Menu
2018-11-28T17:30:22-02:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Que mudança!

Cemig revisa balanço trimestral e ajustes fazem o lucro ficar 156% maior

Lucro líquido da estatal mineira chegou a R$ 244,54 milhões, 156% maior do que o informado inicialmente

28 de novembro de 2018
16:21 - atualizado às 17:30
Energia
Novos resultados ficaram acima das projeções do Broadcast/EstadãoImagem: Shutterstock

A Cemig republicou nesta quarta-feira, 28, os seus resultados financeiros do segundo e terceiro trimestres deste ano e os números mostraram uma diferença gigante em relação ao que havia sido publicado anteriormente. Para se ter uma ideia, o lucro líquido da estatal mineira chegou a R$ 244,54 milhões, 156% maior que os R$ 95,548 milhões informados antes.

Vale lembrar que no terceiro trimestre do ano passado, a companhia havia anotado prejuízo líquido de R$ 83,666 milhões.

O motivo da reapresentação está relacionado a divergências identificadas na forma de contabilização da amortização de determinados ativos e passivos financeiros. Segundo a empresa, eles estariam relacionados à Conta de Compensação de Variação de Valores de itens da Parcela A (CVA). Outros componentes financeiros homologados na 4ª revisão tarifária da Cemig D também entraram na conta.

Com a mudança, a receita líquida consolidada da Cemig entre junho e setembro ficou 3,6% maior em relação ao registro inicial, para R$ 6,252 bilhões. Na comparação com igual período de 2017, a alta é de 21,74%.

Já a geração de caixa medida pelo ebitda (lucro antes Juros, Impostos, Depreciação e Amortização) consolidado da Cemig somou R$ 902,311 milhões, acima dos R$ 682,296 milhões reportados inicialmente e 797% melhores que os R$ 100,569 milhões do ano passado. A margem Ebitda encerrou o trimestre em 11,31%, de 1,97% um ano antes.

Esses novos resultados ficaram acima dos previstos por analistas consultados pelo Prévias Broadcast. O lucro ficou 20,14% acima dos R$ 203,55 milhões estimados, na média das projeções de seis casas consultadas (BTG Pactual, JPMorgan, Santander, Safra, UBS e XP Investimentos). Já a receita líquida ex-construção reportada, de R$ 6,043 bilhões, ficou 9% acima dos R$ 5,543 bilhões previstos, em média, pelos analistas.

No que diz respeito ao segundo trimestre deste ano, a receita reapresentada teve um aumento de 1,32% ante o número reportado inicialmente, ou R$ 73,3 milhões, para R$ 5,6 bilhões. Já o prejuízo líquido do período foi reduzido de R$ 60,37 milhões para R$ 10,88 milhões.

*Com Estadão Conteúdo.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

MAIS ESCLARECIMENTOS

BNDES atual pôs R$ 15 milhões a mais em auditoria

O reajuste de 25% aconteceu por meio de um aditivo contratual, publicado no dia 25 de outubro de 2019, e aumentou de US$ 14 milhões para US$ 17,5 milhões o contrato da Cleary Gottlieb Steen & Hamilton, escritório contratado para realizar os serviços de auditoria

CONFIRMADA

Oi confirma venda de participação na angolana Unitel por R$ 1 bilhão

O montante corresponde a venda de 25% da participação que detém na angolana e engloba também os dividendos que a Oi tem o direito de receber, mas que estavam retidos até então

negativas

Bolsonaro nega a ideia de ‘imposto do pecado’

Presidente também descartou a chance de desmembrar o Ministério da Justiça e Segurança Pública em duas pastas

Na bolsa

Itaú reduz participação na Qualicorp para menos de 5%

O banco passou a deter 4,95% do capital da administradora de planos de saúde coletivos após a venda das ações, que acumulam alta de mais de 200% em 12 meses

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta sexta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

dados do caged

Brasil cria 644 mil empregos formais em 2019; melhor em resultado em seis anos

Resultado de dezembro, negativo em 327 mil vagas, foi dentro do esperado pelo mercado

mercados agora

Ibovespa cede à realização de lucros e cai, pressionado pela tensão externa; dólar sobe a R$ 4,18

Depois de cravar um novo recorde na sessão passada, o Ibovespa opera em queda nesta sexta-feira, com os investidores optando por embolsar parte dos lucros recentes. Notícias referentes à disseminação do coronavírus nos EUA também trazem cautela ao mercado

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

14 notícias para você começar o dia bem informado

O Ibovespa está embalado em um bull market. O índice segue a toada de 2019 e vem batendo novos recordes este ano. Mas vale lembrar que a bolsa tem mais de 300 empresas e que dá para ganhar bem mais (ou bem menos) que o Ibovespa. A Julia Wiltgen mostra em reportagem de hoje quais os […]

com lideranças do mundo

Juan Guaidó pede ajuda ao Fórum de Davos contra Maduro

Guaidó falou sobre os males econômicos e políticos de seu país e sobre as oportunidades de investimento e prosperidade se a democracia for restaurada

dinheiro no caixa

Minerva Foods levanta R$ 1 bilhão em oferta de ações

Papéis da oferta passam a ser negociados no próximo dia 27; recursão vão para pagamento de dívidas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements