O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-04-01T21:01:03-03:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Aperte o play!

A terceira via nas eleições está morta?

A desistência de Sergio Moro e o vaivém de João Doria movimentaram a terceira via na semana e são o tema da última edição do podcast Touros e Ursos

2 de abril de 2022
9:30 - atualizado às 21:01
Sergio Moro
O ex-juiz e ex-ministro Sergio Moro ingressou na União Brasil na última semana, mas abriu mão da pré-candidatura à presidência, ao menos por ora. - Imagem: Sérgio Castro/Estadão Conteúdo

Ela ainda não faz cócegas nas pesquisas, nem no mercado, mas caso se revele viável, tem todo potencial de se tornar a queridinha da Faria Lima e do Leblon. Estou falando da terceira via, a possível chapa de centro que deve tentar se opor aos extremos representados pelos dois principais candidatos às eleições presidenciais, buscando o “caminho do meio”.

Por enquanto, esse meio de campo está embolado. Na última semana, vimos o ex-juiz e ex-ministro Sergio Moro abrir mão, ao menos por ora, da candidatura à presidência, ao anunciar sua migração do Podemos para a União Brasil.

Assistimos também a um verdadeiro vaivém na pré-candidatura do governador de São Paulo, João Doria, ao cargo executivo mais alto do país pelo PSDB. Corria a notícia de que o tucano desistiria de concorrer, mas ele acabou reafirmando que está no páreo.

Ao mesmo tempo, Eduardo Leite, que perdeu nas prévias do PSDB para Doria, deixou o governo do Rio Grande do Sul, colocando-se à disposição para as próximas eleições, sem deixar claro se está ou não se aquecendo na beira do campo, pronto para substituir seu rival paulista.

Mas toda essa movimentação, afinal, enfraquece a terceira via, ou fortalece a possibilidade de uma união em torno do candidato mais capaz de derrotar Lula e Bolsonaro, quem quer que seja ele? Aliás, um candidato de terceira via teria realmente chances de vencer?

A viabilidade da terceira via, alternativa que tende a ser a preferida do mercado financeiro, foi o tema da última edição do podcast Touros e Ursos. Eu, Vinícius Pinheiro e Victor Aguiar também falamos sobre os nossos touros e ursos da semana, os melhores e piores investimentos do mês, além da cerimônia do Oscar. Para ouvir, basta dar o play no tocador abaixo!

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

CVM recua e libera distribuição de dividendos do fundo imobiliário Maxi Renda FII (MXRF11) com base no ‘lucro caixa’ — relembre o caso

A xerife do mercado de capitais reconheceu “a existência de obscuridade e contradição” na decisão original

Superou o trauma? Bitcoin (BTC) segue no patamar de US$ 30 mil; saiba se a maior criptomoeda do mundo sustentará esse nível

BTC terá também que superar os críticos às moedas digitais, que não pouparam esforços para injetar ainda mais medo nesse mercado já extremamente desorientado

CEO do JP Morgan leva cartão vermelho de acionistas e pode ficar sem bônus milionário, entenda a decisão rara

A desaprovação foi a primeira desde que o conselho do banco norte-americano enfrentou um voto negativo sobre compensações desde que as regras foram introduzidas, há mais de uma década

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Hapvida, Magazine Luiza e Nubank tombam, mas Ibovespa fecha o dia no azul; confira os destaques desta terça-feira

O maior apetite ao risco e a expectativa de manutenção no ritmo de alta no juro nos Estados Unidos ajudou o Ibovespa, que teve um dia de ganho

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa sustenta alta após susto inicial com Powell; dólar cai abaixo dos R$ 5

O Ibovespa fechou o dia longe das mínimas, mas o dólar caiu 2% com o apetite por risco no exterior

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies