Menu
2019-06-10T10:25:04+00:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Bomba

Site divulga conversas que indicam colaboração entre Moro e Dallagnol na Lava Jato

Matérias publicadas pelo site The Intercept indicam que o atual ministro da Justiça, Sergio Moro, atuava de maneira coordenada com o procurador Deltan Dallagnol no âmbito da Operação Lava Jato

9 de junho de 2019
22:13 - atualizado às 10:25
Sergio Moro
Conteúdo publicado pelo sote The Intercept atinge diretamente o ministro da Justiça, Sergio Moro - Imagem: Marcos Corrêa/PR

O domingo (9) seguia relativamente tranquilo em Brasília, sem grandes movimentações no panorama político. Mas uma informação de última hora promete trazer enorme turbulência à capital federal — e, consequentemente, aos mercados financeiros do país, sempre sensíveis ao noticiário referente ao governo.

No início desta noite, o site The Intercept publicou uma série de reportagens que atinge diretamente o ministro da Justiça, Sergio Moro, e a Operação Lava Jato. A publicação teve acesso a conversas privadas, gravações em áudio, vídeos e outros documentos, indicando que Moro — então juiz federal — e o procurador Deltan Dallagnol atuaram de maneira coordenada nas investigações.

O conteúdo publicado pelo site sinaliza que Moro e Dallagnol — coordenador da força-tarefa da Lava Jato — trocavam mensagens privadas via Telegram, um aplicativo semelhante ao WhatsApp, mas com maiores níveis de criptografia e segurança contra invasões hackers. E, nas conversas, os dois tratavam diretamente dos rumos da operação.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Num dos pontos do material disponibilizado pelo The Intercept, Moro e Dallagnol discutem sobre a ordem das fases das investigações, o espaçamento de tempo entre uma operação e outra da Polícia Federal e sobre uma estratégia a ser adotada para rebater as críticas do Partido dos Trabalhadores à Lava Jato.

Segundo o site, todo o conteúdo foi repassado por uma fonte anônima. Tais conversas são problemáticas porque indicam a intromissão do juiz no trabalho do Ministério Público, ferindo o princípio da imparcialidade existente no Direito.

Outro trecho das matérias do The Intercept revela diálogos entre os procuradores da Lava Jato, também pelo aplicativo Telegram. E, nessas interações, são discutidas maneiras de impedir que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva concedesse uma entrevista à Folha de S. Paulo antes do primeiro turno das eleições.

O objetivo dos procuradores, de acordo com o site, seria impedir a "volta do PT" ao poder — a entrevista havia sido autorizada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski.

Posicionamento de Moro

O ministro Sergio Moro emitiu um curto posicionamento a respeito do tema. Em nota, ele diz lamentar a falta de indicação da fonte da pessoa responsável por acessar os dados dos procuradores e também faz críticas ao The Intercept, afirmando que, ao não entrar em contato antes da publicação, o site contrariou uma regra básica do jornalismo.

"Quanto ao conteúdo das mensagens que me citam, não se vislumbra qualquer anormalidade ou direcionamento da atuação enquanto magistrado, apesar de terem sido retiradas de contexto e do sensacionalismo das matérias, que ignoram o gigantesco esquema de corrupção revelado pela Operação Lava Jato", conclui o ministro.

MPF no Paraná se pronuncia...

A força-tarefa da Lava Jato no Ministério Público Federal do Paraná (MPF/PR) publicou uma extensa nota minutos depois da publicação das matérias. O órgão afirma que seus membros foram vítimas de uma "ação criminosa de um hacker", que invadiu telefones e aplicativos de procuradores usados "para comunicação privada e no interesse do trabalho".

O MPF/PR diz que, entre as informações copiadas, podem estar documentos e dados sobre estratégias e investigações em andamento. "Há a tranquilidade de que os dados eventualmente obtidos refletem uma atividade desenvolvida com pleno respeito à legalidade e de forma técnica e imparcial", diz o posicionamento oficial.

Na nota, o órgão ainda se diz preocupado com os eventuais efeitos a serem gerados pela divulgação do material, afirmando que o ataque hacker teve como objetivo "obstar a continuidade da Operação". O Ministério Público do Paraná ainda fez críticas ao The Intercept, dizendo que não foi feito nenhum pedido de esclarecimento antes das publicações.

"A atuação sórdida daqueles que vierem a se aproveitar da ação do “hacker” para deturpar fatos, apresentar fatos retirados de contexto e falsificar integral ou parcialmente informações atende interesses inconfessáveis de criminosos atingidos pela Lava Jato", diz a nota.

...e o ex-presidente Lula, também

A defesa do ex-presidente Lula se pronunciou a respeito do teor das matérias do The Intercept.

Em nota, os advogados ressaltam que a atuação dos procuradores e de Moro teve objetivos políticos e sujeitou o petista e sua família "às mais diversas arbitrariedades", afirmando que diversos atos de intimidação foram praticados "com o claro objetivo de inviabilizar a defesa do ex-presidente".

O comunicado ainda diz que os processos contra Lula "estão corrompidos pelo que há de mais grave em termos de violações a garantias fundamentais e à negativa de direitos".

Twitter em chamas

As redes sociais estão dando ampla repercussão ao material publicado pelo The Intercept. No Twitter, a hashtag #VazaJato tinha mais de 110 mil publicações pouco antes das 22h00 — e o termo "Moro" era um dos mais citados pelos usuários brasileiros nesta noite.

Também pelo Twitter, o procurador Deltan Dallagnol se pronunciou sobre o caso, mas limitou-se a reproduzir trechos do comunicado oficial divulgado pelo MPF/PR:

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Seu Dinheiro na sua noite

A vida depois da reforma da Previdência

Por 60 votos a 19, o Senado aprovou na noite de hoje o texto-base da reforma da Previdência em segundo turno. Confesso que em alguns momentos ao longo dessa longa jornada cheguei a duvidar desse resultado. De Lula a Bolsonaro, o projeto atravessou governos de todos os espectros ideológicos. A definição da idade mínima para […]

Tá quase acabando

Senado aprova reforma da Previdência por 60 votos a 19

Votado o texto principal, senadores avaliaram dois dos quatro destaques apresentados. Votação será retomada na quarta-feira

Menos de um mês de operação

Aérea ultra low cost Flybondi aumenta número de voos para Florianópolis e Rio

Adepta do modelo de negócios ultra low cost, a empresa realizou seu voo inaugural ao País, na rota Buenos Aires-Rio, em 11 de outubro

Água no chope

Doria diz que não apoiará Joice Hasselmann para a prefeitura de SP: “meu candidato é Bruno Covas”

Governador paulista se esquivou em relação às discussões sobre 2022. Para o tucano, “não é hora de debater eleição”

Último gás

Alcolumbre inicia ordem do dia no Senado que inclui votação da reforma da Previdência

Essa é a última etapa antes da promulgação da reforma, oito meses após a chegada do texto ao Congresso Nacional

Dinheiro na mão

CMO aprova projeto de lei que abre crédito para União pagar cessão onerosa à Petrobras

Projeto define em R$ 34,6 bilhões os valores relativos ao pagamento da Petrobras

E a crise continua

Ex-líder do PSL, delegado Waldir diz que Bolsonaro é covarde e se dobra a generais em reforma da Previdência dos militares

Praças estão revoltados com as mudanças porque há a previsão de um reajuste maior para as patentes mais altas

Mudanças no radar

Governo apresentará 3 propostas do pacto federativo no dia 29, diz líder do governo no Senado

A expectativa do senador Fernando Bezerra Coelho é que as três medidas sejam aprovadas no Senado ainda em 2019

De futebol a basquete

Os 10 maiores bilionários norte-americanos que possuem seu próprio clube esportivo

O dinheiro pode comprar muitas coisas, incluindo uma equipe inteira. Confira a lista dos mais ricos e aficionados por esportes

o esperado dia

Reforma da Previdência tem 99% de chance de ser aprovada como está, diz relator do projeto

Tasso Jereissati falou após aprovação por votação simbólica do projeto na CCJ do Senado; ele disse que espera texto em segundo turno na Casa ainda hoje

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements