Menu
2018-12-03T21:15:40-02:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Câmbio

Banco Central faz nova oferta de dólar no mercado à vista

Leilão de linha com compromisso de recompra será de até US$ 1 bilhão com vencimento em fevereiro e março

3 de dezembro de 2018
21:15
Barquinhos de dólar
Imagem: Shutterstock

O Banco Central (BC) anunciou nova atuação no mercado à vista de câmbio para o pregão desta terça-feira. A oferta será de até US$ 1 bilhão em dois leilões, com vencimentos em fevereiro e março de 2019, entre 12h15 e 12h35, desta terça-feira.

Essa será a quarta atuação nessa modalidade que funciona como um empréstimo dos dólares das reservas internacionais com posterior retorno ao BC.

O primeiro leilão do tipo aconteceu na terça-feira da semana passada, depois que o dólar tinha disparado 2,6%, indo acima de R$ 3,90. A oferta foi de até US$ 2 bilhões. Na quarta-feira, o BC ofertou mais US$ 1 bilhão e na quinta-feira, promoveu leilão de rolagem de US$ 1,25 bilhão em linhas ofertadas em agosto que venceriam amanhã, dia 4 de dezembro.

Esse tipo de operação é usual nesta época do ano, pois as empresas que estão fechando balanços demandam mais dólares para remeter para suas matrizes. "O leilão de linha é para prover liquidez ao mercado de câmbio, como é normal nesta época do ano", disse o BC, por meio de sua assessoria, quanto retomou os leilões na semana passada.

Além dos leilões de linha, o BC vem fazendo a rolagem integral dos swaps cambiais, que equivalem à venda de dólares no mercado futuro, que vão vencer em janeiro. O estoque de contratos vincendos é de US$ 10,4 bilhões.

Nesta segunda-feira, o dólar comercial encerrou o dia negociado a R$ 3,8411, queda de 0,46%.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

LUTO EM SP

Prefeito de São Paulo, Bruno Covas, morre aos 41 anos

Político lutava contra um câncer que se espalhou rapidamente; a metástase atingiu diversos órgãos

Direto na conta

Caixa começa a pagar hoje segunda parcela do auxílio emergencial

Nascidos em janeiro receberão nas contas poupança digitais

ESTRADA DO FUTURO

As ações de tecnologia estão caras ou baratas? Saiba como os analistas fazem as contas

Com o tempo, a análise dessas empresas migrou da abordagem de tradicional para um modelo de probabilidades e grandes números

Pandemia

Número de óbitos por covid-19 passa de 434 mil; casos passam de 15,5 milhões

Mais de 2 mil mortes e 67 mil novos casos foram registrados nas últimas 24 horas

Polui menos

Petrobras bate recorde de vendas de diesel S-10

Impacto ambiental do derivado é menor

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies