Menu
2018-11-08T18:19:17-02:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Banco Central

Um erro básico de diplomacia no (não) convite a Ilan Goldfajn

Você não fala que está “namorando” alguém antes de saber se aquela pessoa “te namora”

8 de novembro de 2018
18:19
Ilan-GoldfajnBCB – RTI SET2018
Imagem: Luciano Freire/BCB

Todo esse ruído em torno na permanência ou não de Ilan Goldfajn na presidência do Banco Central (BC) decorre de um erro básico da equipe do novo governo, notadamente do futuro ministro Paulo Guedes.

Faz parte da etiqueta diplomática não falar aos quatro cantos que está se convidando alguém para um cargo de tamanha relevância ANTES de saber a resposta dessa pessoa.

Sabendo do “sim” ou do “não”, fica mais fácil trabalhar a eventual transição e, principalmente, comunicar isso de forma menos traumática. De fato, os ruídos sobre a permanência de Ilan começaram antes mesmo de qualquer convite formal ou informal, sempre com reflexos no preço da bolsa, do câmbio e dos juros.

Agora, por qualquer motivo que seja, se Ilan disser que prefere sair, a versão que vai prevalecer é de que um profissional respeitado dentro e fora do mercado disse “não” ao novo governo.

Segundo a “Agência Estado”, a permanência de Ilan dependeria mais dele do que do time de Bolsonaro. Já o portal “G1”, que encontrou com Ilan no aeroporto de Brasília, nos diz que o presidente falou “tem que perguntar a eles”, quando questionado sobre o tema.

Já que houve falha na largada do processo seria de bom tom encerrar essa questão de uma vez e de forma coordenada. Que se anuncie a permanência ou substituição o quanto antes. O mercado, como sempre, "coloca no preço" a permanência ou o novo nome e segue o jogo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

O melhor do Seu Dinheiro

A Pedra Filosofal do mercado financeiro e mais destaques da noite

O minério de ferro converteu-se na pedra filosofal dos mercados: tudo o que toca, vira ouro — como as ações da Vale e das siderúrgicas

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Mercado Financeiro e a Pedra Filosofal

De certa maneira, o mercado financeiro está cheio de alquimistas: tentam transformar dinheiro em mais dinheiro. Ações, câmbio, títulos de renda fixa, fundos imobiliários — no fim, o objetivo dos investidores é multiplicar o patrimônio. O problema é que não há fórmula mágica. Nem sempre as poções funcionam; na verdade, é relativamente comum que o […]

FECHAMENTO

Commodities dão força extra e bolsa fecha o dia em alta firme enquanto NY fica no vermelho

Com o exterior negativo, restou ao setor de commodities e energia salvar o Ibovespa da cautela. O dólar à vista aproveitou e teve um dia de leve queda

Oferta de ações

Softbank deve participar do IPO da Dotz, dizem fontes

Mesmo com a participação do fundo japonês e da presença de dois investidores-âncora, a demanda pelas ações da Dotz no IPO ainda está apertada, segundo fontes

Alta nos preços chama atenção

Governo Biden ‘leva possibilidade de inflação muito a sério’, diz Casa Branca

A porta-voz do governo reforçou, no entanto, que a maioria dos analistas econômicos avalia que haverá um avanço temporário dos preços no país

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies