2019-04-04T14:08:42-03:00
Meta Trump

Aumento de gasto dos consumidores nos EUA desacelera queda do PIB no 3º trimestre

Produto Interno Bruto norte-americano cresceu à taxa anualizada de 3,5% no terceiro trimestre

26 de outubro de 2018
10:37 - atualizado às 14:08
Departamento de comércio dos EUA - Imagem: shutterstock

O Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos cresceu à taxa anualizada de 3,5% no terceiro trimestre em relação aos três meses imediatamente anteriores, de acordo com a primeira estimativa do indicador, publicada nesta sexta-feira pelo Departamento do Comércio.

O número demonstra uma desaceleração quando comparada com a taxa de 4,2% no trimestre anterior, que foi impactada pelo avanço nos gastos dos consumidores. Em comparação com o ano passado, a economia cresceu 3%, o melhor desempenho desde o segundo trimestre de 2015. Com isso, o resultado se manteve forte para atingir a meta do governo de Donald Trump de 3% neste ano.

O resultado veio dentro do intervalo das estimativas de 45 instituições financeiras consultadas pelo Broadcast, do "Estadão", que previam crescimento entre 2,8% e 4,2%, e acima da mediana das projeções, que apontava para expansão de 3,4% entre julho e setembro em base anualizada na comparação com o segundo trimestre.

Mudança de hábitos

Os gastos do consumidor, que representam mais de dois terços de todo o PIB americano, subiram a uma taxa anualizada de 4,0% no terceiro trimestre em relação ao período entre abril e junho, o nível de crescimento mais forte em quase quatro anos. A baixa taxa de desemprego, o crescimento dos salários e os cortes nos impostos aprovados no fim de 2017 são apontados como fatores que levaram os americanos a gastarem mais.

*Com Estadão Conteúdo 

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

RAIO-X DO ORÇAMENTO

Fundo eleitoral, emendas do relator e reajuste dos servidores: 3 pontos do Orçamento para 2022 que mexem com a bolsa esta semana

Entre emendas parlamentares superavitárias e reajuste dos policiais federais, o Orçamento deve ser publicado no Diário Oficial na segunda-feira (24)

PEC DOS COMBUSTÍVEIS

Tesouro pode perder até R$ 240 bilhões com PEC dos Combustíveis e inflação pode ir para 1% — mas gasolina ficará só R$ 0,20 mais barata; confira análise

Se todos os estados aderirem à desoneração, a perda seria de cifras bilionárias aos cofres públicos, de acordo com a XP Investimentos

Seu Dinheiro no Sábado

E a bolsa ainda pulsa: os grandões do Ibovespa brilham e puxam o índice — mas e as demais empresas?

Além do ciclo aquecido das commodities e da entrada de recursos estrangeiros, também vale lembrar o desconto nos ativos domésticos

BITCOIN (BTC) HOJE

Bitcoin (BTC) aprofunda queda da semana e é negociado aos US$ 35 mil hoje pela primeira vez em seis meses; criptomoeda já caiu 17% em sete dias

Especialista dá dicas de como sobreviver ao momento de “sangria” do mercado de criptomoedas — e o que não fazer no desespero

Dê o play!

A bolsa ainda pulsa, mas será um último suspiro? O podcast Touros e Ursos discute o cenário para o Ibovespa

No programa desta semana, a equipe do Seu Dinheiro discute o cenário para o Ibovespa e os motivos que fazem a bolsa brasileira subir