Menu
2019-04-04T14:25:15-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Balanço

Marfrig tem prejuízo de R$ 126 milhões no 3º trimestre

Empresa registrou receita líquida de R$ 11,089 bilhões ante os R$ 2,687 bilhões registrados no mesmo período do ano passado

6 de novembro de 2018
10:35 - atualizado às 14:25
Embalagem de carne bovina
Imagem: Shutterstock

A Marfrig Global Foods divulgou seus resultados para o 3º trimestre nesta segunda-feira, 5.

A companhia teve um prejuízo líquido atribuído ao acionista controlador das operações continuadas de R$ 126 milhões. O valor  é 28% menor que o prejuízo de R$ 175 milhões registrado em igual período de 2017.

A empresa registrou receita líquida de R$ 11,089 bilhões ante os R$ 2,687 bilhões registrados no mesmo período do ano passado.

"O crescimento expressivo do faturamento é consequência, sobretudo, do aumento do volume de abates na operação América do Sul, que compreende Brasil, Argentina, Uruguai e Chile, e da desvalorização do real frente ao dólar", informou o comunicado.

Já o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) passou de R$ 216 milhões para R$ 1,055 bilhão, no mesmo comparativo.

"A variação cambial de cerca de 10% ocorrida neste trimestre e os custos extraordinários relativos à compra da National Beef influenciaram esse resultado (prejuízo líquido)", diz Eduardo Miron, presidente executivo da empresa em nota.

"São circunstâncias excepcionais, principalmente se consideramos que os custos de aquisição serão eliminados com o recebimento dos recursos referentes à venda da Keystone", acrescenta.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

atenção, acionista

Weg e Lojas Renner anunciam juros sobre capital próprio; confira valores

Empresa de fabricação e comercialização de motores elétricos paga R$ 86,1 milhões; provento da varejista chega a R$ 88 milhões

Alívio no câmbio

Dólar fica abaixo dos R$ 5,00 pela primeira vez em mais de um ano — e o empurrão veio dos BCs

O dólar à vista terminou o dia em R$ 4,96, ficando abaixo dos R$ 5,00 pela primeira vez desde 10 de junho de 2020. O Ibovespa caiu

Constitucionalidade em xeque

Autonomia do Banco Central: STF retoma julgamento no dia 25, mas recesso pode estender votação até agosto

A lei em análise restringe os poderes do governo federal sobre a autoridade máxima da política monetária do País

nos eua

Presidente do Fed descarta elevação preventiva de juros e vê inflação atual como temporária

Jerome Powell atribuiu a alta dos preços à retomada da demanda em quadro de oferta ainda limitada em alguns segmentos

espaço para mais ganhos

Credit Suisse vê Totvs protegida contra inflação e aponta impulso com PIB

Analistas do banco lembram que empresa repassa a alta dos preços para os contratos anuais; papéis TOTS3 já subiram mais de 80% no último ano

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies