Menu
2019-04-04T14:41:25-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Incentivos do governo

Rota 2030, que muda o regime de impostos das montadoras, é aprovado na Câmara

No projeto, empresas deverão garantir investimentos em pesquisa e desenvolvimento de produtos e tecnologias

7 de novembro de 2018
19:37 - atualizado às 14:41
Câmara dos Deputados
Câmara dos Deputados - Imagem: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira, 7, a medida provisória que cria o Rota 2030. Trata-se de um novo regime tributário para as montadoras de veículos no Brasil e que tem como contrapartida a garantia pelas fabricantes de automóveis de investimentos em pesquisa e desenvolvimento de produtos e tecnologias.

O texto aprovado é o projeto de lei de conversão de autoria do deputado Alfredo Kaefer (PP-PR).

Um dos pontos que segurou a votação no plenário foi o polêmico aumento de subsídios para montadoras do Centro-Oeste. O texto era considerado valioso para o setor e foi aprovado no fim de outubro, na comissão mista criada para avaliar a MP, depois de longas negociações que envolveram inclusive um atrito entre as montadoras Ford e Fiat, com fábricas na Bahia e Pernambuco, respectivamente.

Agora que passou pela Câmara, a matéria precisa ainda ir ao Senado e, depois, para sanção presidencial. Tudo isso precisa ocorrer até o dia 16 de novembro, prazo limite até que a MP caduque.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Atividade em queda

Indicador da FGV mostra contração da economia em março com agravamento da pandemia

A queda nas expectativas dos consumidores foi um dos destaques negativos entre os componentes do indicador

Benefício com garantia

Paulo Guedes reeditará BEm somente após a aprovação do Orçamento ou da PEC “fura-teto”

“O ministro disse ‘ou um, ou outro, o que sair primeiro a gente faz o BEm'”, afirmou Paulo Solmucci, presidente da Abrasel

PPI

Decreto de Bolsonaro inclui Correios no Programa Nacional de Desestatização

A privatização dos Correios ainda depende da aprovação de um projeto de lei de autoria do Executivo que permite à iniciativa privada prestar serviços

Exile on Wall Street

Bitcoins, IPOs, reestruturações e M&As: coisas para comprar ainda nesta semana

De onde você menos espera é que não vem nada mesmo. É notável a regularidade da incompetência. Ela não surpreende. Está sempre por aí.  Lembro com frequência da famosa frase, já meio clichê, você tem razão, do Kennedy: não pergunte o que seu país pode fazer por você. Pergunte o que você pode fazer por […]

decolagem interrompida

Apertem os cintos: recuperação da Gol será mais turbulenta que o esperado

Companhia reduz projeções para receita no primeiro trimestre, dizendo que retomada dependerá de ritmo da vacinação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies