Menu
2019-04-04T14:41:44-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Última semana de balanços

Com previsão de resultados mais fracos, Eletrobras é destaque entre os balanços da semana; Braskem também está no radar

As projeções de analistas consultados pela Bloomberg projetam um lucro de R$ 17 milhões para a estatal no 3º trimestre

12 de novembro de 2018
6:02 - atualizado às 14:41
energia
Lucro da Eletrobras deve vir muito menor do que no 2º trimestre - Imagem: Shutterstock

Na última semana da temporada de balanços do 3º trimestre, o papel de protagonista será do resultado da Eletrobras. Em meio a um conturbado processo de privatização e de venda de distribuidoras no Congresso, a companhia deve ver seu lucro líquido trimestral despencar. O balanço está previsto para ser divulgado nesta segunda-feira, 12, depois do fechamento dos mercados.

As projeções de analistas consultados pela Bloomberg mostram um lucro de R$ 17 milhões no 3º período do ano. O número é ínfimo se comparado com os R$ 2,7 bilhões de lucro registrados no 2º trimestre e os R$ 449 milhões no 3º trimestre do ano passado.

Outros indicadores do balanço, no entanto, devem mostram um panorama menos negativo para a estatal. A receita líquida da empresa, prevista para alcançar R$ 7,4 bilhões, deve vir um pouco menor do que mesmo período do ano passado (R$ 7,5 bilhões).

Esse mesmo cenário é desenhado pelo mercado para a geração de caixa da Eletrobras, medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, depreciação e amortização). Com projeção de R$ 1,3 bilhão no trimestre, o Ebitda deve recuar 5% na comparação ano a ano.

Veja as principais estimativas:

Braskem também pode fazer preço

Outro balanço que tem potencial para movimentar a bolsa nesta semana é o da Braskem. Mesmo com um resultado mais fraco do que o 3º trimestre de 2017, a empresa tem tudo para vir melhor do que no segundo período deste ano. Um dos destaques será a recuperação da geração de caixa, que no 2º trimestre ficou em R$ 3,1 milhões e agora deve fechar setembro em R$ 2,4 bilhões. A Braskem divulga seus números nesta segunda-feira, 12, após o fechamento do pregão.

Confira as projeções:

Projeção para o 3º trimestre/2018

Lucro Líquido ajustado: R$ 736,500 milhões
Ebitda: R$ 2,475 bilhões
Receita: R$ 15,717 bilhões

No 3º trimestre de 2017

Lucro Líquido ajustado: R$ 799 milhões
Ebitda: R$ 2,746 bilhões
Receita: R$ 12,162 bilhões

Já a BR Malls, que também faz parte do Ibovespa, deve trazer resultados fortes em seu balanço, previsto para sair na terça-feira, 13, à noite. Veja as estimativas da Bloomberg:

Projeção para o 3º trimestre/2018

Lucro Líquido ajustado: R$ 115,600 milhões
Ebitda: R$ 218,000 milhões
Receita: R$ 312,286 milhões

No 3º trimestre de 2017

Lucro Líquido ajustado: R$ 57,277 milhões
Ebitda: R$ 206,981 milhões
Receita: R$ 301,968 milhões

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

esquenta dos mercados

Otimismo com vacina e preocupação com situação fiscal se chocam nos mercados

Na agenda, o destaque fica com a divulgação do IPCA-15, prévia da inflação, e dados da arrecadação federal.

AÇÕES NO BOLSO

SulAmérica vai distribuir ações a acionistas após aumentar capital social

Acionistas terão direito a 18,8 novas ações ordinárias e preferenciais para cada lote de 1 mil papéis de cada tipo

follow on

Ânima fará oferta restrita de ações que pode chegar a R$ 1,1 bilhão

Recursos levantados serão destinados a financiar parte da aquisição dos ativos do grupo americano de educação Laureate no Brasil

NÚMEROS DA PANDEMIA

Covid-19: Brasil tem 6 milhões de casos e quase 170 mil mortes

Nas últimas 24 horas foram registrados 302 óbitos e 16.207 novos diagnósticos positivos da doença

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Onde investir se a Bolsa americana estiver cara? Os grandes investidores globais já apontam para um novo caminho…

Existe um horizonte relativamente estável em que poderá haver continuidade dessa alta, mas para onde irão os recursos em um segundo momento?

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies