🔴 TCHAUZINHO, NUBANK: Itaú BBA revela o nome da ação que pode colocar o roxinho para comer poeira; CLIQUE AQUI  e descubra a resposta no nosso Telegram

2022-08-18T20:00:29-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
ELEIÇÕES 2022

Bolsonaro aparece no retrovisor de Lula, mas petista ainda pode levar no primeiro turno, segundo Datafolha

Essa é a primeira pesquisa de intenção de voto divulgada após o início oficial da campanha presidencial, que começou há dois dias

18 de agosto de 2022
20:00
Lula vs Bolsonaro em uma corrida de Kart
Lula vs Bolsonaro em uma corrida de Kart. - Imagem: Shutterstock / Alan Santos-PR / Montagem Brenda Silva

Na corrida ao Palácio do Planalto, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ainda é o pole position, mas começa a ter mais nítida a imagem do presidente Jair Bolsonaro (PL) em seu espelho retrovisor. 

Pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (18), apenas dois dias depois do início oficial da campanha eleitoral, mostra que o petista tem 47% das intenções de voto, seguido de Bolsonaro, que tem 32%. 

O resultado mostra que o atual chefe do Palácio do Planalto vem diminuindo a distância de Lula. 

A vantagem do petista, que era de 21 pontos na pesquisa divulgada em maio, caiu para 18 pontos em julho e foi reduzida para 15 pontos neste mês. 

Agora, o ex-presidente manteve os mesmos 47% do levantamento anterior, enquanto Bolsonaro avançou três pontos percentuais.

O Datafolha ouviu 5.744 eleitores em 281 cidades entre terça (16), data do começo da campanha de rua, e esta quinta (18).

Os retardatários 

Assim como em qualquer Grande Prêmio, a corrida presidencial também tem os retardatários na pista. 

No caso dessa eleição, Ciro Gomes (PDT) aparece em terceiro, com 7%. Em quarto, Simone Tebet (MDB) soma 2%. Vera Lúcia (PSTU) tem 1%. 

Felipe D’Ávila (Novo), José Maria Eymael (DC), Soraya Thronicke (União Brasil), Sofia Manzano (PCB), Pablo Marçal (Pros) e Léo Péricles (UP) não pontuaram.

Lula ainda pode levar no primeiro turno

Apesar de Bolsonaro começar a ter uma imagem mais nítida no retrovisor de Lula, o petista ainda tem chances de vencer a corrida ao Planalto no primeiro turno.

Levando em conta a margem erro de dois pontos porcentuais da pesquisa Datafolha, Lula pode subir no pódio ainda na primeira etapa da eleição, embora a margem da vitória seria pequena. 

Segundo o levantamento, o petista tem 51% dos votos válidos, excluindo os 6% de brancos e nulos. Vence quem tiver 50% mais um voto no dia 2 de outubro —  medida usada pela Justiça Eleitoral para proclamar o vencedor do pleito no primeiro turno.

Lula e Bolsonaro na pista

Bolsonaro apostou suas fichas no Auxílio Brasil de R$ 600 e nas reduções de preço de combustíveis pela Petrobras após sucessivas trocas de comando da estatal. 

Mas, segundo o Datafolha, o resultado das medidas — especialmente do Auxílio Brasil — entre aqueles que ganham até dois salários mínimos não está claro. 

Bolsonaro manteve os 23% do levantamento anterior, enquanto Lula oscilou positivamente um ponto, para 55%.

A margem de erro específica desse segmento é de três pontos percentuais, a mesma da faixa de dois a cinco salários mínimos, de onde sai a melhor notícia para Bolsonaro neste levantamento: ele subiu sete pontos neste grupo, empatando tecnicamente com Lula, a quem bate por 41% a 38%.

Aqui, uma explicação possível é a sobreposição do estrato com o dos evangélicos, 25% do eleitorado nesta amostra. 

Entre eles, o presidente avançou ainda mais, subindo de 43% para 49%, enquanto o petista oscilou de 33% para 32%. O impacto das reduções de energia também é fator a ser considerado.

A disputa entre mulheres e regiões

Historicamente, Bolsonaro sempre teve dificuldades com o eleitorado feminino — fato que não mudou até agora. 

O atual chefe do Planalto perdeu a tração da pesquisa de julho, oscilando de 27% para 29%, enquanto Lula foi de 46% para 47%,

Por região, o petista segue reinando no Nordeste, com 57% a 24% de Bolsonaro. O Sudeste também dá vantagem a Lula, que aparece com 44% contra 32% do atual presidente.

No Sul, Bolsonaro é quem lidera, por 49% a 43%, mantendo vantagem também no Centro-Oeste, por 42% a 36%. Já no Norte, há empate com Bolsonaro à frente: 43% a 41%.

Quando o Datafolha questiona o entrevistado de forma espontânea acerca de seu voto, sem mostrar a lista de candidatos, Lula é o mais citado com 40%, seguido por Bolsonaro (28%). Dizem não estar decididos sobre o voto 22%.

Veja também: Lula x Bolsonaro — quem a Faria Lima apoia nas eleições 2022?

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

DIVIDENDO E CAPITAL

Localiza (RENT3) vai colocar R$ 346 milhões no bolso dos acionistas, mas pode “tirar” uma parte em outra operação; entenda

26 de setembro de 2022 - 10:34

Localiza (RENT3) vai distribuir juros sobre o capital próprio (JCP), mas chama acionistas para aumento de capital que pode chegar a R$ 150 milhões

é hora de comprar?

XP inicia cobertura da Eletrobras (ELET3) com recomendação de compra e acredita que o papel pode subir 55%

26 de setembro de 2022 - 10:14

Para a XP, potencial de valorização da Eletrobras (ELET3) tem relação com forte geração de caixa e mudanças trazidas pela privatização

SEM CALMA ANTES DA TORMENTA

Fundador da Terra (LUNA) é procurado em 195 países e bitcoin (BTC) aguarda dados dos EUA: saiba o que movimenta as criptomoedas esta semana

26 de setembro de 2022 - 10:00

Caça ao fundador da Terraform Labs não interfere diretamente nas cotações da Terra (LUNA): o token LUNA salta 5,77% na manhã desta segunda-feira (26)

DÚVIDA CRUEL

Os analistas preferem as ações de shoppings, enquanto os gestores apostam em fundos imobiliários do setor — qual ativo é o ideal para a sua carteira?

26 de setembro de 2022 - 9:34

A retomada do segmento alimenta o otimismo do mercado, mas desperta dúvidas sobre qual é a melhor maneira de aproveitar o bom momento

MERCADOS AO VIVO

Bolsa hoje: Ibovespa opera em queda acima de 1% enquanto exterior recupera perdas; dólar tem forte alta e atinge R$ 5,30

26 de setembro de 2022 - 9:04

RESUMO DO DIA: As bolsas internacionais operam em tom negativo nesta segunda-feira (26). Com a agenda esvaziada, os investidores mantêm-se cautelosos com a recessão global no radar, além da expectativa da divulgação de importantes dados macroeconômicos ao longo da semana, entre eles o índice de gastos com consumo pessoal (PCE), que mede a inflação nos […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies