🔴 5 MOEDAS PARA MULTIPLICAR SEU INVESTIMENTO EM ATÉ 400X – VEJA COMO ACESSAR LISTA

Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo pela Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
OLHANDO PARA FRENTE

Como a Americanas (AMER3) impacta o futuro do Mercado Livre (MELI34)

Com o consumidor menos confiante diante dos problemas da Americanas (AMER3), empresas como o Mercado Livre (MELI34) devem ver mudanças em diversas linhas do balanço

Jasmine Olga
Jasmine Olga
23 de fevereiro de 2023
14:44 - atualizado às 15:00
Mercado Livre (Nasdaq: MELI/B3: MELI34) | Americanas
Mercado Livre (Nasdaq: MELI/B3: MELI34) - Imagem: Shutterstock/Helena Aymee

A inesperada crise enfrentada pela Americanas (AMER3) e sua consequente entrada no processo de recuperação judicial já foi objeto de análise de muitos especialistas e curiosos, mas quando o assunto é o impacto da derrocada de uma das maiores varejistas do país para as suas principais concorrentes, os analistas preferem um tom mais conservador. 

Ainda assim, é unanimidade que o fluxo de clientes, volume de acesso e até mesmo de vendedores cadastrados nas plataformas de marketplace devem migrar para as empresas mais resilientes do setor — como Magazine Luiza (MGLU3), Via (VIIA3) e Mercado Livre (NY: MELI). 

Um mês após as primeiras notícias envolvendo os problemas financeiros da Americanas, as ações da varejista argentina acumulam ganhos de quase 20% e podem não parar por aí — ainda que não saia como a grande vencedora em todas as frentes. 

Em relatório, analistas da Genial Investimentos apontam que "dado que o Mercado Livre concorre diretamente com o marketplace da Americanas no Brasil, existem algumas dinâmicas que podem ocorrer como consequência das novas circunstâncias neste mercado". 

Confira cinco possíveis impactos da recuperação judicial da Americanas na operação do Mercado Livre:

1) Mais vendedores na plataforma?

Com uma grande incerteza com o que pode acontecer com a plataforma online da Americanas, muitos vendedores que utilizam o 'marketplace' da companhia podem repensar suas estratégias. 

Isso, no entanto, não necessariamente será revertido em um forte fluxo de novos vendedores cadastrados no Mercado livre. Os analistas estimam que boa parte desse público já ofertava os seus produtos em mais de uma plataforma. 

2) Fluxo aumentado

O número de vendedores pode até não crescer de forma significante, mas o fluxo de acessos deve sim aumentar —ainda que quase 80% do tráfego entre as varejistas tenha sobreposição. 

Para os analistas, à medida que a confiança dos clientes em relação a Americanas se deteriora, a tendência é de que o fluxo deve ser impulsionado. 

"Vemos esse efeito possivelmente tomando mais corpo a partir do 2T23, uma vez que um terço do 1T23 ainda foi afetado por muita especulação".

3) Ganho de volume de vendas no marketplace

Quando o assunto é o marketplace, o Mercado Livre já domina o cenário e é o grande líder dentre os concorrentes nacionais, mas ainda há espaço para mais. 

Segundo a Genial, MELI tem potencial para ter um volume de vendas online no marketplace 3 vezes maior do que o segundo colocado, Mercado Livre. 

Com a credibilidade deteriorada, fornecedores também podem buscar relações melhores com outras varejistas. Nesse caso, a casa de análise vê espaço para que a empresa fortaleça a sua operação de vendas direto ao consumidor.

"Nesse caso, dado que o Mercado Livre vem investindo no aumento da operação 1P, vemos isso como positivo para a evolução desse canal. Porém, ainda acreditamos que a maior parte do GMV 1P seria convertido para Via e Magalu, grandes players nessa operação". 

5) Ganho de fatia de mercado

Com a Americanas perdendo espaço, é natural que os clientes migrem para outras plataformas. 

Há espaço para que uma fatia desse mercado vá para o Mercado Livre, mas pela empresa ter uma fatia relevante do total, o crescimento deve ser mais modesto do que o visto, por exemplo, nos números do Magazine Luiza. 

O que esperar do balanço?

Mas enquanto os efeitos ainda se encontram no campo das hipóteses, o que esperar do balanço do quarto trimestre é algo mais tangível. 

A Genial espera que o Mercado Livre entregue um crescimento acima dos seus pares nas vendas da Black Friday, assim como também crescimento de sua fatia de mercado e maior volume de vendas durante a Copa do Mundo — ao contrário do que ocorreu com os players locais. 

Assim, a casa de análise decidiu elevar o preço-alvo das ações; com recomendação de compra, os analistas estimam os papéis em US$ 1.397,40 ao fim de 2023 — um potencial de alta de mais de 20%. Já o BDR de MELI34 tem um valor estimado de R$ 60,06. 

Compartilhe

CRISE NA ESTATAL

Justiça nega pedido por assembleia na Petrobras (PETR4) que atrasaria posse de Magda Chambriard

18 de maio de 2024 - 17:02

Em sua reclamação na Justiça, o deputado do Novo alega que, eventualmente reconhecida a queda do CA em efeito dominó após a saída de Prates

QUASE 10 ANOS DEPOIS

Vale (VALE3), BHP e Samarco fazem nova proposta de R$ 127 bilhões para compensar tragédia em Mariana, mas acordo não deve evoluir agora

18 de maio de 2024 - 14:44

Valor de R$ 127 bilhões oferecido na última proposta, do final de abril, foi mantido, mas as empresas retomariam agora obrigações que tinham ficado de fora

SUBIU, DESCEU

Volta da febre das “meme stocks”: GameStop cai quase 20% em um único pregão, mas fecha semana com ganhos de 23%

18 de maio de 2024 - 13:26

Também pressionaram os papéis da mais famosa “ação meme” a divulgação de dados trimestrais preliminares da empresa

Dá o play!

Óleo no chope da bolsa: como ficam seus investimentos após mais uma intervenção na Petrobras (PETR4)

18 de maio de 2024 - 11:00

O podcast Touros e Ursos recebeu Karina Choi, sócia da Cordier Investimentos, para comentar os possíveis impactos da decisão do presidente Lula de demitir Jean Paul Prates da presidência da estatal

DISPUTA JUDICIAL

Justiça de SP suspende embargo das obras do principal projeto da JHSF (JHSF3) após mais de um mês de paralisação

18 de maio de 2024 - 9:12

O relator do documento é Ruy Alberto Leme Cavalheiro, da 1ª Câmara Reservada ao Meio Ambiente

HORA DE VENDER?

Rumo: por que o Goldman Sachs calcula um potencial de ganho menor para as ações RAIL3

17 de maio de 2024 - 16:19

O banco norte-americano reduziu o preço-alvo dos papéis de R$ 27 para R$ 24,50 — o que representa um potencial de valorização de 16,5% com relação ao último fechamento

CHAMA O VAR

Com mais de R$ 395 milhões em dívidas, Polishop pede recuperação judicial, mas bancões tentam reter valores

17 de maio de 2024 - 15:09

Além da recuperação judicial, a Polishop vem tentando se blindar dos credores financeiros por meio de cautela tutelar

COMPRAR OU VENDER?

A Positivo pode mais? As ações POSI3 já subiram 50% este ano e esse banco gringo conta para você se há espaço para mais

17 de maio de 2024 - 13:46

Os papéis da empresa sobem cerca de 5% nesta sexta-feira (17), embalados pela nova recomendação do UBS BB; confira se chegou o momento de colocar ou tirar esses ativos da carteira

INVESTIMENTOS

Seguro mais seguro: por que o JP Morgan elevou recomendação para IRB Re (IRBR3) mesmo com catástrofe no RS?

17 de maio de 2024 - 11:07

Nas contas do banco norte-americano, o IRB é a companhia de seguros mais exposta ao RS, podendo ter um impacto de 15% a até 30% nos lucros até o fim de 2024

PODE BEIJAR!

3R Petroleum (RRRP3) e Enauta (ENAT3) oficializam fusão e formam uma das maiores operadoras de petróleo do Brasil; ações sobem na B3

17 de maio de 2024 - 9:41

De acordo com os termos do acordo, a 3R irá incorporar a Enauta e deterá 53% da nova empresa resultante da fusão, enquanto os acionistas da segunda empresa ficarão com 47% do negócio

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar