Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-04-04T14:26:04-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Próximo governo

O futuro do BC está mais nas maõs de Ilan Goldfajn do que de Paulo Guedes?

Equipe de transição aguarda uma decisão pessoal do presidente do BC sobre sua permanência ou não no cargo

8 de novembro de 2018
16:01 - atualizado às 14:26
ilan-goldfajn
Novo governo aguarda um sinal de Ilan sobre o futuro do BC - Imagem: Antonio Cruz/Agência Brasil

Parece que a decisão sobre a permanência de Ilan Goldfajn no Banco Central a partir de 2019 depende mais dele do que do time de Bolsonaro. Segundo informações do Broadcast/Estadão, a equipe de transição para o novo governo espera por um posicionamento de Ilan a respeito de seu futuro ainda não descartaram seu nome de vez.

A notícia vai na contramão do que circula atualmente em Brasília, de que o presidente do banco estaria fora da jogada. Há uma expectativa de que a questão da autonomia do BC possa abrir espaço para Goldfajn ficar no cargo até março de 2020.

Vale lembrar que o projeto de autonomia que tramita hoje na Câmara prevê mandatos fixos de quatro anos para o presidente e os diretores da autarquia. Cada dirigente poderá ser reconduzido ao cargo uma única vez, por mais quatro anos, e a nova dinâmica de mandatos fixos começaria em 1º de março de 2020 - portanto, já no segundo ano do governo de Jair Bolsonaro. Goldfajn seria, portanto, o presidente da transição até o início dos mandatos fixos.

Os substitutos

Segundo do Broadcast/Estadão, são cinco os nomes cotados para substituir Ilan caso ele de fato escolha deixar o BC: o ex-diretor de Política Econômica do BC Afonso Bevilaqua; o atual diretor de Política Econômica, Carlos Viana de Carvalho; o também ex-diretor do BC e atual economista chefe do Itaú Unibanco, Mário Mesquita; o ex-diretor do BC e sócio da gestora SPX Capital, Benny Parnes; e Roberto Campos Neto, diretor do Santander.

Entre estes nomes, Viana é o mais alinhado com a política atual do BC. Além de fazer parte do atual comando, ele foi indicado por Ilan e boa parte das mudanças que o BC teve nos últimos anos tem a sua participação. Já Bevilaqua, Mesquita e Parnes atuaram no BC em outros momentos.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Vídeo Melhores Ações do Mundo

Efeitos da Vacina na Bolsa – Analista compara o desempenho de duas gigantes dos EUA, a Coca-Cola (COCA34) e a Netflix (NFLX34)

Muito se fala dos efeitos da vacina na Bolsa de Valores. Nesse vídeo o analista da Empiricus, Enzo Pacheco, compara duas ações que seguiram caminhos diferentes na Bolsa nos últimos meses e explica os motivos.

Blink!

Qual a expectativa para CASH3? O que esperar de Cosan a partir do IPO da Raízen? Confira as respostas do Felipe Miranda na nova edição do Blink!

Em mais uma edição do seu vídeo de ‘rapidinhas’, o CIO da Empiricus fala sobre as expectativas em relação a diversos tickers e responde outras dúvidas dos seus seguidores

DESTAQUES DA BOLSA

Minério de ferro volta a subir e as ações da Vale e das siderúrgicas acompanham

O avanço do aço na China é sinal de boas notícias, o que anima os investidores por aqui.

do campo para a bolsa

AgroGalaxy (AGXY3) estreia em queda de 24%, após precificar ações no piso em IPO

Empresa de agronegócio já havia reduzido substancialmente o tamanho da oferta; analistas apontam risco de a companhia ser espremida por fornecedores

Temores atrapalham recuperação

Setor da construção é como uma Ferrari com freio de mão puxado, diz presidente da CBIC

Segundo a Câmara Brasileira da Indústria da Construção, o recorde de alta nos custos de materiais é um dos principais problemas no setor

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies