Menu
2019-04-20T17:25:39-03:00
Luis Ottoni
Luis Ottoni
Jornalista formado pela Universidade Mackenzie e pós-graduando em negócios pela Fundação Getúlio Vargas. Atuou nas editorias de economia nos portais G1, da Rede Globo, e iG.
Sangue Frio

Essa é a profissão dos investidores que não têm medo de arriscar no Brasil

Estudo analisou as atitudes de 20 mil investidores diante de situações de risco levando em conta suas profissões

19 de setembro de 2018
11:17 - atualizado às 17:25
Homem com caixa na cabeça mostra confusão
Imagem: Shutterstock

Ser investidor no Brasil é arriscado, principalmente com a onda de instabilidade política e econômica que o país atravessa no momento. Um estudo mostra que os pilotos de aeronaves são os que mais têm sangue-frio para lidar com essas oscilações. O levantamento foi realizado pela corretora Socopa e divulgado pelo "Estado de S. Paulo" nesta terça-feira (19).

Sem medo

A empresa analisou a reação de 20 mil investidores diante de situações de riscos no mercado e descobriu que os pilotos são os que mais mantêm a estratégia inicial de investimento, independente de eventuais mudanças no cenário econômico. Ainda segundo o estudo, as ações representam em média 62,5% da carteira desses profissionais.

Por outro lado

O estudo indica que os profissionais de letras e artes são os mais sensíveis a perdas e, portanto, os que têm perfil mais conservador de investimento. Professores, escritores e artistas entram nessa lista. Em média, a carteira deles é composta apenas por 4,7% de ações. Por isso, eles tendem a alocar mais recursos em papéis de renda fixa, como títulos do Tesouro.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

seu dinheiro na sua noite

IPO da Smart Fit: vai sair da jaula o monstro!

Eu nunca fui muito de academia, confesso. Já tive meus tempos de malhar regularmente, mas nunca consegui tomar gosto pela coisa. Exercícios repetitivos não me cativam, meu negócio sempre foi dançar, de preferência em turma, com professor e horário, se não eu falto. Como você deve imaginar, entre meus colegas jornalistas não é muito diferente. […]

atenção, acionista

Vale eleva valor de dividendo a ser em pago em 30 de junho para R$ 2,189 por ação

No dia 17 de junho, a empresa tinha informado o pagamento de R$ 2,177 de dividendo por ação; demais condições da distribuição não serão alteradas

de olho na inovação

Moeda digital é nova forma de representação da moeda já emitida, diz Campos Neto

Segundo ele, ela não se confunde com os criptoativos, como o bitcoin, que não têm característica de moeda, mas sim de ativos

em audiência

Yellen diz esperar apoio do G-20 para proposta de imposto corporativo global

Grupo das 20 maiores economias do mundo se reúne em julho e deve debater o assunto

retomada

PIB da Argentina sobe 2,6% no 1º trimestre

Na comparação com igual período do ano passado, o avanço foi de 2,5%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies