Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2018-11-08T18:19:17-02:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Banco Central

Um erro básico de diplomacia no (não) convite a Ilan Goldfajn

Você não fala que está “namorando” alguém antes de saber se aquela pessoa “te namora”

8 de novembro de 2018
18:19
Ilan-GoldfajnBCB – RTI SET2018
Imagem: Luciano Freire/BCB

Todo esse ruído em torno na permanência ou não de Ilan Goldfajn na presidência do Banco Central (BC) decorre de um erro básico da equipe do novo governo, notadamente do futuro ministro Paulo Guedes.

Faz parte da etiqueta diplomática não falar aos quatro cantos que está se convidando alguém para um cargo de tamanha relevância ANTES de saber a resposta dessa pessoa.

Sabendo do “sim” ou do “não”, fica mais fácil trabalhar a eventual transição e, principalmente, comunicar isso de forma menos traumática. De fato, os ruídos sobre a permanência de Ilan começaram antes mesmo de qualquer convite formal ou informal, sempre com reflexos no preço da bolsa, do câmbio e dos juros.

Agora, por qualquer motivo que seja, se Ilan disser que prefere sair, a versão que vai prevalecer é de que um profissional respeitado dentro e fora do mercado disse “não” ao novo governo.

Segundo a “Agência Estado”, a permanência de Ilan dependeria mais dele do que do time de Bolsonaro. Já o portal “G1”, que encontrou com Ilan no aeroporto de Brasília, nos diz que o presidente falou “tem que perguntar a eles”, quando questionado sobre o tema.

Já que houve falha na largada do processo seria de bom tom encerrar essa questão de uma vez e de forma coordenada. Que se anuncie a permanência ou substituição o quanto antes. O mercado, como sempre, "coloca no preço" a permanência ou o novo nome e segue o jogo.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

O FISCAL ENLOUQUECEU

Com furo no teto, XP e BTG já esperam que a Selic suba 1,5 ponto percentual na próxima semana

A corretora também reviu suas projeções para o câmbio, inflação e PIB deste e do próximo ano

E-commerce de pneus

Cantu Store não se assusta com a farra fiscal e registra pedido de IPO na CVM

A companhia paranaense conta com 26 filiais em 17 unidades federativas e quatro centros de distribuição, além de duas marcas próprias

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Guedes diz que fica, o puxadinho do teto de gastos e outros destaques do dia

Pelo menos um dos temores do mercado teve um desfecho nesta sexta-feira (22) — Paulo Guedes segue sendo o ministro da Economia, e o país não vai passar o fim de semana na incerteza. Após as baixas recentes na equipe econômica, mas o capitão do navio continua firme. Diante de tantas incertezas e a confirmação […]

SUPEROU AS EXPECTATIVAS

Hypera (HYPE3) inicia temporada de balanços com alta de 50% na receita líquida — veja os destaques da farmacêutica no terceiro trimestre

Apoiadas pelo portfólio cada vez maior de medicamentos e pelas vendas aquecidas, outras linhas do balanço também deixaram para trás as projeções

FECHAMENTO DA SEMANA

‘Fico’ de Guedes não apaga mau humor do mercado com furo no teto de gastos e Ibovespa despenca na semana; dólar volta a R$ 5,70

O principal índice da bolsa brasileira fechou o dia em queda de 1,34%, aos 106.296 pontos — longe das mínimas, mas no menor nível desde novembro de 2020. Na semana, a queda foi feia, e o Ibovespa recuou mais de 7%.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies