Menu
2019-04-04T14:14:18-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Administradora de 16 shoppings

Iguatemi tem alta no lucro do 3º trimestre, mas resultado vem abaixo do esperado

Apesar do lucro líquido ter decepcionado, a geração de caixa medida pelo Ebitda ficou acima do projetado pela Bloomberg

6 de novembro de 2018
19:15 - atualizado às 14:14

A Iguatemi, dona de participação em 16 shoppings centers e um outlet, fechou o terceiro trimestre de 2018 com lucro líquido de R$ 65,578 milhões. Apesar de ter vindo ligeiramente abaixo das projeções de analistas consultados pela Bloomberg (R$ 66,020 milhões), o montante é 23,6% maior do que o registrado no mesmo período de 2017

Ainda de acordo com o balanço publicado nesta terça-feira, 6, o crescimento do lucro é um reflexo da queda das taxas de juros e das despesas financeiras, além de melhora da receita e da margem operacional graças ao controle de custos nos shoppings.

Já a geração de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) somou R$ 141,193 milhões, crescimento de 5,5% na mesma base de comparação. O mercado esperava R$ 135,571 milhões no trimestre. A margem Ebitda aumentou 0,6 ponto porcentual, para 79,5%.

O FFO (lucro líquido excluindo depreciação, amortização e efeitos não caixa) foi de R$ 93,046 milhões, alta de 16,6%. A margem do FFO subiu 5,4 pontos porcentuais, para 52,4%.

A receita líquida da companhia totalizou R$ 177,553 milhões entre julho e setembro, expansão de 4,6% ante igual trimestre do ano passado e em linha com o que a Bloomberg projetava (R$ 177,6 milhões).

A despesa financeira líquida foi a R$ 31,957 milhões, queda de 25% na mesma base de comparação.

A Iguatemi fechou o mês de setembro com dívida líquida de R$ 1,561 bilhão, montante 1,1% superior ao registrado ao final de junho. A alavancagem (relação entre dívida e Ebitda) permaneceu estável em 2,84 vezes.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Tamanho menor

Zara fecha sete lojas no Brasil em plano de reorganização

O plano da empresa foi traçado em 2020 e, no Brasil, começou ainda no ano passado, com o fechamento de lojas nas cidades de Joinville (SC) e São José dos Campos (SP)

Seu Dinheiro no sábado

A única coisa que Bill Gates não pode comprar

Troca de presidente nos Estados Unidos, início da vacinação para covid no Brasil e comunicado do Banco Central com vocabulário novo. A semana que se encerra trouxe novidades importantes. É bem verdade que também teve notícia velha, daquelas que encontramos todos os dias: disputas políticas entre Jair Bolsonaro e João Dória, caos nos hospitais públicos […]

Sem dieta

McDonald’s tem planos de abrir 50 novos restaurantes na América Latina, 80% deles no Brasil

Rede pretende investir até US$ 130 milhões (R$ 690 milhões) na região e também quer reforçar o drive-thru, delivery e o aplicativo

Bilionário imunizado

Adivinha quem já foi vacinado? Bill Gates compartilha foto e diz como se sente após tomar 1ª dose

Fundador da Microsoft compartilhou foto do momento em que era vacinado e enalteceu o trabalho dos cientistas, voluntários e profissionais da saúde que trabalham no combate à pandemia

Início de cobertura

Após queda de 56%, XP revela o que espera das ações da dona da rede de restaurantes Frango Assado e Pizza Hut no Brasil

Os analistas da corretora iniciaram a cobertura das ações da IMC com recomendação neutra e preço-alvo de R$ 4,00, o que indica um potencial de alta de 8%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies