$ 66,020 milhões
Ebitda: R$ 135,571 milhões
Receita: R$ 177,600 milhões

No 3º trimestre de 2017

Lucro Líquido ajustado: R$ 52,416 milhões
Ebitda: R$ 133,842 milhões
Receita: R$ 169,690 milhões

Taesa

Projeção para o 3º trimestre/2018

Lucro Líquido ajustado: R$ 217,250 milhões
Ebitda: R$ 296,200 milhões
Receita: R$ 357,500 milhões

No 3º trimestre de 2017

Lucro Líquido ajustado: R$ 248,428 milhões
Ebitda: R$ 362,568 milhões
Receita: R$ 417,020 milhões

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Agenda BC#

BC estende regras para débito automático a contas de pagamento pré-pagas

A diretoria do Banco Central decidiu estender para as contas de pagamento pré-pagas (aquelas cujos recursos devem ser depositados previamente) as regras sobre autorização e cancelamento de débitos em conta que já estavam previstas para contas de depósitos e para contas-salário

Aprovação concedida

Tim e Vivo recebem aprovação da Anatel e do Cade para compartilhamento de rede

Serão compartilhadas infraestrutura de redes móveis para as tecnologias 2G, 3G e 4G

Empresa diz que não comenta

MPT-RS pede interdição de planta da JBS no Estado por surto de coronavírus

A JBS respondeu, sobre a ação civil pública movida nesta quarta, que não comenta processos judiciais em andamento

seu dinheiro na sua noite

Despiorou

Acabou a crise? Nesta quarta-feira, os mercados mantiveram o otimismo dos últimos dias. As bolsas subiram aqui e lá fora, ao mesmo tempo em que o dólar assistiu a mais um dia de alívio, chegando perto dos R$ 5 novamente. Está até difícil entender de onde sai tanto apetite por risco, dado que a pandemia […]

ANÁLISE

Quarentena de pijama? Não, no mundo cripto tem muita coisa rolando

Nas próximas linhas, Helena Margarido vai mostrar a você um mercado que caminha na contramão de todo establishment e permanece com alta demanda em meio à crise atual: a revolução está somente começando.

Ninguém segura

A corrida dos touros: Ibovespa sobe pelo quarto dia e volta aos 93 mil pontos; dólar cai a R$ 5,09

O Ibovespa teve mais um dia de ganhos e chegou ao maior nível desde 6 de março, sustentado pelo otimismo global. O dólar à vista caiu forte, chegando a R$ 5,01 na mínima da sessão

tombo histórico

Abinee reporta queda de 30,3% na produção do setor eletroeletrônico em abril

Essa foi a maior queda verificada na série histórica iniciada no início de 2002, segundo o presidente da entidade, Humberto Barbato

Empresários de comércio e serviços

76% de 400 micro e pequenos empresários esperam queda de faturamento

A pesquisa ouviu empresários dos setores de comércio e serviços. Parcela de 26% dos entrevistados espera recuo de 31% a 50%, enquanto 22% têm expectativa de queda até 30%

Compartilhamento de serviços

Cade nega recurso da Claro e mantém aprovação de operação entre Tim e Telefônica

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) negou recurso apresentado pela Claro contra o aval do órgão a operação de compartilhamento de redes entre a TIM e a Telefônica Brasil

Ajuda financeira

Maia diz ter informação que socorro a Estados e municípios será pago até dia 9

Presidente da Câmara, Rodrigo Maia afirmou que a primeira parcela do socorro a Estados e municípios deve ser entregue aos entes até a próxima terça-feira, 9

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements