🔴 FONTE DE RENDA EXTRA COM APENAS 1 CLIQUE – CONHEÇA AQUI

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
FUSÕES E AQUISIÇÕES

Bom para saúde? Dasa (DASA3) e Amil selam parceria de serviços hospitalares e se tornam o segundo maior grupo de hospitais do país

O negócio é uma joint venture (empreendimento controlado em conjunto), da qual Amil e Dasa deterão 50% do capital cada

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
14 de junho de 2024
8:11 - atualizado às 11:28
Hospital São Domingos, da Dasa
Hospital São Domingos, da Dasa - Imagem: Divulgação

A Dasa (DASA3) e a Amil fecharam o acordo para a criação da Ímpar Serviços Hospitalares, conforme fato relevante publicado nesta sexta-feira (14). As informações foram dadas em primeira mão pelo Broadcast.*

O negócio é uma joint venture (empreendimento controlado em conjunto), da qual Amil e Dasa deterão 50% do capital cada. Segundo fato relevante, Dulce Pugliese de Godoy Bueno será nomeada presidente do conselho de administração e Lício Tavares Angelo Cintra será nomeado presidente executivo da Ímpar.

Com isso, a rede abarcará 25 hospitais e centros oncológicos das duas empresas e terá 4,4 mil leitos, com faturamento anual de R$ 10 bilhões, segundo fontes.

Dessa forma, a união formará o segundo maior grupo de hospitais do Brasil, perdendo apenas para a Rede D’Or (RDOR3) e terá 14 hospitais da Dasa e 11 da rede Américas (rede independente da Amil), atuando principalmente no Sudeste e Distrito Federal.

Porém, ficaram de fora do negócio os hospitais São Domingos, Hospital da Bahia, e AMO (da Dasa), além da Promater e do Monte Klinikum (da Amil), sempre de acordo com fontes.

A operação também envolve a Dasa Oncologia e o Américas Oncologia (COI), bem como Centros de Medicina Especializada. As empresas pretendem trabalhar em rede aberta, com prestação de serviço a operadoras de saúde, médicos e outros profissionais da área.

Por volta das 10h30, as ações DASA3 saltavam 10,6%, cotadas a 5,20. Acompanhe nossa cobertura de mercados.

Dasa e Amil: rumores da união

Na última segunda-feira (10), Dasa (DASA3) havia confirmado que estava em negociações avançadas com a Amil para uma fusão dos negócios.

Vale lembrar que as negociações para o acordo começaram há seis meses, exatamente no dia seguinte a José Seripieri Filho, o Júnior, ter assumido o controle da Amil por R$ 11 bilhões, em dezembro. Ele foi o fundador da Qualicorp, que havia sido vendida, e voltou ao setor em grande estilo, com a aquisição feita na pessoa física.

O setor de saúde vive um momento particularmente difícil, de perdas líquidas dos principais planos de saúde há três anos, segundo a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar). As negociações para ganhos de escala e eficiência acontecem em vários âmbitos e empresas.

Na ponta do lápis

Para a Dasa, o negócio implica em um alívio financeiro, com a transferência de R$ 3,85 bilhões de parte de sua dívida (de R$ 9,6 bilhões no total) para a Ímpar.

Também há a possibilidade de uma eventual venda das unidades fora do escopo da operação da Ímpar (Hospital da Bahia, Hospital São Domingos e AMO).

A receita líquida combinada das operações incluídas na transação totalizou, em 2023, R$ 9,9 bilhões (R$ 5,7 bilhões dos ativos Dasa e R$ 4,2 bilhões dos ativos Amil), com Ebitda (geração de caixa antes de juros, impostos, depreciação e amortização) estimado em R$ 777 milhões (R$ 600 milhões dos ativos Dasa e R$ 177 milhões dos ativos Amil).

O conselho da Ímpar terá número igual de representantes de cada acionista controlador e três independentes, indicados em consenso entre os sócios, de acordo com fontes.

O processo de integração será desenvolvido após a aprovação do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) e órgãos competentes. Até lá, as operações continuam independentes.

*Matéria atualizada às 9h27 após fato relevante para incluir mais informações.

Compartilhe

ADEUS, CANETA EMAGRECEDORA?

Novo concorrente do Ozempic dispensa injeção e deve demorar a chegar às farmácias, mas já derruba as ações da Novo Nordisk e da Eli Lilly

17 de julho de 2024 - 12:03

Novo remédio para emagrecimento levou pacientes sem diabetes tipo 2 perderem uma média de peso ajustado de 6,1% em um mês

PODE UNIR

Incorporação da Enauta (ENAT3) e Maha Energy pela 3R Petroleum (RRRP3) já tem data para acontecer; veja calendário

17 de julho de 2024 - 11:58

De acordo com o comunicado enviado ao mercado nesta quarta-feira (17), as ações de emissão da Enauta terão seu último dia de operação no dia 31 deste mês

CONTABILIDADE CRIATIVA

O que a Americanas (AMER3) vai fazer depois de investigação independente confirmar (de novo) fraudes no balanço da varejista

17 de julho de 2024 - 7:36

Diante das evidências, o conselho de administração orientou a atual diretoria a procurar as autoridades competentes envolvidas no caso

CONSTRUINDO POSIÇÃO

O que está por trás da volatilidade da ação da Ambipar (AMBP3) na B3 — e por que o CEO não para de aumentar a fatia na empresa

17 de julho de 2024 - 7:03

Além de Tércio Borlenghi Junior ter elevado sua fatia na empresa para cerca de 73%, uma gestora supostamente ligada a Nelson Tanure também adquiriu participação na companhia

DADOS OPERACIONAIS

A hora da Vale (VALE3) chegou? Produção de minério cresce e vendas acompanham; confira os números da mineradora no 2T24

16 de julho de 2024 - 19:13

Havia expectativa em torno do desempenho da companhia entre abril e junho por conta da desaceleração da economia chinesa, que afeta diretamente a demanda por minério de ferro

MUDANÇA A CAMINHO?

Governo avalia “reestruturação estratégica” da Telebras (TELB4) e ações da estatal saltam na B3

16 de julho de 2024 - 18:16

Papéis da empresa de telecomunicações fecharam em alta de 6,36%, cotados a R$ 13,55

ACABOU O OTIMISMO?

Santander revela 3 motivos para não comprar ações da Petrobras (PETR4) agora — e a troca de CEO não tem nada a ver com isso

16 de julho de 2024 - 16:54

Banco decidiu manter recomendação neutra para os papéis, com preço-alvo de R$ 43 para os ativos ordinários PETR3 no fim de 2025

PEDIDO LIMINAR

O STF vai barrar a privatização da Sabesp (SBSP3)? Cinco partidos vão à Corte contra a oferta que pode movimentar mais de R$ 12 bilhões

16 de julho de 2024 - 16:05

A ação foi ajuizada pelo PSOL, Rede, PT, PV e PCdoB com pedido de liminar para suspensão imediata da lei municipal que abriu caminho para a desestatização

DADOS OPERACIONAIS

Vale (VALE3) perde quase R$ 7 bilhões em valor de mercado e relatório de produção vem aí — mineradora pode ter mais de um vilão no 2T24

16 de julho de 2024 - 15:07

A Vale apresenta após o fechamento do mercado desta terça-feira (16) os dados operacionais referentes do segundo trimestre e a conjuntura não está favorável para mineradora

DESTAQUES DA BOLSA

Não foi dessa vez: Após negar venda de fatia do Casino, Pão de Açúcar (PCAR3) cai forte na B3 e lidera as perdas do Ibovespa hoje

16 de julho de 2024 - 12:49

No início da tarde desta terça-feira (16), os papéis do GPA caíam mais de 6%, cotados a R$ 3,19

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar