Menu
2018-11-30T15:25:53-02:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Mercados

Fundos estrangeiros ampliam posição em Brasil no fim de novembro

Dados da EPFR Global mostram maior ingresso em 18 meses dentro da categoria Global Emerging Markets (GEM)

30 de novembro de 2018
15:25
investimento brasil
Imagem: Shutterstock

A consultoria EFPR Global faz um acompanhamento semanal da movimentação de recursos em fundos de ações emergentes, desenvolvidos e de dívida. Seu boletim mais recente, referente à semana encerrada dia 28 de novembro, aponta que a alocação em Brasil dentro dos fundos Global Emerging Markets (GEM) atingiu o maior patamar em 18 meses.

Ainda de acordo com a EPFR, que acompanha mais de 100 mil fundos ao redor do mundo, com cerca de US$ 34 trilhões em ativos, o Brasil e o México foram o destaque na semana dentro da categoria Fundos de Ações da Americana Latina.

“Os investidores acreditam que o presidente eleito, Jair Bolsonaro, levará adiante ao menos algumas de suas promessas de reduzir a burocracia e racionalizar o gasto público”, diz a EPFR em relatório.

Há duas semanas publicamos um estudo do BTG Pactual, estimando que apenas 0,37% do dinheiro dos fundos globais (GEM) estava alocado em Brasil e que se essa exposição e a de fundos emergentes voltasse ao patamar de 2014, cerca de US$ 68 bilhões poderiam irrigar o mercado local.

No caso do México, os ingressos aconteceram mesmo com o presidente eleito, Andrés Manuel López Obrador (AMLO), tomando medidas contrárias às acenadas durante à campanha, como cancelar o projeto de ampliação do Aeroporto da Cidade do México e convidar o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, para sua posse.

Ainda entre os emergentes, a categoria Emerging Markets Equity Funds teve mais uma semana de aportes, apesar das dúvidas sobre o ritmo de crescimento da economia chinesa e mundial. Mas os fundos voltados exclusivamente a China perderam dinheiro.

No computo geral da semana, todos os fundos de ações acompanhados registraram saques de US$ 1,07 bilhão. Os fundos de dívida perderam US$ 9 bilhões e os “Money Market Funds”, de curto prazo e baixo risco, mostram retiradas de US$ 8,9 bilhões.

Entre os mercados desenvolvidos (EUA, Europa e Japão), a categoria Developed Markets Equity Funds seguiu perdendo dinheiro, mesmo depois de o presidente do Federal Reserve (Fed), banco central americano, Jerome Powell, fazer um discurso interpretado como menos conservados ou “hawk” com relação à taxa de juros americana.

Especificamente para os fundos dos EUA, a EPFR captou entrada de dinheiro, mas os fundos voltados para investidores de varejo completaram a 41ª semana com retirada de recursos.

O relatório não trouxe os números abertos das movimentações para os fundos acompanhados, mas o gráfico abaixo, da EPFR, apresenta o fluxo acumulado no ano para as grandes categorias globais de fundos em milhões de dólares.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Baixe aqui

Programa para preencher a declaração de IR 2020 já está disponível para download; saiba como baixar

Programa Gerador da Declaração já está disponível no site da Receita. Também é possível declarar o imposto de renda por app ou on-line, via certificado digital.

discordância em minas gerais

Partido Novo critica governador de MG por reajuste a bombeiros e PMs

Aumento salarial de várias categorias deverá ter impacto de mais de R$ 20 bilhões para os cofres do governo mineiro

em relatório

Impacto do coronavírus em receita de aéreas na Ásia pode ser de US$ 28 bilhões, diz associação

Para empresas fora da região, a entidade estima um impacto nas receitas de aproximadamente US$ 1,5 bilhão

na expectativa

Correios caminham para a privatização, diz Bolsonaro

Presidente também citou trocas de ministros que ocorreram nos primeiros 14 meses de governo, mas disse que todas as mudanças serviram para um “aperfeiçoamento”

ministro está otimista

‘Não precisamos temer a turbulência internacional’, diz Guedes

Ministro também disse que “é absolutamente natural que o juro de equilíbrio desça e que o câmbio de equilíbrio suba um pouco”

Negócio bilionário

Morgan Stanley compra corretora digital por US$ 13 bilhões

Acordo é uma troca de ações, no qual os acionistas da E-TRADE receberão do banco US$ 58,74 por cada papel da corretora que possuírem

no rio de janeiro

Petrobras: Justiça manda delatores pagarem R$ 1 milhão por ‘frustração’ de funcionários

Ex-gerente de serviços da Petrobras Pedro Barusco e o ex-diretor de abastecimento da petrolífera Paulo Roberto Costa vão ter de desembolsar R$ 500 mil cada

mudança no calendário

Governo adia envio da reforma administrativa ao Congresso

Proposta, que tem sido chamada de “reforma do RH do serviço público”, prevê uma série de mudanças nas carreiras e na forma de contratação dos novos servidores

Relação estremecida

Ataque de Heleno agrava tensão com Congresso

Ministro Augusto Heleno Ribeiro acusou o Congresso de “chantagear” o governo “o tempo todo”; crise política pode dificultar a votação de projetos de interesse do Palácio do Planalto

Saiba o que mudou

Receita divulga as regras do Imposto de Renda 2020; saiba quem precisa declarar e o que mudou neste ano

Prazo de entrega da declaração de IR 2020 vai de 2 de março a 30 de abril. Veja o que mudou nas regras desta ano e saiba como baixar o programa para preencher a declaração.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements