Menu
2018-11-05T20:31:02-02:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
A queridinha do mercado

Magazine Luiza volta a surpreender com balanço forte e lucro acima do esperado

Lucro da varejista no 3º trimestre de 2018 registrou alta de 29,3% na comparação com o mesmo período do ano anterior

5 de novembro de 2018
20:06 - atualizado às 20:31

Não é à toa que a Magazine Luiza é considerada por muitos a queridinha do mercado. A companhia de varejo registrou um lucro líquido de R$ 119,6 milhões no 3º trimestre de 2018, uma alta de 29,3% na comparação com o mesmo trimestre do ano anterior. O resultado surpreendeu (mais uma vez) e ficou acima das projeções de analistas consultados pela Bloomberg, que esperavam um lucro líquido de R$ 115,3 milhões.

Ainda segundo o balanço publicado nesta terça-feira, 5, no acumulado dos primeiros nove meses deste ano, a Magalu tem lucro de R$ 407,8 milhões, alta de 82,5% na comparação anual.

Como já é praxe, a geração de caixa da empresa, medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) também ficou acima das projeções. Com um aumento de 11,4% ante igual período de 2017, o Ebitda encerrou o trimestre R$ 278,9 milhões - os analistas de mercado esperavam R$ 271 milhões. Já a margem Ebitda fechou em 7,6%, 1,2 ponto porcentual a menos do que no mesmo trimestre do ano passado. Em nove meses, o Ebitda chega a R$ 891,8 milhões, alta de 24,2%.

A receita líquida do Magazine Luiza atingiu R$ 3,670 bilhões, uma expansão de 28,5% ante igual período de 2017. Na média, a Bloomberg projetava receita de R$ 3,574 bilhões. Em nove meses, a empresa soma entradas de R$ 10,979 milhões, crescimento de 31,3%.

De forma geral, o balanço da empresa veio sólido e acima das expectativas, o que pode trazer novo impulso para as ações da empresa na bolsa. Vale lembrar que nesta segunda-feira, os papéis ordinários da Magazine Luiza no Ibovespa já fecharam em alta de 1,78%.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Interrompendo o casamento

Movida reforça pedido do Cade para barrar união entre Unidas e Localiza

De acordo com a companhia, isso geraria uma concorrência desleal no setor, com a nova empresa tendo 65% do mercado brasileiro de aluguel e 29% do mercado de frotas

vai mexer

Após polêmica com demissão de Castello Branco, governo indica nomes para o conselho da Petrobras

Cinco membros do colegiado pediram para não serem reconduzidos após interferência de Bolsonaro no comando da estatal

MERCADOS HOJE

Ibovespa opera em queda firme com piora da pandemia no país; dólar vai a R$ 5,72

Os mercados internacionais têm mais um dia de cautela, acompanhando uma nova alta do retorno dos títulos públicos americanos. No Brasil, o cenário da pandemia preocupa

Exile on Wall Street

Sem flores por hoje

Interrompemos nossa programação para uma verdade necessária: temos pouco a comemorar neste Dia Internacional da Mulher. Confesso que nunca aceitei bem a ideia de homenagem embutida nesta data. Sinto que temos tanto a conquistar e estamos tão atrasadas nessa agenda que, para mim, o 8 de março é menos sobre flores e mais sobre dar […]

ouça de graça

Tela Azul #22: A vida difícil dos PJs, Startups e o Venture Capital no Brasil

Na edição desta semana do Tela Azul, recebemos o Rodrigo Tognini, CEO do Conta Simples, uma startup brasileira que une serviços bancários para PJ, com ferramentas que facilitam a gestão financeiras das empresas.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies